19/08/2016

[RESENHA #106] FILHA DA FLORESTA - JULIET MARILLIER


Título: Filha da Floresta (Sevenwaters #01)
Autor: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Páginas: 616
Ano: 2012
ISBN: 9788588477971
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... 
Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.

Resenha: A autora Juliet Marillier em Filha da Floresta nos conta uma história no tempo ambientada em Sevenwaters, na antiga Irlanda do período medieval. Vamos acompanhar a história de Sorcha, uma jovem muito inteligente e com uma força admirável. Sorcha é a sétima filha de um sétimo filho, que segundo as lendas celtas, o sétimo filho (quando homem) é dotado de magia e uma forte ligação com a floresta, todavia, não esperava isso da jovem Sorcha, por ser uma mulher.

"Eu estava com uma das mãos cheia de flores do campo, violetas e ervas que tinha colhido. Então, vi na margem do lago uma planta bonita, com flores verdes em formato de estrela e folhas que pareciam penas cinzas." p. 17

Durante a leitura percebemos uma forte ligação da jovem mulher com a floresta, sendo ela capaz de conversar com os seres que habitam esta, o que faz com que a jovem acabe ganhando o nome de Filha da Floresta. Sorcha nunca conheceu o amor paterno, pois durante o seu nascimento, no parto, sua mãe morreu, algo que tornou o pai frio e distante. Desta forma a jovem cresceu livre e solta ao lado dos seus seis irmãos.

"Estava furiosa com meu pai. Mas ao mesmo tempo queria que me amasse, que me desse atenção. Não conseguia apagar esse desejo dentro de mim." p. 28

Na trama conhecemos a relação e o amor incondicional entre os irmãos Liam, Dardmid, Cormack, Conor, Finbar e Padriac. Eles são protetoes e possuem habilidades que os tornam especiais, como a comunicação mental que ocorre entre eles.

"Chore, minha querida. Nosso amor a envolve como um manto quente e macio. Nossa força é sua, e sua força mantém acesa nossa esperança. A floresta a abraça e acolhe." p. 240

Em certa oportunidade uma pessoa extremamente ruim aparece na vida dos irmãos, tal pessoa sente-se ameaçada pela integridade e união dos irmãos, com isso tenta manipular, colocar uns contra os outros, não obtendo sucesso, lança uma maldição sobre eles, porém, como Sorcha tem uma profunda amizade com os seres da florestas, ela é avisada pouquíssimo tempo antes da maldição, conseguindo escapar, mas os seus irmãos não. Sorcha então fica muito triste e chora o tempo todo, até que recebe a visita da Dama da Floresta, que a deixa repleta de esperança para combater essa maldição.

Opinião: Filha da Floresta foi romanceado por Juliet Marillier, baseado em um conto germânico maravilhoso dos irmãos Grimm conhecido como Os Seis Cisnes ou Cisnes Selvagens. Juliet nos apresenta um mundo que consegue ser ao mesmo tempo mágico, misterioso e marcante.
O livro tem um início cadenciado, algo que dura durantes as primeiras 70 páginas, porém após de início, a trama ganha um fôlego muito bom, fica envolvente e instigante. A narrativa é rica em detalhes, algo que se mostra essencial para visualizarmos tudo sobre Sorcha e sua família.
Os personagens foram bem construídos, cada um com sua características e peculiaridades. Diversos personagens aparecem no livro, dando asas ao amor, esperança, desespero e ao medo que a protagonista sente. Filha da Floresta é uma linda história que nos faz refletir sobre os sacrifícios que fazemos pelas pessoas que amamos.
Em relação a capa, diagramação e revisão, a Butterfly realizou um excelente trabalho, digno de aplausos, além disso possui folhas amareladas. O livro é cheio de detalhes, como por exemplo mapa e ao final do mesmo tem o primeiro capítulo do livro Filho das Sombras que é o segundo volume de Sevenwaters. Livro recomendado para quem gosta de fantasia, pitadas de sobrenatural, mitologia e uma boa história.

Por Mayara Frossard

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM

Publicações Recentes

recentposts

Publicações Populares