[RESENHA #21] O DOADOR DE MEMÓRIAS - LOIS LOWRY - Saga Literária

Novidades

segunda-feira, março 07, 2016

[RESENHA #21] O DOADOR DE MEMÓRIAS - LOIS LOWRY

Título: O Doador de Memórias
Autor: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Páginas: 192
Ano: 2014
ISBN: 9788580412994
Onde Comprar: Americanas - Saraiva

Sinopse: Em O doador de memórias, a premiada autora Louis Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. 

Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. 

Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de ser tornar o próximo guardião. Ele é aviso de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.

Resenha: Nesse livro a história se passa em uma das comunidades do novo mundo, lá as 24 horas de cada indivíduo são cronometradas em minutos, diferenças, conflitos, desigualdades ou descriminações raciais não existem, não são aspectos concebíveis e presentes nessa sociedade. 

Em O Doador de Memórias, a história foca no personagem Jonas, um garoto de 11 anos, que vive em uma comunidade onde existe o toque de recolher, suas tarefas diárias são pré-determinadas, existem debates, discussões no âmbito familiar aceca dos sentimentos entre os integrantes desse núcleo familiar, esse atos ocorrem de forma habitual, diária.

A cada ano nessa sociedade, as crianças recebem novos encargos e itens, como exemplo uma bicicleta aos 9 anos de idade. Nesse mundo, as famílias ao invés de serem reunidas através do amor, são constituídas de unidades familiares, originadas quando há solicitação de parceiro. Vemos também que as roupas nessa sociedade são funcionais, servindo para um propósito, como a criação de interdependência e solidariedade.

"Como seria possível não se adaptar? A comunidade era tão meticulosamente organizada, as escolhas eram feitas com tanto cuidado!" p. 52.

Jonas prestes a completar 12 anos, recebe sua atribuição, isso quer dizer, sua futura carreira. Quando percebe a empolgação dos seus colegas com suas futuras atribuições, ele sente-se desolado por não conseguir adivinhar o seu próprio destino, seu futuro. Para sua surpresa, Jonas é designado como o novo Recebedor de Memórias da comunidade durante a cerimônia de atribuição.

Nessa mundo regido pela previsibilidade e disciplina, com comportamento padronizados e impulsos suprimidos por pílulas, Jonas é surpreendido pelo velho Recebedor de Memórias, que logo passa a ser chamado de Doador de Memórias. Tais responsabilidade inerentes ao cargo que espera Jonas, mechem com ele, pois começa a descobrir através das memórias como era o mundo de antes, onde sentimentos ruins e bons, cores, músicas, liberdade e conhecimento estão entrelaçados e são descobertos pelo jovem.

"Mas nesse caso seria pesado e doloroso para todos. Eles não querem isso. E é esta a verdadeira razão por que o Recebedor é tão vital para eles e tão reverenciado. Eles me escolheram, e escolheram você, para tirar deles esse fardo." p. 118.

Lowry nos trás através sua obra um detalhamento de todo um processo existente para a seleção dos humanos, suas funções, posições na sociedade, o destino das crianças que e dos idosos. A história é uma distopia, passa em uma sociedade futurista que é manipulada pelo governo.

Opinião: Essa é uma obra que dá para ler rápido, são apenas 192 páginas. A Editora Arqueiro apenas pecou em não inserir uma nota, uma informação de que O Doador de Memórias é o primeiro de um total de quatro livros. 

Esse é um livro com diversos detalhes, possui ainda uma narrativa bem elaborada, existe ao final da obra uma entrevista com Taylor Swift que participou da adaptação cinematográfica. Gosto de distopias e recomendo essa obra para quem gosta de leituras do gênero.

Por Mayara Frossard.

23 comentários:

  1. Eu simplesmente amo esse livro. O Doador de Memórias foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida.
    Para mim a Arqueiro pecou em não publicar os outros dois livros logo! Até hoje espero a conclusão da série.

    bjs, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sofia,

      a Arqueiro já publicou o volume 2, faltando o 3 e o 4. O livro é muito bom mesmo!

      Excluir
  2. Eu me encantei por esse livro.
    E sua resenha está ótima. Gostei porque no meio da resenha você escreve partes do livro que chamaram sua atenção.
    Beijos!!!

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio Vanessa, tento sempre melhorar nas resenhas!

      Excluir
  3. Ola.
    Confesso que eu nunca li o livro mas já vi o filme. A premissa e muito interessante mas da mesma forma que o filme não me prendeu muito a atenção acho difícil o livro prender. Mas sua resenha está ótima.
    Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Eu amo "O Doador de Memórias"!
    Li o livro e vi o filme.
    Recomendo muito!
    Ansiosa para as outras obras!


    Beijinhosss...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi...eu sou apaixonada por esse livro, ele está entre as minhas melhores leituras de 2015, na minha opinião essa é a melhor distopia que li até agora <3

    Já comprei a continuação e desde então estou louca pra ler ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  6. Assisti ao filme e gostei muuuito da história.Fiquei muito curioso pra ler o livro e confesso que depois de sua ótima resenha essa vontade só cresceu. mo Distopias, e essa não pode faltar na minha estante.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu vi o filme e achei péssimo, então nunca me interessei pelo livro/livros. Agora lendo sua resenha vejo que tem pontos interessantes. Adoro distopias, pois elas me fazem refletir sobre questões sociais, ideológicas. Sei que há um certo preconceito em relação as distopias direcionadas ao publico adolescente, mas eu não tenho problema com isso. Só não gosto da quelas que focam muito no romance.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oiiii
    Eu assisti ao filme e apenas e rapaz, você não tem noção de como esclareceu alguns pensamentos que tenho. Este livro relata e demonstra muito sobre o mito da caverna, acho que todos conhecem não é? Vamos deixar o lado filosófico de lado kkkkkkk quero dizer que adorei a sua resenha, como sempre soube me cativar.
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. não conhecia a obra e a autora, achei a premissa do livro bem legal, talvez eu pegaria para ler!

    ResponderExcluir
  10. Olá, ainda não li O Doador de Memórias, e confesso que mesmo após ler muitas resenhas sobre ele eu ainda não me animei a ler o livro, mas quem sabe um dia eu leio e me surpreendo positivamente.

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem? Já li várias resenhas sobre o livro e em nenhuma delas me lembro de ter sido informada que se tratava de uma série, jurava que era um livro único. Enfim, tenho interesse em ler, mas sua resenha me deixou mais curiosa que todas as outras.

    ResponderExcluir
  12. Olá Yvens ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas ao ver ao filme fiquei bem interessada na história, é um assunto bem interessante onde as pessoas são todas iguais, nossa jamais imaginária isso no mundo em que vivemos. bjs

    ResponderExcluir
  13. eu li esse livro, é bem legalzinho.
    no caso não vi problema deles não terem avisado que é uma série, ainda mais pq cada livro é bem diferente do outro e cada um não continua de onde o outro parou. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  14. Eu lo esss livro já faz tempo e fiquei decepcionada quando descobri que ainda tinha mais três livros e que ainda não tinham sido lançados no Brasil.
    Também não curti a forma como terminou e ouvi dizer que apesar do segundo se tratar da mesma sociedade não tem nada haver com a história do primeiro. Não sei os outros dois...
    Enfim... Não foi uma Leitura que curti muito.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Já li varias resenhas sobre este livro, a sua é a primeira que diz que o livro é uma série de 4 livros.
    Gostei muito da sua resenha, muito bem detalhada e com foco nas partes principais m, sem spoiler.
    Beijos. Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  16. Ainda não li esse livro, mas tenho vontade de ler. Muita gente fala que é pior que o filme, quero saber se é mesmo.
    Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  17. Olá, quando o filme foi lançado fiquei morrendo de vontade de lê-lo, mas depois acabei esquecendo dele =/ Pela sua resenha deu para perceber que a distopia foi bem trabalhada e que ele tem um belo potencial, espero que a editora decida publicar os demais livros *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu já li vários comentários sobre esse livro e até tenho curiosidade com a história, mas confesso que não estou muito animada para fazer essa leitura ainda, sabe? E eu não sabia que se tratava do primeiro volume de uma série de 4 :c

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  19. Oláá! Olha a maioria das pessoas que conheço gosta ou ama este livro, contudo estou do lado contrário, não gostei da premissa, dos personagens, ele não me agradou em nada, mas li pois queria ter minha própria opinião sobre ele. Gostei da sua resenha e da sua opinião no fim.

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond |Fan Page

    ResponderExcluir
  20. Oiee,
    Eu só vi um video resenha desse livro e ela não foi muito positiva e a minha opinião é bem parecida com o booktuber, então acabei não me interessando muito pelo livro.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oiee, tudo bem?

    Vi umas resenhas tão divididas quanto a este livro, que ele acabou esquecido na minha lista. Bom saber que a narrativa é bem elaborada, apesar do livro ser pequenininho. Mas acho que vou deixar passar, por enquanto.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir