25/08/2016

[RESENHA #112] CONFISSÕES DO CREMATÓRIO - CAITLIN DOUGHTY


Título: Confissões do Crematório
Autor: Caitlin Doughty
Editora: Darkside Books
Páginas: 260
Ano: 2016
ISBN: 9788594540003
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Ainda jovem, Caitlin conseguiu emprego em um crematório na Califórnia e aprendeu muito mais do que imaginava barbeando cadáveres e preparando corpos para a incineração. A exposição constante à morte mudou completamente sua forma de encarar a vida e a levou a escrever um livro diferente de tudo o que você já leu sobre o assunto.
Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia a dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos históricos, mitológicos e filosóficos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, ela desmistifica a morte para si e para seus leitores.

Resenha: Confissões do Crematório é a primeira obra de não ficção que integra a linha DarkLove da Darkside Books. A autora Caitlin Doughty, nos traz informações e histórias de quando ainda era jovem, por volta dos seus vinte e poucos anos, quando começou a trabalhar em um crematório. 

"Uma garota nunca esquece o primeiro cadáver que barbeia. É o único evento na vida dela mais constrangedor do que o primeiro beijo ou a perda da virgindade." p. 17.

A autora quando começou a trabalhar, foi no cargo de operadora de forno crematório na Westwind Cremation & Burial, algo que durou um ano, até ela conseguir a licença de agente funerário, cargo em que ocupa atualmente. A autora com as experiências adquiridas diariamente através do seu trabalho e também por sua formação acadêmica (História), resolveu compartilhar as histórias, reflexões e como as culturas tratam o tema morte. 

"Embora você possa nunca ter ido a um enterro, dois humanos do planeta morrem por segundo. Oito no tempo que você levou para ler essa frase. Agora, estamos em quatorze." p. 51.

Durante a parte introdutória a autora nos traz informações acerca da autenticidade dos seus relatos, que foram baseados em história verdadeiras, com pessoas reais, deixando claro para o leitor o que o aguarda.  No decorrer da leitura vamos descobrindo histórias de pessoas que morreram sozinhas, como as pessoas próximas e suas respectivas famílias reagem diante do falecimento. 

A autora discorre sobre os bastidores de uma funerária, o que acontece com o corpor depois de entregue, como é preparado, os rituais fúnebres, os efeitos que a morte causa nos corpos das pessoas mortas e a necessidade de se preparar para o fim da vida, como os custos inerentes aos serviços funerários.

"Por mais que muitos vejam o suicídio como algo cruel e egoísta, acho que meio que apoiei a decisão de Jacob. Se cada dia da vida dele era pura infelicidade, eu não podia exigir que o rapaz ficasse vivo e aguentasse mais desse sentimento." p. 65.

Enquanto a autora nos conta a sua rotina, ela demonstra aspectos e fatos históricos, filosóficos e mitológicos que se relacionam com a mortalidade, deixando claro que cada povo tem suas peculiaridades no trato dos cadáveres.

"[...] Um cadáver não precisa que você lembre dele. Na verdade, não precisa de mais nada - fica mais do que satisfeito de ficar ali, deitado, apodrecendo. É você que precisa do cadáver. Ao olhar para o corpo, você entende que a pessoa se foi, que não é mais uma participante ativa do jogo da vida. Ao olhar para o corpo, você se vê nele e sabe que também vai morrer." p. 178.

Por fim, o livro é dividido em capítulos em que cada um revela os últimos momentos de determinada pessoa, antes dela ser consumida pelas chamas. A autora ainda, nos passa a mensagem de que todos somos iguais, não existem pessoas ricas ou pobres, pois o forno não faz essa diferenciação, apenas as transforma em cinzas quando podem pagar por isso. Quem não tem dinheiro, era bancado pelo estado.

Opinião: Confissões do Crematório retrata um tema complicado para muitos que é a morte. A autora aborda as nuances inerentes ao tema, as famílias, a sociedade, a prestação de serviço funerário e o seu funcionamento, detalhando magistralmente com diversas informações.
Caitlin impressiona através da sua narrativa que se mostrou envolvente e muito humorada, pois o tema morte é delicado, tendo em vista que os seres humanos em geral evitam falar e procuram prolongar a vida. Foi interessante ver o posicionamento da autora em relação ao mundo da indústria funerária, se mostrando contra a visão puramente comercial.
Gostei muito das reflexões filosóficas que Caitlin insere em seu livro, pois são pensamentos, frases que buscam desmistificar a morte. Caitlin ainda levanta o debate sobre refletirmos, pensarmos sobre nossa mortalidade, a importância de encararmos a morte como algo natural ao ser humano, levando em conta, que a morte é a única certeza que temos em vida.
Confissões do Crematório se mostrou um livro divertido, de rápida leitura, com uma narrativa simples e envolvente, além é claro de possuir inúmeras informações e curiosidades. Recomendo para todos que um dia vai morrer e deseja saber um pouco sobre a morte.
O projeto gráfico da Darkside Books está sensacional. Dos livros lançados esse ano, Confissões do Crematório está entre os três mais lindos. A capa é dura, padrão limited edition, possui imagens de anatomia, notas sobre fontes bibliográficas, folhas amareladas, marcador em fita tecido e as laterais das folhas em vermelho.


Unboxing
Por Yvens Castro

17 comentários:

  1. Uau! Na época do lançamento não dei nada por esse livro, mas essa é a segunda resenha que leio e que deixou muito interessada nele!
    Adorei a edição e todo o projeto gráfico dela! DarkSide só faz trabalhos magníficos!
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Leitora Compulsiva, esse é um dos livros que mais gostei da Darkside esse ano e olha que a editora já lançou vários!
      Bjuss

      Excluir
  2. Oiii Yvens, como vai?
    Rapaz eu estou louquinha para ler essa obra e sua obra só despertou ainda mais meu interesse, além do mais eu amei a bolsa, que coisa mais linda queroooo AHUAAUAAHU parabéns pela resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Morgana, tudo bem?
      Então o livro está muito legal, além do mais o projeto gráfico salta aos olhos tamanha qualidade! A bolsa está aqui guardada, o coração a namorada pegou e quase levou o livro também! rssss

      Excluir
  3. poxa, que edição linda... eu babando porque ainda não tenho na estante *--*
    esse unboxing ficou maravilhoso... estou com inveja de você, com esse kit lindo <3
    não vejo a hora de poder ler... acredito que ela levanta questões importantes acerca de como lidamos com a morte... e ela tem formação em História como eu hahah ^^
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsss
      O kit ficou lindo mesmo!
      Darkside dá show!

      Excluir
  4. Imagino o quão desesperador para mim seria trabalhar num crematório. De fato essa premissa me prendeu, com certeza leria se tivesse oportunidade.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez no início, mas acostumamos com praticamente tudo nessa vida!

      Excluir
  5. A edição está mesmo muito caprichada!
    Achei engraçado você indicar para todos que um dia vão morrer, rs.
    Eu não sei se leria, parece interessante, mas não fiquei tão animada.

    Beijos,
    sigolendo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá meu anjo,

    Fiquei encantada com essa edição desde a campanha de divulgação começar na fanpage da editora e gamei no enredo e esse seu kit me deu uma inveja branca *_*

    Vou comprá-lo hoje na Amazon.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho António!
      Vou visitar o seu blog!
      E felicidade, saúde para todos nós!
      Abraço!

      Excluir
  8. Olá =) Não é um livro que tenha um estilo que eu estou acostumada a ler. Mas resenha desperta a curiosidade de ler. A edição achei muito caprichada. E sua resenha muito bem feita. Que tanto de livro você tem ai (no fundo do vídeo), se tiver sem espaço para guarda pode me enviar. Haha' Beijos e Sucesso. www.sejaamavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAhahahah
      Sempre arrumo espaço Dayane!
      Bjuss

      Excluir
  9. Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha deste livro, e confesso que não tinha interesse nele, mas com sua resenha e o quotes eu acabei de adicionar a lista de desejados. Adorei sua resenha, muito bem construída, parabéns! As fotos também ficaram lindas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Aline!
      O livro é realmente muito bom!

      Excluir
  10. Se eu fosse comprar todos os livros da Darkside que eu gosto da capa eu estaria falida a essa hora. Amei a capa e a diagramação deste livro, mas a história não chamou minha atenção :/...
    Adorei sua resenha, ficou excelente! E as fotos também ficaram incríveis :D

    ResponderExcluir

INSTAGRAM

Publicações Recentes

recentposts

Publicações Populares