[RESENHA #31] O VALE DOS MORTOS (AS CRÔNICAS DOS MORTOS #01) - RODRIGO DE OLIVEIRA - Saga Literária

Novidades

terça-feira, março 22, 2016

[RESENHA #31] O VALE DOS MORTOS (AS CRÔNICAS DOS MORTOS #01) - RODRIGO DE OLIVEIRA

Título: O Vale dos Mortos (As Crônicas dos Mortos - Livro 1)
Autor: Rodrigo de Oliveira
Editora: Faro Editorial
Páginas: 304
Ano: 2013
ISBN: 9788562409073
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Estamos em 2017 ... Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que o astro passaria a uma distância segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer... Uma profecia esquecida do Apocalipse, reiterada por outros profetas modernos, ressurge... "Então 2/3 de todas as pessoas no Planeta são acometidas por uma estranha doença... E abriu-se o poço do abismo, de onde saíram seres como gafanhotos com poderes de escorpiões. E os homens buscarão a morte e a morte fugirá deles." Apocalipse 9:2-6. Então um grupo luta por sobreviver num mundo dominado pelo mal.

Resenha: O é o primeiro livro da série As Crônicas dos Mortos escrita por Rodrigo de Oliveira, composta até o momento pelos livros: O  Vale dos Mortos, Elevador 16 (Spin-Off), A Batalha dos Mortos, A Senhora dos Mortos e A Ilha dos Mortos.

A história começa nos últimos meses de 2017, quando um planeta chamado Absinto surge próximo ao planeta terra e torna-se objeto de estudo para vários cientistas. Estamos no Brasil, o caos é instalado e o medo apodera-se das pessoas com a aproximação do planeta Absinto.

"Algo que simplesmente não existia até aquela tarde de sábado, um personagem saído diretamente dos confins do inferno, nascido para uma vida maldita, naquele dia que seria lembrado geração após geração. O dia em que o reinado da raça humana chegara ao fim como espécie soberana na Terra, após milênios de dominação." p. 16.
Somo levados para São José dos Campos, interior de São Paulo, onde conhecemos os protagonistas Ivan e Estela, estes possuem dois filhos pequenos, Matheus e Ana. A família está aproveitando o fim de semana como sempre fazem, com a diferença que nesse dia, está ocorrendo o evento mais do que anunciado. Da sacada do apartamento visualizam o imenso planeta vermelho Absinto. Depois de algumas fotos tiradas, eles resolvem ir para o shopping. Ao chegarem no local percebem que o calor está anormal. O que não sabem é que suas vidas estão prestes a mudar.

“O homem fechou os olhos e cerrou os dentes, tamanha a dor, para depois explodir num grito de desespero e agonia. Apavorado, com sangue jorrando da jugular lacerada e do rosto desfigurado, ele enfim conseguiu se soltar, empurrando sua atacante, que caiu sentada, e, por fim, desmoronando estatelado para trás.” p. 39.

"Que merda você acha que eles são?! Entra no carro, porra! – gritou Estela, pulando de volta para o banco do passageiro.” p. 47.

O leitor ainda acompanha rapidamente acontecimentos ao redor do mundo, como aqueles que afetam o presidente dos Estados Unidos Peter Sumlin, em Pequim com o presidente Xi Jinping, na França, e na Nasa. O autor ainda nos traz o que ocorreu em Brasília.
"Logo em seguida, o zumbi despencou da lá de cima, se espatifando no concreto da entrada do prédio, logo atrás dos demais monstros. Alguns pararam, olharam para criatura que agonizava, arrebentada, porém, pouco se importaram. De imediato, retornaram a atenção para a família parada diante deles em estado de choque." p. 94.

Após a fuga, Ivan, Estela e as crianças vão encontrando outros personagens, e aos poucos buscam criar uma comunidade, um porto seguro para sobreviver, diante disso tentam encontrar sobreviventes, mantimentos e outros bens que possam os auxiliar em meio ao caos que se instalou, concomitantemente tentam adaptar a essa nova vida, ao novo cenário. Não vou falar mais para não contar muito sobre o livro, vamos então para minha opinião.

Opinião: O livro é do autor nacional Rodrigo de Oliveira, recebi esse primeiro volume da parceira Faro Editorial, no primeiro contato que tive com a obra eu me surpreendi, de forma muito positiva, pois o trabalho editorial deles fora fantástico, o título é em alto-relevo, o nome do autor escrito em vermelho, destacando um pouco, temos um zumbi bem sinistro na capa e uma cidade ao fundo em pleno caos. Além disso o interior do livro tem detalhes, como folhas pretas, epílogo, agradecimento e notas do autor, as folhas são amareladas (papel pólen) e com uma ótima diagramação.

Esse primeiro volume é muito bom, o autor nos coloca diante de um apocalipse zumbi, onde o caos existe em qualquer local do planeta e a luta dos humanos pela sobrevivência é clara e muito forte. O autor ainda aborda mais do que a pura sobrevivência humana, aborda os valores morais e éticos, aborda a importância do ser humano manter-se humano em um mundo selvagem.

Rodrigo de Oliveira, conseguiu construir personagens carismáticos. A ambientação e cenários são fantásticos, empolgantes, com um realismo muito bom. São várias aventuras e desaventuras pelas quais somos apresentados. O livro é muito dinâmico, com uma leitura fácil, que flui, o autor consegue prender nossa atenção e nos fazer querer ler mais, traz ainda em sua obra sentimentos de horror, desespero, alívio, agonia, alegria e superação.

Esse é um livro que recomendo para todos, além de um ótimo trabalho editorial conforme dito, trata-se de uma ótima história, para melhorar é de autor nacional e sobre apocalipse zumbi. Gostei muito do final e aguardo ansiosamente para ler os próximos volumes das crônicas dos mortos, amei essa obra publicada pela Faro Editorial.

Aproveitem para conhecer outros livros da editora em: Faro Editorial

Por Yvens Castro.

11 comentários:

  1. Ola Yvens, tudo bem?
    Esse é um gênero que me agrada bastante, por isso acho que leria esse livro sim. Ainda mais porque sua resenha conseguiu retratar características empolgantes, por isso me interessei mesmo. Obrigada pela dica.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo jóia e você? Esse é um livro empolgante mesmo, como gosta do gênero, certamente vai adorar!

      Excluir
  2. Achei a sinopse do livro meio confusa, não achou?
    De qualquer forma, eu me senti atraída pela livro. Gosto muito desse gênero de literatura, e estou me esforçando para ler cada vez mais autores nacionais. Botei na lista. :)

    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tisa, talvez poderia ser mais objetiva!

      Excluir
  3. Eu vi a resenha sobre O elevador 16, mas eu não sabia que o livro era nacional, a pessoa não citou isso e também não sabia que o livro seria um spin-off e que teriam outros livros para a série. Fiquei bem curioso com a história, e a edição está bem linda mesmo, a editora soube trabalhar no design interno e externamente do livro.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Yvens
    Meu forte não é zumbis, mas arriscaria ler essa obra. Fico feliz que tenha gosta de recomenda, pois já ouvi inúmeros elogios. Espero que continue gostando assim dos próximos.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bacana o livro, mas tenho que admitir que não consigo gostar de históras de zumbis =/
    Nada com essa temática me atrai, como faz? hheheeh
    beijos

    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  6. Otima resenha. Eu tenho enorme vontade de ler. Eu li somente Elevador 16 e mano amei. Apesar de não ter o costume de ler coisas do genero, a escrita do autor me agradou muito.
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá

    Tenho muito problema com esse genero, nem filme de zumbis consigo assistir acho nojento e chato hahhahah Apesar disso sua empolgação me deixou curiosa quanto ao livro, ele deve ser bem eletrizante.

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, não é minha praia, mas para quem gosta do gênero pareceu ser muito bom. Legal ver um brasileiro com um livro que parece ter sido tratado com tanto cuidado, capa muito bacana. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Saga!
    Sou uma leitora que ama ler estilos diferentes e tenho um pezinho muito sombrio nesse gênero! Gosto muito, achei mesmo a edição muito bonita e fiquei curiosa com a história e os personagens, parece ganhar no desenvolvimento, vou conferir logo! Beijos
    Overdose Literária - Paula Juliana

    ResponderExcluir