[RESENHA #115] SUPERNATURAL | GUERRA DOS FILHOS - REBECCA DESSERTINE e DAVID REED - Saga Literária

Novidades

quinta-feira, setembro 01, 2016

[RESENHA #115] SUPERNATURAL | GUERRA DOS FILHOS - REBECCA DESSERTINE e DAVID REED


Título: Supernatural | Guerra dos Filhos
Autor: Rebecca Dessertine e David Reed
Editora: Gryphus
Páginas: 241
Ano: 2014
ISBN: 9788583110149
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Escrito por Rebecca Dessertine e David Reed, com tradução de Gilson B. Soares, o livro se desenrola pouco depois do episódio My Bloody Valentine. A trama conta sobre o apocalipse na Terra. Na caçada a Lúcifer, estranhos presságios atraem os irmãos Winchester para uma pequena cidade na Dakota do Sul, EUA, onde encontram Don – um anjo com uma proposta... Don envia-os para muito longe de casa, numa missão para descobrir o segredo que o Mal nunca desejou que eles descobrissem.

Vinte e três anos atrás, Sam e Dean Winchester perderam sua mãe para uma demoníaca força sobrenatural. Após a tragédia, seu pai os ensinou tudo sobre as coisas paranormais e ruins que vivem nas esquinas escuras da América e como matá-las. Caçando Lúcifer, os garotos se encontram em uma cidade pequena na Dakota do Sul aonde encontram Don, um anjo com uma proposta. O quão longe irão os rapazes para descobrir o segredo que Satan nunca quis que eles descobrissem?


Resenha: A história em Guerra dos Filhos começa no meio do Apocalipse, que foi desencadeado por Sam, que vive se culpando por ter rompido o último selo que deu origem ao evento. Do outro lado, vemos que Dean ainda não perdoou Sam totalmente por isso.

"Eu posso sentir, pensou Dean. O céu está caindo. Não era uma sensação nova. De fato, o céu estivera caindo sobre Dean Winchester desde que tinha quatro anos de idade." p. 1.

No início da obra, Sam e Dean estão investigando um caso em um acampamento de crianças, onde aconteceu uma infestação de sapos. Logo encontram Don (um anjo caído) que foi o responsável por tal infestação, apenas para chamar a atenção dos irmãos e com isso passar para eles uma missão.

"Sam acordou ao som de gritos, terrivelmente próximos. O som foi acompanhado pelos lamentos desprezíveis de alguma espécie de criatura do outro mundo." p. 25.

Aos irmãos é apresentada a missão de resgatar um pergaminho, que contém informações sobre como podem derrotar Lúcifer de uma vez por todas. Para isso, os irmãos precisam voltar no tempo e viajar para o ano de 1954, procurar o pergaminho e evitar que este seja destruído como reza a lenda, pois até hoje não foram encontrados.

"Em toda a longa experiência da vida de Dean, não havia muita coisa que se comparasse realmente ao bom cheeseburger com bacon. Apesar disso, devorou o hot dog - com tudo - enquanto ele e Sam marchavam de volta ao apartamento." p. 74

Diante dessa louca missão, os irmão negam a possibilidade de voltarem no tempo, porém mesmo com a negativa, eles são enviados à força para a Nova York de 1954. Nessa aventura os irmãos conhecem Júlia e seu pai que os auxiliam na busca e tradução, porém eles escondem um segredo dos irmãos nessa aventura cheia de reviravoltas.

Opinião: Guerra dos Filhos mantém o padrão de Coração do Dragão, pois é uma obra repleta de aventura, ação e momentos divertidos, aliás, se mostrou uma obra um pouco superior.
Gostei muito dessa jogada de colocarem os irmãos em uma Nova York que eles não conhecem, afinal, o ano é 1954, quase 50 anos antes da linha temporal deles. Uma parte bem legal é a do leilão, onde algumas surpresas acontecem.

O livro tem uma narrativa ágil e envolvente, Rebecca e David conseguem prender a atenção do leitor, despertando a curiosidade sobre o desenrolar dos fatos. Outro fato positivo são os capítulos curtos que contribuem para não cansar o leitor e fixar a história.
Sobre a edição a Gryphus está de parabéns, diagramação, revisão, layout e fontes estão muito boas. Recomendo a leitura para todos que gostam de ficção, aventura, suspense e aquele toque sobrenatural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário