[RESENHA #46] VOO FANTASMA - BEAR GRYLLS - Saga Literária

Novidades

quinta-feira, abril 28, 2016

[RESENHA #46] VOO FANTASMA - BEAR GRYLLS

O livro Voo Fantasma de Bear Grylls, eu recebi do Grupo Editorial Record como cortesia, sendo uma ação de marketing. É uma obra lançada agora em 2016 e já tem uma continuação que possivelmente será lançada no segundo semestre deste ano com o título de Anjos Em Chamas. Vamos então  conhecer o livro Voo Fantasma.

Título: Voo Fantasma (Will Jagger #1)
Autor: Bear Grylls
Editora: Record
Páginas: 462
Ano: 2016
Onde Comprar: Amazon - Casas Bahia - Fnac

Sinopse: Mãe e filho são sequestrados de dentro de uma barraca numa montanha nevada. Um soldado leal é torturado e executado num pântano remoto. Um avião de guerra desaparecido, contendo um segredo de proporções catastróficas, é descoberto no coração da Floresta Amazônica. Uma única trama une esses três acontecimentos, e só um homem será capaz de desvendá-la: Will Jaeger, o caçador. Jaeger, ex-combatente do Serviço Aéreo Especial britânico, se vê envolvido numa conspiração que pretende fazer renascer das cinzas o Terceiro Reich de Hitler – e que vai levá-lo da África, via Reino Unido, para as profundezas da Amazônia, onde se escondem segredos macabros da Segunda Guerra Mundial.

Resenha: Nessa obra nos deparamos com o ex-soldado Will Jagger, que no passado pertenceu a força especial conhecida como SAS (Special Air Service), que pertence ao exército da da Grã-Bretanha. Will tem muitos traumas e precisa conviver com diversos fantasmas que voltam para atormentá-lo.

O livro começa com Will Jagger na condição de cativo em uma ilha, um local chamado Bioko, na Guiné Equatorial. Jagger é acusado de conspirar contra o governo local e vinha sendo torturado. Todavia em dado momento ele é resgatado por seu grande amigo Raff que também é ex-integrante da SAS.

"De canto de olho, distinguiu um vulto parado do outro lado das barras de ferro de sua cela. Um vulto enorme. Fazia seu carrasco parecer uma anão. Um sorriso que era como um raio de luz atravessando uma tempestade tenebrosa e aparentemente sem fim." p. 19.

Voltando para Londres juntamente com Raff, uma grande aventura e perigosa missão no coração da floresta amazônica surge como oportunidade para Jagger. Este precisa localizar e rebocar um avião nazista da Segunda Grande Guerra Mundial.

Essa grande aventura na verdade é patrocinada e tem por objetivo principal virar um grande reality show. A escolha de Jagger como líder apenas ocorreu após um amigo que era o líder ainda na fase embrionária e de treinamentos, morrer misteriosamente.

Jagger então aceita ser o líder dessa missão, muito se deve a sua motivação para descobrir sobre a morte do seu amigo e também devido uma tatuagem chocante que foi encontrada no corpo do mesmo, o que leva Jagger a crer estar que este fato está ligado ao desperecimento de seu filho e sua esposa, quatro anos antes.

Uma equipe é selecionada, contendo ex-soldados de diversas partes do globo, integrando a equipe temos americanos, japonês, brasileira e uma russa muito misteriosa. A equipe parte então para a floresta em busca do gigantesco avião conhecido como Junkers Ju-390, trata-se de uma das últimas obras do Terceiro Reich, ao fim da Guerra, tal avião contém inúmeros segredos de guerra.

Na floresta reviravoltas acontecem, a equipe separa-se por alguns motivos, eles enfrentam as dificuldades inerentes da maior floresta do mundo, seja umidade, os animais selvagens, insetos e até mesmo os índios que ainda não tiveram contatos com os homens brancos.

Bear Grylls em sua obra ainda nos apresenta diversas conspirações, seja para tomada do poder ou mesmo retomada do poder pelo Reichsadler, aqueles que descenderam dos altos líderes nazistas do Terceiro Reich. As conspirações são constantes e em nível global, algo que tomamos conhecimento na obra.

Opinião: Eu amei o livro, adoro ler obras que tenham conteúdos históricos, mesmo que sejam utilizadas como pano de fundo. Nessa obra tomamos conhecimento de diversas figuras históricas como Hans Kammler, Churchill, Adolf Hitler, Heinrich Müller, Eichmann entre outros. Além disso a obra traz diversos projetos e possíveis armas que os nazistas estavam desenvolvendo durante a segunda guerra mundial e também algumas que possivelmente teriam sido utilizadas.

O autor  nos envolve com sua narrativa, além disso dá para perceber que ele fez uma pesquisa histórica. Outro fato que acredito ter sido extremamente relevante foi sua experiência militar, além dos programas de sobrevivência que faz para a TV como A Prova de Tudo. Sua narrativa é muito real, descreve animais da fauna amazônica, como peixe vampiro, piranhas, cobras, aranhas e outros animais. Gostei muito da abordagem sobre essa parte do Brasil, envolvendo os índios e a cultura deles.

Voo Fantasma é um livro repleto de ação, aventura, mistérios, suspense, reviravoltas. Trata-se de uma obra espetacular, é um livro cheio de adrenalina. O final da história nesse primeiro volume é sensacional.
A Editora Record nos trouxe uma capa linda, com uma imensa floresta ao fundo, que creio ser da floresta amazônica. A diagramação ficou muito boa, tanto o nome do autor como o título do livro estão em alto-relevo.

Por Yvens Castro.

Um comentário: