[RESENHA #142] GEENA: ELES VOLTARAM - GERALDO MEDEIROS JR. - Saga Literária

Novidades

quinta-feira, novembro 10, 2016

[RESENHA #142] GEENA: ELES VOLTARAM - GERALDO MEDEIROS JR.


Título: Geena Eles Voltaram
Autor: Geraldo Medeiros Jr.
Editora: Edições Alfa do Cruzeiro
Páginas: 400
Ano: 2016
ISBN: 9788592116415
Onde Comprar: Alfa do Cruzeiro

Sinopse: E os mortos voltaram. Não da forma como as pessoas imaginavam, seres decrépitos, apodrecidos e sedentos por sangue e carne. Ao contrário, retornaram serenos, destituídos de qualquer tipo de agressividade ou anseios. Pessoas comuns, cheias de defeitos de toda natureza, agora melhoradas. Não ficavam mais doentes, ao contrário, rejuvenesciam a cada dia. No entanto, tal fenômeno foi desastroso para os que ainda não tinham passado pela morte. Em virtude da ressurreição, a população mundial mais do que dobrou. Houve escassez de alimentos. O retorno de entes queridos para as suas casas, há muitos anos sepultados, provocou traumas psicológicos irreversíveis. E o ímpeto de ser eterno deflagrou uma onda de suicídios. Era o desejo de ser como um deles. 

Uma agência internacional de controle desta estranha população foi criada. Rui Montenegro e seus colegas cientistas, iniciaram uma pesquisa. Após viver um tempo entre eles, Rui descobre algo inusitado, um evento previsto para acontecer, muito mais importante do que a própria ressurreição em si. A revelação daquele segredo faria toda crença científica e religiosa cair por terra e o mundo teria um outro destino.

Resenha: Em Geena do autor Geraldo Medeiros acontece o inesperado, os mortos ganham vida, voltam a viver, porém não da forma como as pessoas imaginam, como seres apodrecidos, sedentos por sangue e carne, ou mesmo como seres, criaturas agressivas. 

"Outras coisas estranhas também aconteceram. Vi sombras na rua, que pareciam ter vida própria. Pela janela podia vê-las à medida que os relâmpagos emergiam da escuridão do céu." p. 11.

Ao retornarem das profundezas da terra, os humanos ressuscitados tornam-se seres amigáveis e tranquilos, não é só isso, eles possuem também a capacidade de se regenerar, rejuvenescendo e não ficando mais doentes. Dessa forma, são pessoas comuns melhoradas.

"Os ressuscitados brotavam de toda parte. Já eram mais de cem mil na Alemanha, cinquenta e dois mil na Itália e outros milhares na Rússia, local onde o conceito antirressurreição imperava." p. 43

Inicialmente, apenas as pessoas que morreram após sete anos que ressuscitam, com isso, o planeta tem milhões de pessoas a mais, dessa forma surge o medo e a fúria, uma crise é estabelecida. Grupos pró e contra os ressurretos são formados. 

A violência instaura-se, sendo habitual, pois aqueles que voltaram a vida, não reagem a nada, apenas comem e dormem. A escassez de alimentos ocorre e existe diversos traumas psicológicos, pois os entes que tinham falecidos e ressuscitaram voltam para o âmbito familiar.

Em dado momento uma agência de controle internacional foi criada em face ao fenômeno e com isso acompanhamos Rui Montenegro e seus colegas cientistas. Rui parte para viver entre essas pessoas, que foram deslocadas para uma reserva só de ressuscitados. 

"Refleti muito sobre a conversa que tivemos ontem. Havia uma fronteira desconhecida que deveria atravessar. Para isso, optei por realizar uma observação mais técnica. Recorri às lembranças de referências de renomados pesquisadores, no intuito de administrar a prova etnológica de algumas leis comportamentais." p. 145.

Habitando na reserva, Rui acaba descobrindo algo inusitado, um evento que está para acontecer mostra-se mais importante que a ressurreição. A revelação de tal segredo pode colocar em cheque toda a crença religiosa e científica, dando ao mundo outro destino.

Opinião: Geena é uma obra permeada de críticas políticas, sociais e principalmente humanas, pois nos leva a refletir sobre o nosso estilo de vida e como vivemos, sobre as nossas condutas e o relacionamento que temos com as pessoas ao nosso redor.


A escrita de Geraldo Medeiros Jr é muito boa, envolvente e repleta de detalhes. O autor nos leva a vivenciar toda a trama, é possível perceber que o autor teve todo um esmero e carinho, apresentando uma obra criativa e com amor para o leitor. O livro apesar de possuir quase 400 páginas mostrou-se uma leitura fácil e bem fluída.
O autor nos passa a mensagem que também devemos fiscalizar, ficar de olho em quem confiamos, principalmente nos governantes, já que as pessoas podem ser cruéis e fingidas, camuflando suas reais intenções para conosco. São diversas as mensagens apresentadas pelo autor, que se mostraram válidas para o nosso cotidiano. Super recomendo essa obra nacional, que é do gênero ficção científica.

Em se tratando da edição, foi feita de modo artesanal, impressa em equipamento caseiro, com colação e dobras feitas à mão. Trata-se de um trabalho de valor. A edição possui orelhas, folhas amareladas e fonte em tamanho confortável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário