[EDITORA ALEPH] ALGUNS LANÇAMENTOS PARA 2016 - #01 - Saga Literária

Novidades

terça-feira, fevereiro 02, 2016

[EDITORA ALEPH] ALGUNS LANÇAMENTOS PARA 2016 - #01

A Editora Aleph para quem não conhece, é especialista em publicações no gênero de ficção científica. Em 2003 ela voltou a publicar livros do gênero, impulsionando e dando novamente visibilidade a mesma. De lá para cá inúmeros livros foram livros, como obras de Isaac Asimov, Philip K. Dick, Ursula Le Guin, Robert A. Heinlein e outros.
O foco da Aleph nos últimos anos tem sido o de publicar os clássicos de ficção científica, e esse ano não será muito diferente, apesar de ter a possibilidade de lançar algumas obras mais recentes, o foco principal vai ser os clássicos, além é claro dos livros Star Wars que estão fazendo um enorme sucesso. Para o ano de 2016 a Editora já soltou algumas pretensões, possibilidades, pois se tudo ocorrer conforme foi anunciado no vídeo que está disponível abaixo, eles serão lançados:
A lista divulgada emocionou e agradou os leitores, tanto aqueles que acompanham a editora tem algum tempo, como aqueles novos seguidores, pois vão lançar "ou o que gostariam de lançar" como disse o querido Daniel Lameira, as obras clássicas e contemporâneas, que vão ganhar aquele padrão Aleph de alta qualidade.

O Imperador Deus de Duna - Frank Herbert

Este é o quarto volume das crônicas de Duna que é composta por seis volumes, tem como previsão de lançamento agora no começo de 2016. Para muitos este é o livro que gera mais controvérsias, gerando opiniões que o consideram como o melhor e o pior livro da série. O livro vai abordar a natureza acerca do conceito de governo autoritário como um meio para obter e promover uma sociedade melhorada, trazendo a ideia e natureza do despotismo.

Sinopse: Acompanhando os diários de Leto II, imperador-deus de Duna e filho de Paul Muad'Dib, assistimos às disputas militares, políticas e religiosas que marcaram a sua época. Leto é, acima de tudo, obcecado pela ideia de divindade ou domínio do tempo. Sua verdadeira e decisiva batalha é travada no campo da consciência e da persuasão; e ele deve escolher entre comandar o futuro e o passado por meio do fogo ou da palavra.

Um Reflexo Na Escuridão (A Scanner Darkly) - Philip K. Dick

A substância D é a droga mais letal já encontrada nas ruas de Los Angeles. Ela destrói as conexões entre os hemisférios do cérebro, causando desorientação, e depois, dano cerebral irreversível. O agente infiltrado da narcóticos que atende pelo nome de Bob Arctor tenta a todo custo descobrir a fonte da droga. No entranto, para fazer isso ele tem que se disfarçar de usuário e, sem perceber, acaba se tornando tão dependente quanto os drogados que ele investiga.

A Scanner Darkly, é uma das mais conhecidas obras de Pkd, considerada de natureza auto-biográfica. Dick jamais escondeu suas experiências como dependente e usuário de anfetaminas. Um Reflexo Na Escuridão é um relato de esquizofrenia, psicose e perda da própria identidade. Este é um trabalho dedicado para aqueles que tiveram a sanidade exaurida através do consumo das drogas.

Essa obra de Pkd foi adaptada aos cinemas em 2006 com o nome de Homem Duplo, com atores notáveis no elenco como Keanu Reeves, Robert Downey Jr e Winona Ryder.

The Forever War - Joe Haldeman

The Forever War é o primeiro livro da série homônima, possuindo o segundo volume (Forever Peace), que não é uma continuação propriamente dita e o terceiro volume da série, que é uma continuação direta do volume um.

Nessa obra temos como personagem principal o recruta William Mandella, que deseja apenas cumprir os seus deveres e sobreviver a guerra em face aos Taurans, ansiando voltar para casa em segurança. Essa "casa" todavia pode ser mais assustadora que as batalhas presenciadas, pois, graças a dilatação do tempo ocorrida devido a viagem espacial, enquanto na Terra passaram-se séculos, para William Mandela foram apenas alguns meses.

Esse livro de Haldeman, é considerado por muitos como uma resposta ao livro Tropas Estelares, de Robert A. Heinlein. The Forever War é uma ficção científica de cunho militar. O autor Joe Haldeman utilizou de sua experiência ocular como soldado e combatente na Guerra do Vietnã, com o objetivo de trazer um relato fiel das batalhas e dificuldades que um soldado enfrente para se reinserir na sociedade. Essa obra de Haldeman ganhou os três maiores prêmios da literatura fantástica: Hugo, Locus e Nebula.

Ancillary Justice - Ann Leckie

Leckie está sendo extremamente reconhecida mundo afora, venceu prêmios como: Hugo, Nebula, BSFA, Arthur C. Clarke e Locus, pela obra Ancillary Justice. Essa é uma obra de ficção científica lançada em 2013, sendo o primeiro volume de uma trilogia que se passa em um futuro distante.

Ancillary Justice é uma obra space opera, que aborda a expansão do Império Radch, este utiliza-se das AI's para controlar corpos humanos conhecidos como "ancillaries", que usados como soldados. Os "Radchaai" não fazem distinções das pessoas, é um mundo que nao existe a distinção de gênero. A narrativa começa anos após o desaparecimento de uma nave espacial do Império Radch.

Sinopse: A trama se passa em um planeta remoto, completamente dominado pelo gelo. O personagem principal é o que restou da inteligência artificial de uma antiga nave, capaz de difundir seu pensamento simultaneamente em dezenas de carcaças humanas.

No presente, ela assumiu a forma do soldado Breq, invólucro perfeitamente humano para quem vê de fora. Mas no passado ela foi a "Justiça de Toren" - uma nave com proporções colossais, responsável pelo transporte de tenentes e um exército de carcaças humanas a serviço de Radch, o império que conquistou a galáxia.

Mas um ato de traição colocou tudo em perigo, deixando-a nesse frágil corpo humano, com perguntas sem respostas, e um desejo de vingança. Agora Breq está chegando para completar sua missão.

Leviathan Wakes - James S. A. Corey

James S. A. Corey, na verdade é um pseudônimo de dois autores, Daniel Abraham e Ty Franck.

The Expanse, uma trilogia (Leviathan Wakes, Caliban's War e Abaddon's Gate), inspirou o lançamento da série de TV pelo canal SyFy, com produtores das Crônicas de Gelo e Fogo (Guerra dos Tronos).

O primeiro livro, Leviathan Wakes, provavelmente será lançado em 2016 pela Editora Aleph, essa é a vontade da mesma.

Nesse primeiro livro, vamos acompanhar dois pontos de vista de personagens distintos: um capitão idealista de uma nave e um ex-policial cínico. Eles se encontram no centro de uma conspiração envolvendo perseguições espaciais, mega corporações e uma possível guerra biológica.

A história se passa duzentos anos no futuro, tem como cenário o nosso sistema solar, naves, estações espaciais, colônias e luas habitadas. Conflitos planetários e interplanetários estão presentes.

Por Yvens Castro.

29 comentários:

  1. A Editora Aleph ultimamente consegue se superar, excelentes obras para 2016.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Eu não sou público alvo da Aleph, mas ela faz um trabalho maravilhoso, tomara que consiga cumprir todos as publicações prometidas!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Essa editora está publicando ótimo títulos ultimamente, e esses lançamentos serão maravilhosos também. Mas o Um reflexo na Escuridão foi o que mais me chamou a atenção, principalmente pela capa.

    ResponderExcluir
  4. Oi Yvens, tudo bem
    Eu adoro ficção científica, já me indicaram alguns livros dessa editora desse gênero e não vejo a hora de poder ler. Os lançamentos estão interessantes, mas um deles chamou minha atenção: Leviathan Wakes. Tomara que faça a resenha para eu conferir.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muito boas as dicas, me interessei pelo lançamento das Crônicas de Duna. Já ouvi falar muito bem das histórias.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo post, a Editora arrasa nas publicações!

    ResponderExcluir
  7. Não conheço as obras citadas.. Leio pouca ficção científica...
    Mas Um reflexo na escuridão me chamou a atenção.. Tanto pela história quanto pela capa... Demais...

    ResponderExcluir
  8. Sou fã da editora e de seus livros. Esse ano vejo que a editora irá lançar tantos títulos excelentes quanto lançaram no último ano. Agradeço pela lista porque eu já vou deixar tudo anotado para não esquecer e poder futuramente comprar os que desejo.

    bjs.

    http://delirioselivros.com.br

    ResponderExcluir
  9. A Alpeh tem um ótimo catálogo para os fãs de ficção científica, mesmo! Interessante ver que nem todas as ficções científicas tem relação com espaço sideral, futurismo ou batalhas intergalácticas... Gostei bastante da apresentação co os próximos lançamentos deles. Ficou bem informativo!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  10. Aprecio bastante os livros da Aleph, doida para fechar uma parceria com eles lá no blog. Espero conseguir.

    ResponderExcluir
  11. Excelentes títulos! Uma das editoras que mais gosto!

    ResponderExcluir
  12. Olá Yvens,

    Eu gosto muito da Aleph e fui a um evento deles no final de 2015 e a galera que faz parte da equipe é simplesmente apaixonante. Neste evento eles falaram muito em Star Wars, que amo e tirando Star Wars, que abri uma exceção, eu tenho verdadeira aversão por livros que tem sequências com mais de três livros, então fujo deles e por essa razão de todos que você trouxe eu leria apenas Um Reflexo Na Escuridão por ser livro único, assim eu acredito. Hahahaha

    Bjo
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Yvens,
    Sou grande fã de ficção científica e fiquei maravilhado com esses possíveis lançamentos pela Aleph... eu já tinha lido os primeiros volumes da série DUNA, e gostei muito, e Imperador Deus de Duna deve ser bem interessante... uma luta interna. Quanto aos demais livros, espero que sejam lançados em breve.
    um abraço,

    Antonio Henrique Fernandes
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Eu não sou de ler muitos livros de ficção científica. Ano passado eu fui em um estande da Aleph e não conhecia nenhum livro - fora os de Star Wars. Eu sabia que ali não era o meu mundo, mas comprei três livros para começar. O primeiro foi: O Fim da Infância, que foi uma leitura excelente, muito proveitosa e acrescentou muito. Agora vou começar a ler tropas estelares :3 Vou aos pouquinhos me inserindo neste mundo. Achei as propostas de livros bem bacanas para este ano, e, a Aleph é uma editora que realmente preza pela qualidade dos livros. Tanto ela quanto os leitores só têm a ganhar.
    Bjs
    www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Yvens, a Aleph é incrível, adoro tudo que eles fazem, belíssimo trabalho.
    Dentre os lançamentos de 2016, estou esperando por "Um reflexo na escuridão" e o quarto volume de Duna *-*
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Hey,
    Gostei dos lançamentos, apesar de não ser fã de ficção científica acho que par aos que gostem, esse ano tá um arraso
    de lançamentos rs.
    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  17. Oi, Yvens
    Ainda não li nenhum livro dessa editora, mas recentemente adquiri o Jurassic Park e pretendo lê-lo ainda em 2016.
    Estou ansioso por um que não está na sua lista, mas é o Steelheart. Já ouviu falar? Parece ser incrível, e tudo indica que será sucesso por aqui também.
    P.S. Essa capa de 'Um reflexo na escuridão' não ficou legal. Meus olhos doem só de olhar kk

    Abraço,
    João Victor - De cabeça para baixo | All pop stuff

    ResponderExcluir
  18. Yvens, a editora Aleph, infelizmente não me chama muita atenção, por isso não me animei com os lançamentos.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Pelo jeito a autora só está lançando livros BONS! ADOREI esse estilo bem distópico em alguns livros! Com certeza vão dar o que falar nesse ano

    ResponderExcluir
  20. Oie,

    Eu estou me apaixonando por esse gênero, e a Aleph é um paraíso, dos livros previstos para 2015 o que mais me chamou atenção foi Ancillary Justice, uma mania que eu tenho é querer que as capas sejam mantidas, essa é linda <3 e com certeza eu quero ter ela na minha estante.

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Apesar de estar curtindo bastante os livros da Aleph, não me chamou bastante atenção os desse mês, pois não curto muito ficção científica, o máximo que leio é Star Wars rsrsr

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oee,
    Quase nunca leio Ficção Científica por isso que nunca vejo os livros da editora, quem sabe se esse ano não dou uma chance?

    Étreintes!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Nunca li nada dessa editora,mas o foco de publicações deles não tem muito em comum com os meus gostos de leitura,quem sabe quando eu quiser sair da minha zona de conforto procure umas indicações deste post.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem? Ainda não conhecia essa editora, mas gostei muito de saber sobre os novos lançamentos. De todos o que mais me chamou a atenção foi Um reflexo na escuridão. Essa capa é muito diferente. Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    A editora tem ótimos títulos, mas infelizmente prefiro outros gêneros.
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. A editora Aleph se tornou uma das minhas favoritas ultimamente, pois o ficção científica é um dos meus gêneros favoritos, além das edições serem muito bem trabalhadas! Já tinha visto ese vídeo e estou ansioso para os lançamentos, principalmente os livros novos de Star Wars.

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi!
    Os lançamentos citados não fazem particularmente o meu gênero, então no momento nenhum dos citados atraiu a minha atenção.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  28. Oiii confesso que os livros da Aleph não sao o meu tipo, mas achei muito interessante as capas e as sinopses.
    Sucesso para a editora.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  29. Olá Yvens! As publicações desta editora sempre me chamam a atenção. As capas, os títulos, às vezes fico parada no tema. justamente por ser ficção científica, mas acho que 2016 pode ser um ano para mudar este quadro. Lindo post.

    Abraços!

    ResponderExcluir