[RESENHA #132] RECONHECIMENTO DE PADRÕES - WILLIAM GIBSON - Saga Literária

Novidades

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, outubro 20, 2016

[RESENHA #132] RECONHECIMENTO DE PADRÕES - WILLIAM GIBSON


Título: Reconhecimento de Padrões (Blue Ant #1)
Autor: William Gibson
Editora: Aleph
Páginas: 416
Ano: 2013
ISBN: 9788576570479
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Cayce Pollard é uma coolhunter. Suas habilidades como caçadora de tendências, aliadas a um quê de profetisa e a uma inusitada alergia a marcas registradas, faz dela uma profissional disputada por corporações do mundo inteiro. Chamada a Londres para uma nova oportunidade de trabalho, Cayce recebe uma proposta ambiciosa e obscura: descobrir quem está por trás da criação e disseminação do “filme”, uma coleção de fragmentos de vídeo postados anonimamente na web e que atraem milhares de seguidores, inclusive ela mesma. Pivô de um jogo perigoso, Cayce correrá todos os riscos para atingir seu objetivo, lançando-se numa busca frenética que envolve sabotadores industriais, hackers de primeira linha, chefes da máfia russa, fanboys da internet e espiões aposentados. Reconhecimento de Padrões é um retrato brilhante da cultura de consumo e de esoterismo pós-moderno. Com ele, William Gibson abre a Trilogia Blue Ant, um mosaico do século 21 que se desdobra nos livros Território Fantasma e História Zero.

Resenha: Em Reconhecimento de Padrões, William Gibson nos apresenta a protagonista Cayce Pollard, ela tem um "dom" cognitivo único, uma sensibilidade psicológica apurada para publicidade. Cayce tem como especialidades os anúncios, elaboração de logotipos e nomes de marcas.

"Coloque Damien no Google e você encontrará um diretor de videoclipes e comerciais. Coloque Cayce no Google e encontrará coolhunter, caçadora de tendências, e se você procurar com mais atenção vai encontrar sugestões de que ela é uma sensitiva de alguma espécie, uma rabdomante no mundo do marketing global." p.8.



Nossa protagonista, apresenta um comportamento peculiar, Cayce tem aversão por modismo e através do seu poder cognitivo, por ser uma caçadora de tendências, é considerada uma coolhunter. Porém, ela apresenta reações adversas a alguns logotipos de corporações, o que leva Cayce a cortar as etiquetas do seu próprio vestuário. 

Uma outra reação adversa relacionada às habilidades de Cayce, está no fato de apresentar crises psicológicas intensas, similares as crises de ansiedade, sendo que ela apresenta um enorme medo pelo boneco da Michellin.

"Há momentos em que você só pode dar um passo de cada vez. E depois o seguinte." p. 141.

A história começa de fato quando Cayce é contratada por um homem rico, com motivos dúbios, para investigar o que parece ser a única paixão de sua vida, onde uma série de fragmentos de um vídeo são colocados na internet, por uma pessoa desconhecida.

Cayce parte então para descobrir quem é o responsável, quem criou o "filme" que viralizou, que se tornou um sucesso tremendo. Durante essa busca, Cayce vai se deparar com criminosos, agentes do governo e diversos empresários. Mas sua investigação não se limita em descobrir quem criou o vídeo, pois ela ainda procura por pistas, que possam levar ao paradeiro do seu pai, um ex-agente da CIA, que desapareceu durante os atentados ocorridos em Nova York, no fatídico dia 11 de Setembro de 2001.

Opinião: A narrativa de Gibson em Reconhecimento de Padrões faz o leitor se sentir parte da história, pois o autor traz ambientes com muitas descrições, como por exemplo das cidades de Londres, São Petersburgo ou Tókio. Por outro lado, Gibson faz uma forte crítica sobre o comportamento da sociedade do século XXI, que é muito consumista, visando o status, as marcas, do que propriamente o conteúdo. As superficialidades são muito bem retratadas pelo autor.
Gibson criou um enredo muito bom, no qual prende o leitor, traz uma leitura inovadora, que nos tira da zona do conforto e faz com que possamos refletir acerca da sociedade em que vivemos, onde o consumismo e a internet são fortes fatores que moldam o mundo em que vivemos, o mundo que se apresenta cada vez mais solitário.

Para os leitores habituais de Gibson, bem como para os novos, posso dizer que o livro é rico em referências à cultura pop, curiosidades sobre fatos históricos e é claro as descrições densas presentes em suas obras. Por fim, é muito interessante a busca da Cayce sobre o responsável pelo vídeo que foi colocado na internet em fragmentos, assim como a busca por pistas, que levassem ao paradeiro do seu pai, algo que a colocou no caminho de criminosos, agentes governamentais e empresários.
A Editora Aleph está de parabéns, a capa parece ser aveludada, a diagramação está muito boa, com fontes confortáveis, folhas amareladas, vem com orelhas e ainda traz informações sobre a personagem principal, bem como do autor. Recebi o livro através da parceria que tenho com a editora, era uma obra que pretendia ler já tem algum tempo e foi prazerosa.

24 comentários:

  1. Oieeee
    Tudo bom?
    Pelo que vi da sua resenha você realmente gostou do livro, mesmo tento o enredo tão bom eu não me interessa pela história, não é o tipo de leitura que me instiga, mas vou indicar para uma amiga que com certeza irá gostar.
    Excelente resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelle!

      Sim, de fato gostei muito. Essa era uma obra que eu esperava ler tinha tempos e a oportunidade surgiu, não decepcionou!

      Excluir
  2. Oie

    Gostei das capas, achei interessante e a premissa também. É um tipo de leitura que me instiga, gosto disso da forte crítica social que nos leva a reflexão.
    Eu não conhecia antes da sua resenha mas com certeza já levo a dica.
    Excelente resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As capas são muito maneiras, achei bem legai!
      Essa é uma leitura instigante, nos tira da zona de conforto e o autor levanta diversas questões!
      Bjus

      Excluir
  3. Parece mesmo ser um enredo muito bom! Eu nunca tinha nem ouvido falar dessa trilogia, mas adorei o fato da protagonista ter um dom cognitivo, eu por estar formando em psicologia, adoro coisas desse tipo. A capa também é bem diferente, gostei demais.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduarda!

      Se tiver oportunidade ou puder adquirir, pode pegar sem medo! Vi um William Gibson com a escrita mais apurada e amadurecida, esse primeiro volume é muito bom!
      Bjuss

      Excluir
  4. Parece ser uma história legal, Yvenes. Gostei da simplicidade da capa tbm. A editora Aleph sempre capricha.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, tudo bem?

      Então, a história é muito boa. Sobre a edição, apesar da simplicidade da capa, está bem caprichada e bonita!

      Excluir
  5. Olha, a capa do livro é belíssima, não podemos negar, mas a história não despertou em nada a minha atenção, não consigo imaginar um bom desenvolvimento vindo dessa moça procurando pelo autor de um filme viral... =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez não tenha reparado na resenha, mas essa busca é apenas um pano de fundo, pois o autor levanta diversas questões importantes sobre a sociedade do século XXI!

      Excluir
  6. Olá. Gostei da capa do livro e do enredo.
    É um livro bem interessante abrangendo um tema que hoje em dia tem um forte poder na sociedade.
    Vi pela sua resenha que você realmente gostou do livro, fiquei curiosa para saber mais sobre essa história e sobre Cayce.
    Gostei bastante da sua resenha.
    Parabéns *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rachel. Em breve teremos a resenha do volume 2, fique atenta!

      Excluir
  7. Oiii Yvens, tudo bem?
    Percebi na sua resenha o quanto tu tenha gostado dessa obra, mas para mim não me agradou tanto assim, acho que não deu aquela emoção sabe. Parabéns pela resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Morgana!

      Essa é uma obra reflexiva, levanta aspectos importantes, concordo contigo que talvez não seja tão emocionante, mas é uma obra sensacional!

      Excluir
  8. Fiquei bastante curiosa pela obra, dei risada só de imaginar alguém tendo um ataque ao ver o boneco da Michelin kkk'... Sua resenha ficou ótima, parabéns! Vou colocar o livro na minha lista de leituras :D

    madminds.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Leticia! Coloque sim, pois compensa, é uma obra de muitas qualidades!

      Excluir
  9. eu tô de olho nessa trama já tem um tempinho hehehe
    sempre me falam que é uma história interessante e pelo que li na tua resenha, deve ser mesmo... só me deixou ainda mais curiosa... gosto de livros que tragam a tona esse tipo de questionamento sobre a temática...

    bjs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então ainda vai ficar mais curiosa, que a resenha do volume dois está chegando!
      Bjus

      Excluir
  10. Olá, que livro diferente, achei bem peculiar a história dele, mas um peculiar bem legal e até divertido pelas digamos que "neuras" da personagem principal, os problemas psicologicos dela me chamaram atenção e me deu vontade de ler o livro, dica anotada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bom mesmo, chama atenção por diversos aspectos, se tiver oportunidade, leia!

      Excluir
  11. Olá! Ainda não conhecia esse livro. Achei o tema interessante e muito atual.
    Gosto de histórias que nos envolvem e nos deixam curiosos com o desfecho.
    Gostei bastante da sua resenha, muito clara e sincera.
    Com certeza, uma leitura que vale a pena !!!

    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar do livro ter mais de 10 anos, é bem atual!

      Excluir
  12. Olá, Yvens. Comecei a leitura da resenha sem grandes expectativas e digo que me surpreendi. Tenho certeza que gostaria de acompanhar a protagonista nessa sua nova "missão", que parece ser bem interessante. Adorei a dica de livro e também a capa dele, a Aleph sempre capricha!

    ResponderExcluir
  13. A Aleph tem obras excelentes e sempre capricham no projeto editorial! Ainda não conhecia esse livro mas já gostei de cara! A premissa é ótima é pela sua resenha creio que vou gostar! Gostei bastante da resenha, passa bem suas impressões sobre o livro!

    ResponderExcluir