21/12/2016

[RESENHA #150] OPERAÇÃO ARCÁDIA - CAROL BONACIM

                              
Título: Operação Arcádia
Editora: Chiado
Autor: Carol Bonacim
Ano: Maio de 2015
Páginas: 674
ISBN: 9789895135783
Onde comprar:  Chiado Editora - Livraria Cultura

Sinopse: Diana Toledo é uma jovem delegada federal que comanda uma unidade da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCOR) da Superintendência da Polícia Federal da cidade de São Paulo. É a responsável pela investigação de uma grande e poderosa quadrilha internacional de tráfico de entorpecentes. Para apurar o envolvimento de alguns suspeitos, a delegada viaja para Brasília, capital federal, onde participa de um evento social, e conhece o galante e jovem empresário, Leonel Foster Castilho, por quem começa a nutrir fortes sentimentos.

Durante a investigação, Diana consegue aprisionar três importantes colaboradores do tráfico, despertando a ira do chefe da organização criminosa. Assim, a policial se torna o alvo de uma emboscada, e se fere gravemente durante um tiroteio, sem esperanças de sobreviver ao ataque. Diana fica surpresa com a chegada repentina de Leonel que consegue resgatá-la; seguem para uma ilha paradisíaca no Município de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Ao recobrar os sentidos e retomar a consciência, Diana descobre, em meio a grandes revelações, a existência de uma intensa e avassaladora paixão, vivenciando-a ao lado do jovem empresário espanhol. Todavia, para que possam ficar juntos, os amantes precisarão sacrificar o amor que os une, a liberdade, e, quiçá, a própria vida, tudo em prol do enfrentamento do poderio desenfreado do chefe do crime organizado; um político muito influente que não medirá esforços para destruí-los, bem como extinguir, de uma só vez, o curso da Operação Arcádia.

Resenha: O livro é fantástico e bem atual, vai de encontro à realidade que o Brasil vem enfrentando nos últimos anos: crime organizado, tráfico de drogas e armas, e principalmente corrupção. Os protagonistas são Diana Toledo e Leonel Castilho, ela uma destemida delegada federal que luta com todas as forças contra o crime organizado, e ele  um ex-militar e empresário que adora pilotar carros de corrida.

"[...] É noite na cidade de São Paulo; uma garoa fina caía, e contribuía para deixar ainda mais caótica a grande metrópole. Era 20:40h da noite, e a cidade se encontrava agitada, num frenesi de carros, ônibus, motos e pessoas, fazendo com o que o trânsito da maior cidade brasileira ficasse completamente congestionado.

As viaturas da Polícia Federal tentavam avançar em meio ao tumultuado trânsito. Os federais estavam no encalço de um caminhão que, supostamente, transportava cargas ilícitas, mais precisamente, drogas.

Gostaria de destacar três pontos interessantes no livro: 1- Investigação da Polícia Federal, o leitor vai conhecer o dia a dia dessa instituição e os seus trâmites investigativos com trechos de muita ação.

2- Quase na metade do livro a adrenalina vai a mil, são cenas incríveis de ação da Polícia Federal contra a corrupção e o crime organizado.

3 – E por fim uma história de amor sensacional com algumas pitadas de ação e adrenalina.

"[...] O rapaz ainda permaneceu calado. A delegada, então, se levantou e foi para trás do detento. O preso estava sentado com as mãos algemadas. Diana se abaixou e falou bem baixinho, próximo à orelha do marginal: “Olha, eu vou ter que te avisar uma coisa: caras como você dá uma ótima esposa nos presídios, sabe por quê? Porque você tem um traseiro enorme do jeito que os malucos lá dentro gostam. Sabe por que que eles gostam de caras com bundas enormes? Para fazer sexo anal. Eles adoram meter aqueles pintos enormes e cheios de doença nos caras de bundas grandes (ela riu). Não sei por quê! Será que assim lembra bunda de mulher? (ela riu outra vez) Acho que vai descobrir isto lá, e assim que descobrir, me conta, falou?” Ela se ergueu e deu dois tapinhas no ombro do preso. Nesta hora, ele estava desinquieto e completamente transtornado. Quando Diana estava para sair da sala, Eduardo resolveu falar."

Operação Arcádia é uma tetralogia, em breve Carol Bonacim publicará o segundo volume dessa grande obra.

Opinião: O que dizer de Carol Bonacim e do seu romance Operação Arcádia. O meu primeiro contato com a Carol foi pelo facebook em maio de 2016, desde então nos tornamos bons amigos, eu tive o privilégio de conhecê-la pessoalmente em junho, durante a Feira do Livro de Ribeirão Preto, Trocamos autógrafos e os nossos livros. Depois nos encontramos em vários eventos literários. Ela é uma jovem e promissora escritora de 31 anos.

O que eu mais admiro em uma pessoa é a humildade, e desde que eu conheci a Carol ela sempre esbanjou esse atributo. A arrogância e o orgulho são doenças da alma, independente de classe social, que todos nós possamos aprender com a humildade.
Operação Arcádia me agradou muito, apesar de não ser um romance histórico, ele com certeza é um romance militar que mostra a luta da verdade, dignidade e justiça contra a corrupção e o crime organizado.

A Editora Chiado está de parabéns, a formatação, a capa e a revisão ficaram muito boas, a diagramação deixou um pouquinho a desejar por que o livro poderia ter ficado mais enxuto, com menos páginas, mas isso não interferiu em nada a qualidade literária da autora que inovou escrevendo os diálogos sem travessão, colocando referências dos personagens, facilitando ainda mais a leitura, a obra foi impressa com páginas amareladas tornando a leitura mais leve.
CAROL BONACIM

Carol Bonacim nasceu em Santa Rosa de Viterbo-SP, onde vive até hoje. Carol é formada em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto, e há mais de dois anos, iniciou sua carreira como escritora, ao redigir a primeira obra “Operação Arcádia”, um romance-policial narrado em quatro etapas, e que promete surpreender o leitor com a similitude da atual realidade política, social e econômica brasileira, sem, contudo, perder o encanto e o charme de um lindo conto de amor vivenciado pelos protagonistas.


Amante da prática de esportes, ela divide o tempo entre se dedicar à escrita e à leitura de obras literárias, assim como à corrida de rua e ao boxe. Redigida de forma ímpar, “Operação Arcádia” promete arrancar o fôlego de quem aprecia uma eletrizante trama de ação, uma hilariante comédia, e uma inesquecível história de amor. A autora já participou de várias feiras literárias pelo Brasil: Feira Literária de Poços de Caldas 2016, Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto 2016, Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2016, Feira do Livro de Brasília 2016, entre outros.

Advogada e escritora romancista.
Membro Correspondente da Academia de Artes de Cabo Frio, RJ.
Vencedora do prêmio Personalidade 2015 pela Academia de Artes de Cabo Frio, RJ.
Membro IMORTAL da Academia de Letras do Brasil/Suíça.
Vencedora do prêmio CONINTER 2016 (Conseho Internacional de Artes)

Expositora Independente na Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2016 e da Feira do Livro de Brasília 2016.
Autora da tetralogia "Operação Arcádia".
                                    Carol Bonacim e Max Wagner

2 comentários:

  1. amei a resenha, me deixou com muita vontade de ler
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla Azevedo que bom que gostou da resenha, o livro realmente é muito bom. Desejo a você e sua família um final de ano abençoado, e que 2017 seja melhor ainda.

      Excluir

INSTAGRAM

Publicações Recentes

recentposts

Publicações Populares