07/06/2016

[RESENHA #63] ENTRE DEUSES E MONSTROS - LIA NEIVA

Título: Entre Deuses e Monstros
Autor: Lia Neiva
Editora: Globo Livros
Páginas: 152
Ano: 2016
ISBN: 9788525060150
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Um dos clássicos da literatura juvenil dos últimos anos, Entre Deuses e Monstros, da escritora Lia Neiva, narra a jornada de um homem comum que vê sua vida transformada pelos enigmas de deuses, monstros e heróis, a “poderosa trindade” da Grécia Antiga. Os mitos gregos, datados de mais de três mil anos, são ricos em dados psicológicos, sociais, artísticos, políticos e econômicos, influenciam e fascinam leitores de todas as idades até hoje, através da literatura e do cinema.. Lançamento da Globo Livros, a obra, considerada altamente recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantojuvenil, conta com as ilustrações vivas e marcantes de Rodrigo Rosa.

Ao contar a saga de Hípias, um pastor de cabras cujo único desejo é viver em paz com sua mulher e filho, a autora costura com habilidade algumas lendas e elementos da mitologia dos helenos. Como no mundo ocidental contemporâneo, em que as pessoas buscam proteção e explicação para os fenômenos ao nosso redor, o protagonista procura se manter em caminhos seguros, longe das aventuras dos heróis, louvando seus deuses e em harmonia com a natureza. 

Os habitantes de Hélade, incluindo Hípias, acreditavam que o extraordinário vivia em seus vales e colinas, intrometendo-se em sua rotina, ora para auxiliá-los, ora para atormentá-los. Por isso, tomavam muitos cuidados na convivência com essas criaturas que dominavam os pensamentos e as vidas dos mortais. 

Hípias, em sua última etapa da viagem rumo ao lar, invoca os deuses do Olimpo, pedindo-lhes proteção contra os pavorosos monstros espalhados pelos campos e planícies. Ele se encontra com o príncipe Orfeu, com o qual inicia uma amizade e conversa sobre a paixão do nobre por Eurídice. Em seguida, Orfeu segue sua aventura ao submundo em busca da amada. Depara-se com Teseu, filho do rei de Atenas, que logo em seguida enfrentará uma batalha épica. O pastor Hípias nos leva a uma jornada com Hades, o Minotauro, a Medusa, a pitonisa do Oráculo de Delfos e muitos outros deuses e monstros, em uma verdadeira aula de mitologia grega. Ao final do livro, o leitor pode conferir um glossário de nomes e lugares presentes no livro.

Resenha: Em "Entre Deuses e Monstros" nós vamos acompanhar o pasto Hípias, um simples homem do campo, sem riquezas, sem conhecimentos sobre o mundo, um mero mortal e adorador da deusa Afrodite.

"Hípias rezava, olhando com fervor em direção do monte sagrado em cujo topo, envolto em nuvens, habitavam os grandes deuses. Depois, esperou ansioso por um sinal que indicasse o atendimento de sua prece. Uma centelha faiscou no céu ao longe, e ele sossegou. Afrodite respondera." p. 19.

A aventura de Hípias começa com o seu retorno para a casa quando encontra com príncipes como Orfeu, poeta e músico, filho do rei da Trácia, que parte em uma jornada para resgatar sua amada do mundo de Hades. Além deste, Hípias ainda encontra em seu caminho com o herói e príncipe Teseu, filho do rei de Atenas, que quer dias de glórias e ter seu nome marcado na história como um lendário guerreiro.

"Depois de olhar em todas as direções e constatar que nenhum deus ou herói vinha ao seu encontro, Hípias farejou o ar, inspirando fundo para sentir se, misturado ao vento, havia o odor infecto tão característico dos monstros helênicos." p. 20.

Hípias, sendo humano nesse mundo de heróis, semideuses e deuses, teme todos aqueles que são mais poderoso, que detém conhecimentos, e de forma constante faz ofertas para sua deuses Afrodite em busca de proteção e orientações.

A obra não se limita ao personagem principal Hípias, existem personagens secundários bem relevantes, como Orfeu e Teseu, pois acompanhamos suas jornadas em busca dos objetivos que traçaram. Orfeu parte em busca da amada no mundo de Hades, para isso precisa descobrir uma das quatro portas de entrada para este mundo, após isso, precisa lidar com o barqueiro conhecido como Caronte, figura sinistra que faz a travessia das almas para os mortos dos vivos.

"Orfeu estava resolvido a reaver sua mulher a qualquer preço, mesmo que isso significasse atrair a cólera de Hades, o Invisível. Sem o auxílio dos deuses - Afrodite não ouvira a súplica de Hípias, por estar entretida numa contenda com Eos -, o príncipe ficara entregue a si próprio e contava somente com sua determinação e coragem." p. 61.

Do outro lado temos Teseu, um guerreiro sem medos, que está pronto para enfrentar qualquer desafio. Em busca de glórias Teseu parte para a ilha de Creta, onde pretende enfrentar um lendário monstro conhecido como Minotauro, este possui corpo de homem e cabeça de touro, é famoso por matar e devorar seres humanos no labirinto que foi criado para aprisioná-lo. Minotauro é cria do deus do mar Poseidon e também ao mesmo tempo é uma maldição para o rei de Creta.

"De pé na proa do barco, rumando para o Minotauro, Teseu sonhava com as glórias que aquela aventura lhe tratia. Ceifador de monstros, catador de perigos, andarilho, combatente, o filho do rei de Atenas tinha um medo corrosivo e inconfessável: ser varrido da memória dos homens e ter seu nome sepultado na poeira do tempo." p. 95.

A autora nos traz também algumas passagens com Hércules, o lendário semideus, filho de Zeus e alguns dos seus doze trabalhos, bem como o seu destino após assassinar sua esposa e seu filho.

Opinião: A obra me surpreendeu de forma muito positiva, tem um leitura muito leve, sendo possível ler em poucas horas. O livro de Lia Neiva é bem interessante, cativante e com uma linguagem simples, o que facilita a leitura para o público em geral.
Na leitura nós deparamos com diversos mitos, deuses, monstros e heróis. A autora consegue em 152 páginas trazer muito da Grécia Antiga, da mitologia presente nesse período, deixando o leitor curioso sobre o que ocorrerá no decorrer da história.

Gostei que a autora nos trouxe diversas criaturas como a Quimera, Leão de Neméia, Medusa e Pã, pois explicou a origem de algumas destas. Além disso nos demonstra os conflitos entre os deuses, a influência desses sobre os humanos, mostra também o surgimento de alguns deuses.
O livro é divido em dez capítulos entre os quais Lia Neiva alterna a narrativa utilizando principalmente os personagens Hípias, Orfeu e Teseu, além é claro de Hércules. Essa divisão dos capítulos segue uma ordem cronológica e vemos os desdobrar dos acontecimentos com Hípias, Orfeu, Teseu e Hércules.

A Globo Livros fez um ótimo trabalho na obra "Entre Deuses e Monstros" começando pela capa que está muito bonita, com o minotauro e o seu labirtino, um guerreiro que provavelmente é Teseu, ainda possui orelhas com um texto sobre a saga do pastor Hípias.
Ainda tem mais, o livro vem com diversas ilustrações de Rodrigo Rosa, que por sinal são muito bonitas. A diagramação está muito boa, a impressão foi em papel bold com folhas amareladas. Para finalizar, além da introdução, a obra vem com um glossário super legal enriquecendo ainda mais o livro, pois nos conta a origem dos seres e locais presentes na trama. Mais do que recomendo essa obra, é obrigatória para aqueles que querem iniciar no conhecimento da mitologia grega e também para aqueles que adoram saber sobre a Grécia Antiga.

Por Yvens Castro

Um comentário:

  1. Bom dia Yvens,

    Não conhecia esse livro, achei bem interessante, gosto muito de mitologia e pela sua resenha ia adorar.

    Beijos.

    deslumbreacessorios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

INSTAGRAM

Publicações Recentes

recentposts

Publicações Populares