[DARKSIDE BOOKS] LANÇAMENTOS JULHO E AGOSTO/2016 - Saga Literária

Novidades

quinta-feira, agosto 25, 2016

[DARKSIDE BOOKS] LANÇAMENTOS JULHO E AGOSTO/2016

Hoje a publicação é sobre alguns dos últimos lançamentos da Caveirinha mais querida do Brasil, a Darkside Books. É sempre um grande prazer escrever ou falar sobre a editora e seus livros. 

Eu recomendo a editora, pois a qualidade gráfica em seus livros é monstruosa, o catálogo é muito bom, tendo livros de terror, fantasia, romance, suspense e muito mais. Outro fato positivo é que a editora tem apenas 3 anos de existência e demonstra uma enorme competência, algo que reflete em seus números, como por exemplo, a quantidade de seguidores na fanpage e em sua conta no instagram.

Voltando aos lançamentos, abaixo deixo para vocês informações sobre 6 lançamentos referentes aos meses de Julho e Agosto.
Título: Evangelho de Sangue
Autor: Clive Barker
Editora: Darkside Books
Páginas: 320
Ano: 2016
ISBN: 9788566636857
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Todo mal tem uma origem. Pinhead está de volta. Por aproximadamente trinta anos o Sacerdote do Inferno – conhecido por todos nós pela sugestiva alcunha de Pinhead – tem sido um dos mais ilustres e famosos personagens do universo do terror de todos os tempos. O aclamado escritor Clive Barker, seu criador, apresenta agora o capítulo final desta saga, que teve início com Hellraiser – Renascido do Inferno. Publicado pela primeira vez no Brasil em 2015, o clássico de Barker se tornou um verdadeiro sucesso e liderou a lista dos mais vendidos da Amazon Brasil. Além disso, a edição chamou a atenção do próprio Barker que considerou-a a mais bela já feita para a sua novela. E agora não será diferente. Você vai entender tudo sobre o universo dos Cenobitas. Evangelho de Sangue reconduz os leitores ao tempo marcado por dois de seus mais icônicos personagens – Harry D’Amour e Pinhead –, que conduzem a história em uma batalha entre o bem e o mal tão antiga quanto o tempo, onde o autor conecta a mitologia de Hellraiser ao Inferno bíblico. Segundo o escritor inglês Michael Marshall Smith, “o embate entre Harry D’Amour e Pinhead é meticulosamente construído, infinitamente criativo e tem muito bom humor”. Clive Barker retorna à sua poderosa voz narrativa em grande estilo. Evangelho de Sangue é o sombrio, sangrento e brutal épico do terror, narrado pelo mestre inquestionável do gênero, e ansiosamente aguardado pelos fãs. “Eu vi o futuro do terror, seu nome é Clive Barker.” – Stephen King, ao ler Hellraiser no ano de sua publicação, em 1986.

Título: Fábrica de Vespas
Autor: Iain Banks
Editora: Darkside Books
Páginas: 240
Ano: 2016
ISBN: 9788594540065
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Um obra única, extremamente violenta e visceral. Considerado um clássico moderno, eleito entre os cem romances mais importantes do século XX, nunca antes editado no Brasil. Leia se estiver preparado! Narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Frank, a estreia literária do autor escocês Iain Banks polarizou a crítica e os leitores quando foi publicada, em 1984. Considerado um dos grandes romances do século XX, o livro evoca tanto O Senhor das Moscas (1954) como Precisamos Falar sobre Kevin (2003). Fábrica de Vespas consegue produzir um olhar ao mesmo tempo bizarro, imaginativo, perturbador e repleto de humor negro sobre o que se passa dentro da mente em formação de um psicopata. Iain Banks (1954-2013) nasceu e viveu na Escócia. Tornou-se amplamente conhecido pela controvérsia causada pelo seu primeiro romance, Fábrica de Vespas, publicado originalmente em 1984. Desde então, foi aclamado tanto pela crítica como pelos seus leitores por dezenas de obras de ficção e ficção científica. Foi considerado um dos Melhores Novos Escritores Britânicos em 1993.

Título: Confissões do Crematório
Autor: Caitlin Doughty
Editora: Darkside Books
Páginas: 256
Ano: 2016
ISBN: 9788594540003
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Um livro para quem planeja morrer um dia. “Uma menina nunca esquece seu primeiro cadáver.” – Caitlin Doughty É a única certeza da vida. Então, por que evitamos tanto falar sobre ela? A morte é inevitável, sentimos muito. Mas pelo menos, como descobriu Caitlin Doughty, ficar a sete palmos do chão ainda é uma opção. Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia a dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos históricos, mitológicos e filosóficos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, Caitlin Doughty desmistifica a morte para si e para seus leitores. O livro de Caitlin – criadora da websérie Ask a Mortician e da – levanta a cortina preta que nos separa dos bastidores dos funerais e nos faz refletir sobre a vida e a morte de maneira honesta, inteligente e despretensiosa – exatamente como deve ser. Como a autora ressalta na nota que abre o livro, “a ignorância não é uma benção, é apenas uma forma profunda de terror”. Caitlin Doughty é agente funerária, escritora e mantém um canal no YouTube onde fala com bom humor sobre a morte e as práticas da indústria funerária.

Título: Labirinto
Autor: Jim Henson e A. C. H. Smith
Editora: Darkside Books
Páginas: 272
Ano: 2016
ISBN: 9788594540096
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Trinta anos sem perder a magia. Tudo começou em um pequeno “labirinto” real na cabeça de James Maury, mais conhecido pelo nome de Jim Henson. O cartunista, músico, roteirista, designer e diretor sabia acessar como ninguém o coração das pessoas e o seu maior dom foi dar vida a seres inanimados. A nova geração pode não lembrar do seu nome, mas com certeza tem seus personagens gravados na memória: Os Muppets, Vila Sésamo, Muppets Babies e até a inesquecível Família Dinossauro. Além deste, Henson também criou fábulas como “Labirinto”, em parceria com George Lucas, filme que encantou toda uma geração quando foi lançado, há 30 anos, com David Bowie como Jareth, o Rei dos Duendes, e também responsável pela trilha sonora, e uma jovem Jennifer Connelly no papel de Sarah, a protagonista que deseja que os duendes levem Toby, seu meio irmão e – para seu espanto – é atendida. Arrependida, ela é desafiada pelo Rei dos Duendes a atravessar o sombrio Labirinto, repleto de perigos e seres mágicos. A novelização de Labirinto finalmente é publicada em português, em uma edição à altura do mestre. Escrita por A.C.H. Smith em parceria com Henson, a edição apresenta pela primeira vez as ilustrações dos duendes feitas por Brian Froud, que trabalhou no filme, além de trechos inéditos e nunca vistos com 50 páginas do seu diário, detalhando a concepção inicial de suas ideias para Labirinto, comemorando os 30 anos do filme em grande estilo.

Título: A Bolha (Trilogia The Game #03)
Autor: Anders de La Motte
Editora: Darkside Books
Páginas: 352
Ano: 2016
ISBN: 9788566636635
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 A Bolha, terceiro volume da “Trilogia The Game”, mantém em alta todo o suspense da série de livros. HP Peterson se isola do mundo, convencido de que é procurado pela polícia e pelo Mestre do Jogo. Será apenas paranoia? Ele está pronto a arriscar sua vida para provar que não, desmascarando poderes que o mundo nem desconfia que existam. 
Sua irmã, a detetive Rebecca Normén, deixou a polícia e passou a trabalhar com segurança de informação, seguindo os passos do autor da série, o escritor sueco Anders de la Motte. Ao contrário do criador, que se firma como o novo grande escritor sueco após Stieg Larsson, sua criatura, Rebecca, corre grandes riscos ao enfrentar o Jogo. Descobertas sobre o passado dos irmãos HP e Rebecca podem estar relacionadas com seus piores inimigos.

Título: O Homem que Caiu na Terra
Autor: Walter Tevis
Editora: Darkside Books
Páginas: 224
Ano: 2016
ISBN: 9788594540058
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 O Homem que Caiu na Terra tornou-se um verdadeiro clássico da literatura e uma das mais refinadas, sutis e delicadas ficções científicas já escritas. Publicado originalmente em 1963, ganhou reconhecimento em todo o planeta com a adaptação para o cinema dirigida por Nicolas Roeg em 1976. O filme também marcou a estreia de David Bowie no cinema encarnando o protagonista alienígena - para quem o papel parecia ter sido especialmente pensado (o que não foi o caso): um ser andrógino, impúbere, alto para os padrões terráqueos, delicado, magro, polido e que tenta se adaptar à vida terrestre para sobreviver entre os humanos.

Thomas Jerome Newton veio de Anthea para a Terra em uma missão desesperada para salvar os poucos habitantes que ficaram em seu longínquo e desconhecido planeta. Para isso, precisa construir aqui uma nave que possa trazer os 300 de sua espécie que ainda vivem em um planeta onde a água acabou e os recursos são cada vez mais escassos.
Com conhecimento e inteligência muito superior aos humanos, Newton logo se torna um bem sucedido empresário do ramo de patentes tecnológicas e também descobre a solidão, o desespero e o álcool - criando uma delicada parábola sobre as mudanças que estavam ocorrendo entre os anos de 1950 e o início da Guerra Fria.
Escrito com vigor e com uma prosa carregada de tensão poética, Walter Tevis produziu uma das ficções científicas mais realistas sobre um alienígena que vai absorvendo o dia a dia, o jeito e os vícios humanos pouco a pouco. Realista o suficiente para se tornar uma metáfora daquilo que todos nós carregamos: uma indescritível angústia e solidão existencial.
Espero que tenham gostado das novidades da Darkside Books. Esse final de ano promete com os livros com os lançamentos dos volumes 3 e 4 do Ciclo das Trevas, Os Pássaros de Frank Baker (Hitchcock), Noturno de Scott Singler, A Casa dos Espíritos e muito mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário