[RESENHA #28] A BASE DO ICEBERG - FLÁVIO SANSO - Saga Literária

Novidades

sábado, março 19, 2016

[RESENHA #28] A BASE DO ICEBERG - FLÁVIO SANSO

Título: A Base do Iceberg
Autor: Flávio Sanso
Editora: Schoba
Páginas: 324
Ano: 2013

Sinopse: Pedro é um jornalista aficionado pela história do seu país, sobretudo no que se refere especificamente ao episódio histórico conhecido como Revolução Fraterna. Em meio a conflitos internos que envolvem a culpa pelo fim do casamento e a frustração causada pela derrocada de sua carreira, Pedro tem a grande oportunidade de se dedicar a um projeto que lhe permita extravasar seu idealismo. Mas esse também será o meio de descobrir que tudo vai muito mais além do que aquilo que se enxerga. Nesta trama, o leitor é convidado a se tornar o confidente de vários personagens, posicionando-se de maneira a enxergar tudo o que os próprios personagens não são capazes de perceber. Essa posição, ao tempo em que é privilegiada (porque lhe permite certo poder a respeito de saber a verdade), também é perturbadora, uma vez que lhe força a perguntar para o seu interior - até que ponto conheço o que se passa ao meu redor?

Resenha: Em "A Base do Iceberg" conhecemos Pedro, o protagonista da obra. Ele é um jornalista que ama história política, em especial a história do revolucionário Donatela Veras, que tem sido seu objeto de pesquisa e estudo por vários anos.

"É estranho abrir os olhos após o nada. A existência, que havia sido suspensa, é acionada pela claridade, e então emergimos do grande vazio em que estávamos mergulhados. Acordar é um ato desesperador." p. 11.

Pedro tem uma vida normal, todavia não aguenta mais o seu chefe, no seu casamento enfrenta diversos problemas, em determinado momento sua mulher acaba descobrindo algo que gera desdobramentos nessa relação, esses fatos aliado com humilhações que sofre em sua vida, Pedro acaba aceitando a opinião de um amigo e tenta recomeçar a vida.

"O tempo se encarregou de dissolver as expectativas, e aquele rosto refletido na superfície escura representava duas realidades excludentes entre si: a de um garoto ingênuo ou a de um adulto fracassado." p. 12.

Em determinado momento surge para Pedro uma grande oportunidade, escrever um livro sobre um tema pelo qual é fascinado, a biografia de personagem histórico favorito, Donatelo Veras, líder da Revolução Fraterna. Todavia, como Donatelo escolheu por se isolar do mundo. hoje sua vida é um mistério, algo que deixa Pedro com o sentimento de que a biografia está incompleta, desta forma Pedro vai em busca de preencher as lacunas, algo que vai desdobrar em situações novas e descobertas impensáveis.

Hoje, a resposta é bem clara: eu sentia a estranha necessidade de ser infeliz." p. 39.

Os capítulos são narrados ao longo do livro em primeiro pessoa, alternando entre os personagens, como Pedro, miguel, Catarina, Donatelo, Juliano ou Carola. por isso nós somos levados para um série de sensações.

"Algo havia mudado em mim. Talvez não soubesse mais identificar com tanta clareza a diferença entre o verdadeiro e o falso, o certo e o errado, o heroico e a vilania. E de repente já não tinha a menor ideia do que fazer." p. 311.

Opinião: Nesse livro temos uma narrativa muito boa, que nos consegue cativar e prender nossa atenção, trata-se de uma história original e bem trabalhada, o autor foca a trama no desenrolar, nas situações do cotidiano e nos pensamentos dos personagens.

Os fatos históricos presentes na trama fazem alusões em fatos históricos brasileiros, então não completamente fictícios. Gostei bastante dos flashbacks e dos sentimentos presentes como medo, angústia, anseios, arrependimento e esperança, o que contribuiu para me levar à reflexão. Este é um livro que precisa ser lido com calma e atenção devido aos detalhes.

A Schoba fez um trabalho muito bom nesse livro, revisão e diagramação ficaram excelentes, não tenho nada para reclamar, nenhum ponto negativo. Recomendo para todos.

Por Mayara Frossard.

11 comentários:

  1. não conhecia esse livro, vida de Pedro não tem nada de interessante acontecendo. Até surgir oportunidade, me parece um livro bom, teria que ler para saber se gostaria.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Olá :)
    Não conhecia o livro mas me interessei pela premissa. Queria ler para saber minhas impressões :D
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, mas achei uma trama bem interessante. Acho que a narração por cada personagem, deve ser uma bela experiência, sabermos o que se passam na cabeça deles e como eles enfrentam a situação e de como é a descrição pelo o que está acontecendo.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Mayara, eu não sou muito de ler livros com uma pegada histórica, por isso não me interessei, mas achei a premissa interessante.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Oi May, tudo bem? Não conhecia o livro ainda, mas gostei de conhecer. Gosto de histórias assim, que envolvam ficção e realidade =D
    Gostei de conferir sua opinião sobre a obra, se eu tiver oportunidade, irei ler :)
    Beijos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi! Não conhecia ainda a história e fiquei com vontede de ler, mesmo não sendo a maior fã de livros sobre jornalistas (sou jornalista por formação e tenho uma birra sem muito fundamento com o gênero) que misturam fatos e ficção. Otimo post!

    Bjs, Cass

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Achei bem interessante o livro trazer fatos inspirados na historia brasileira e usar isso para montar sua estoria e personagens. Gosto bastante de livros que nos envolvem com os personagens como este envolve, talvez eu de uma chance a ele no futuro.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  8. Olá, confesso que não conhecia essa obra e achei bem interessante, diferente do que estou acostumada a ler. Sua resenha ficou ótima, parabéns!

    Beijos
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  9. Ooi
    Não conhecia esse livro, me interessou muito. Me identifiquei com o Pedro em alguns pontos, também amo história politica, principalmente as revolucionária e também pretendo fazer jornalismo haha
    Até vou salvar o nome aqui, fiquei afim de ler.
    Ótima resenha, parabéns!
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Mayara, tudo bem?

    Infelizmente o enredo do livro não me agradou, então provavelmente ele vai passar batido por mim em qualquer lugar que hajam livros, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oee! O livro parece ser bem o estilo que eu curto ler e ainda mais nacional <3 simpatiso com jornalismo,então gosto muito quando os protagonistas são da profissão.

    ResponderExcluir