[RESENHA #103] EMBER: A LENDA DE KRILL - ROY THOMAS - Saga Literária

Novidades

quarta-feira, agosto 10, 2016

[RESENHA #103] EMBER: A LENDA DE KRILL - ROY THOMAS


Título: Ember - A Lenda de Krill
Autor: Roy Thomas e Romano Molenaar
Editora: Avec
Páginas: 48
Ano: 2016
ISBN: 9788567901602
Onde Comprar: Amazon - Avec - Saraiva

Sinopse: Saída do universo de Storm, série desenhada pelo inglês Don Lawrence, Ember é uma linda guerreira ruiva que ganhou carreira solo com texto de Roy Thomas ("Conan, O Bárbaro" e "Red Sonja") e desenho de Romano Molenaar ("Witchblade" e "The Darkness").

Ember, em A Lenda de Krill, vive uma aventura no Mundo das Profundezas, antes de conhecer Storm. Ao completar 19 anos, seu vilarejo é atacado pelos homens do governante de Rhagus. Ember, Pearl e Kiley, pai das duas, são presos e levados para a cidade. Lá, um passado misterioso e desconhecido será revelado.

Resenha: No início da Hq nos deparamos com um cavaleiro fugindo em disparada com o seu animal de um bando de guerreiros, esse cavaleiro é Gronam, que está em posse de um pacote, porém nessa perseguição os guerreiros são emboscados por guerreiros de Krill e uma reviravolta acontece, pouco depois somos levados para Krill, onde de fato começa a história da protagonista.

Na Lenda de Krill, acompanharemos Ember, uma jovem guerreira ruiva de apenas 19 anos e não se deixa influenciar pelos costumes antiquados, os quais dizem que as mulheres devem servir aos homens, com isso acaba se metendo em confusões.

"Você só ganhou desses meninos porque eles não sabiam o que estavam fazendo. São inexperientes." p. 8

Em dado momento, o vilarejo Krill, onde Ember mora, é atacado por guerreiros de Rhagus e ela apesar de toda a resistência apresentada, acaba sendo levada como prisioneira juntamente com o seu pai Kiley e sua irmã Pearl. Esse ataque tem um motivo em especial, os guerreiros estão em busca de um bebê que fora salvo há muitos anos.

"Sentiam o sol ardendo nas costas, enquanto seguiam como uma corrente humana, guiados por seus captores." p. 14.

Na condição de escrava na cidade de Rhagus ela o Vizir e Gordar "O Senhor da Guerra", lá ela ainda apresenta muito da sua rebeldia, onde acaba lutando contra monstros e guerreiros. Devido ao seu comportamento, diversas revelações sobre o passado da cidade de Rhagus e alguns mistérios são levados ao conhecido de Ember.

Opinião: Ember - A Lenda de Krill é uma obra de Roy Thomas (Conan e Red Sonja), retrata um mundo pós-apocalíptico, mas que lembra o mundo de Conan e Red Sonja, combates, escravidão, magia e a brutalidade fazem parte nesse universo de Ember.
Eu fiquei particularmente impressionado com a qualidade da encadernação, das páginas e também da obra em especial. A arte de Romano Molenaar está bem bonita e dinâmica, interagindo muito bem com o enredo criado por Roy Thomas, que por sinal consegue prender a atenção do leitor, os diálogos são bem tranquilos, existe diversas cenas de ação, o que me agradou bastante.
A Avec está de parabéns pelo ótimo trabalho apresentado, a edição está um luxo, o papel é couché fosco, a capa está em supremo cartão. Recomendo a leitura de A Lenda de Krill, é uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais do trabalho da editora.


Confira mais sobre Ember e Contos do Cão Negro abaixo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário