[RESENHA #158] BOM DIA, VERÔNICA - ANDREA KILLMORE - Saga Literária

Novidades

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, janeiro 09, 2017

[RESENHA #158] BOM DIA, VERÔNICA - ANDREA KILLMORE


Título: Bom Dia, Verônica
Autor: Andrea Killmore
Editora: Darkside Books
Página: 256
Ano: 2016
ISBN: 9788594540171
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Andrea Killmore faz sua estreia com um livro que está destinado a se tornar uma referência na literatura policial brasileira. Amiga íntima do perigo, ela é uma revelação que não pode ser revelada, e seu verdadeiro nome continua um mistério. Em outra vida, ela foi alguém importante dentro da polícia. Após trabalhar infiltrada em um caso e sofrer uma grande perda pessoal, viu-se obrigada a assumir uma nova identidade. E com ela, uma nova vocação. Assim nasceu Andrea Killmore. Em 'Bom dia, Verônica', acompanhamos a secretária da polícia Verônica Torres, que, na mesma semana, presencia de forma chocante o suicídio de uma jovem e recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida. Com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. No entanto, essas investigações teoricamente simples se tornam verdadeiros redemoinhos e colocam Verônica diante do lado mais sombrio do homem, em que um mundo perverso e irreal precisa ser confrontado. Andrea Killmore compõe thrillers como os grandes mestres, e sua experiência de vida confere uma autenticidade que poucas vezes encontramos em suspenses policiais, vibrante e cruel — como a realidade.

Resenha: Verônica Torres ou Verô, é casada, mãe de dois filhos e trabalha como secretária do delegado Carvana na DHPP, na cidade de São Paulo. Verô vai levando um vida pacata, presa na rotina do casamento e do trabalho, acha sua vida chata e isso a leva a fazer as coisas de forma automática. Algo então muda a sua vida, em certo dia ao chegar no trabalho, ela vê uma mulher com uma forte infecção nos lábios saindo da sala do delegado Carvana, além disso a mesma se apresenta abatida e triste. Essa mulher é Marta, mas o pior acontece, ela se joga do 11º andar do prédio da DHPP.

"Naquela segunda-feira em que começou o fim da minha, ela foi a primeira pessoa a me dar realmente "bom dia". Disse com os olhos, enquanto me encarava, como diante do espelho." p. 13.

Verô diante do acontecimento procura sair da inércia e busca as motivações que levaram a desesperada mulher cometer um dos maiores atos de desespero que um ser humano pode realizar, que é o suicídio. Dessa forma , Verô começa a realizar uma investigação particular, escondida de seu chefe. Porém, em um breve período de tempo, outra caso caí em seu colo, algo totalmente inesperado, pois ela é uma secretária e não uma investigadora profissional, mas tocada, acaba por realizar outra investigação simultânea.

Essa outra investigação inicia-se com Janete, mulher do interior, dona de casa fiel e submissa ao marido, que em um lapso de coragem tenta entrar em contato com Verônica. Janete busca em Verônica uma luz, um apoio, pois acredita que ela possa ajudar. A dona de casa acredita que o marido esteja assassinando mulheres e não é só isso, pensa piamente que vai ser uma das próximas vítimas do marido.

Tudo mudo quando o esposo chega em casa, Janete não sabe se tomou a decisão correta. Em alguns momentos Brandão se mostra um homem brutal, por outro lado ele é capaz de amar e mimar a sua esposa. Vemos então que Janete é capaz de suportar o mau humor do marido enquanto ele continuasse a amá-la, porém ela não sabe até quando.

"Não chorei as dores do mundo, mas minhas dores já eram o suficiente para me inundar por completo." p. 239.

Uma dúvida cresce na cabeça de Janete, ela não sabe se o marido é capaz de cometer assassinatos, isso juntando às constantes ameaças, violências e o fato de ser obrigada a cooptar mulheres, além é claro das torturas que o marido comete, tudo isso abala totalmente as suas estruturas, porém um novo acontecimento deixa em um beco sem saída e ela não sabe qual caminho deverá escolher.
Opinião: Andrea Killmore apresenta a narrativa pela ótica de Verônica Torres e Janete Brandão.  A história ocorre na cidade de São Paulo e retrata sobre o amor cego e também sobre a devoção se escrúpulos que esse tipo de amor ocasiona. 
O livro é intenso e envolvente, a leitura fluiu muito bem, além disso Killmore nos traz diversas informações técnicas e críticas sobre o funcionamento da Polícia Civil, da justiça brasileira e não para por aí, pois também pincela alguns quadros sobre o funcionamento de um IML. Outro aspecto relevante da obra é a abordagem feita, mesma que de forma não profunda, sobre a cultura indígena.
A obra tem muitos momentos de violência e Killmore não busca proteger o leitor. As cenas de violência são jogadas de forma nua e crua ao leitor, com todas as minucias e detalhes possíveis, o que inclui sadomasoquismo. Esse é um livro poderoso, que levanta questionamentos sobre o certo e errado na busca pela justiça.
Bom Dia, Verônica é um livro intenso do início ao fim, são apresentados mistérios, reviravoltas, crimes diversos, um grande thriller policial que certamente vai agradar aos fãs do gênero. Super recomendo a leitura, não somente para os fãs do gênero, mas para todos que curtem literatura nacional e uma obra bem construída.
A edição está muito bela, a Darkside outra vez arrasa e nos presenteia com uma edição primorosa, extremamente caprichada. As folhas são amareladas e grossas, existem imagens de diversos objetos utilizados no decorrer da trama, como ferramentas de torturas, acrescenta-se ao fato de o livro ser em capa dura, possuir marcador em fita de cetim, tem-se em mãos um livro espetacular.

37 comentários:

  1. Olá Yvens, tudo bem?
    Mais uma resenha maravilhosa e imagens igualmente belas. Mais uma vez você consegue com suas palavras incentivar a leitura de um livro e fazer o leitor quase babar por ele sem nem ter começado a leitura ainda. Confesso que thriller não faz meu estilo, mas amei conhecer esse livro através da sua resenha quem sabe na próxima né? Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Faby,
      obrigado pelo carinho e elogios, fico feliz. Eu me aproximei do gênero thriller tem pouco mais de um ano e estou cada vez mais gostando!
      Bjuss

      Excluir
  2. Darkside é Darkside <3 - amo essa editora.
    E sobre o livro: fiquei instigada a lê-lo. Principalmente pelo suspense e os pontos levantados. Valeu pela sugestão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline,
      a Darkside arrebenta, os livros são todos muito bonitos e bem feitos. Se possível leia, é muito bom o livro!

      Excluir
  3. Oi.
    Se não fosse por sua resenha, confesso que não olharia direito para o livro, gostei de sua opinião, eu curto enredo que retratam esses amores cegos e as consequências disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilian, fico feliz que tenha gostado da resenha!

      Excluir
  4. Olá, não sei se é uma leitura que eu faria no momento, mas é uma trama interessante pela sua resenha, especialmente por trazer uma personagem que trabalha como policial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marijleite, eu achei a obra bem interessante mesmo, a leitura foi bem rápida e envolvente!

      Excluir
  5. Yvens, parabéns pela resenha,adoro como expressa suas opiniões! Nossa, que livro! Ainda não o conhecia, mas a sinopse me deixou bem interessada, ainda mais sendo da Darkside!

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beta, obrigado, fico feliz que goste das resenhas. A Dark sempre dando show, arrasando!
      Bjuss

      Excluir
  6. Olá, Yvens.
    Mais uma vez a Dark arrasando nas edições, essa ficou belíssima!
    Já havia me interessado pela sinopse, mas a sua resenha me deixou com vontade de ler o livro para saber o desfecho da história.
    Fico feliz que a história tenha lhe agradado tanto, espero que aconteça o mesmo comigo!

    ResponderExcluir
  7. Esse pseudônimo me pareceu bem tosco e de alguém muito abastado. Andreia mata mais. Um autor que se auto promove na sinopse do livro, pelo que notei, com o intuito de passar uma veracidade no enrendo da sua estória, não me agradou. E não entendi se era a sinopse ou biografia. Sem contar que o nome do autor(autora) aparece maior que o título na capa, sendo que um status assim só se alcança depois de um grande sucesso. No mais, sua resenha muito boa, muito bem escrita, a edição do livro excelente. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samuel, para te falar a verdade, isso não é relevante para mim, o que importa é o conteúdo da obra e Bom Dia, Verônica é um livro de muita qualidade. Obrigado pelo elogio!
      Abraço!

      Excluir
  8. Parece ser um livro bem intenso mesmo. Pretendo ler em 2017 um livro assim, ainda tô criando coragem, mas sempre vejo muitas indicações boas em seu blog. Vou anotar a dica e ler esse livro mais tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mylena, o livro é intenso sim, tem reviravoltas, é muito bom, não precisa criar coragem para ler Bom Dia, Verônica...talvez você precise criar coragem para ler Ed & Lorraine (kkkkkkkkkk).

      Excluir
  9. Mais um ponto para a DarkSide publicando autores nacionais e com um livro que parece ser maravilhoso! Só tenho lido e ouvido críticas positivas a respeito dessa história e ela já está na minha lista.
    Bjss ótima resenha, deu uma panorama bem completo da trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andrea, sim, achei muito massa a Darkside terminar o ano publicando obras nacionais, desejo que mais autores nacionais tenham a possibilidade de publicarem suas obras pela Darkside!
      Bjuss

      Excluir
  10. Oiii amigo, como vai?
    Esse é um dos livros que mais tenho interesse agora, sendo um dos lançamentos de ler dessa editora e fiquei apaixonada pela sua resenha e as fotos, ficaram incríveis.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha amiga Morgana, fico feliz que tenha gostado da resenha e das fotos!
      BJuss

      Excluir
  11. É duro que apesar de ficção este enredo bem poderia ser verdadeiro. Quantas mulheres não se iludem vivendo estes "amores" psicóticos. Não conhecia o livro e com certeza vou querer ler e saber se Verônica conseguirá descobrir a verdade por trás destas mulheres.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fábrica, sim, é triste, mas de fato deve ser a realidade de muitas mulheres, não só no Brasil. Leia sim, é um livro dos bons!
      Bjuss

      Excluir
  12. Olá, tudo bem? Confesso que não sou fã de thriller psicológicos. Não é uma coisa que eu goste.
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carool, uma pena, pois esse é um thriller dos bons mesmo!
      Bjuss

      Excluir
  13. Oii!
    Que livro intenso em?
    Gostei bem mais da tua resenha do que da sinopse, me chamou bastante atenção. Além de ser um thriller psicológico, reflete também várias temáticas da realidade, gostei e vou anotar a dica. Parabéns pela resenha!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mercia, o livro é intenso, fico feliz que tenha gostado da resenha. Essa obra é de fato um belo thriller psicológico, muito envolvente!
      BJuss

      Excluir
  14. Olá! A leitura parece ser realmente interessante!
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro em breve.
    Gosto dessa temática, sucesso, bjoooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lorena, espero que você tenha a oportunidade mesmo de ler!
      Bjuss

      Excluir
  15. Oie, essa edição da darkside está arrasando. Quero ler faz um tempo, por isso li apenas suas impressões. Por saber que ele vai falar sobre reviravoltas e mistérios, me ganhou! Sempre confio na sua opinião, porque não vou me arrepender de comprar as obras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Faces, a Dark está sempre arrebentando, aposto que vai adorar!

      Excluir
  16. Yvens, meu querido. Sua resenha fez com que esse livro entrasse em minha lista de futuras compras...vi muito marketing e mistério sobre o enredo,isso me deixa curiosa demais com um livro...o enredo policial me atrai demais...

    :D
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha amiga, fico feliz com esse seu comentário. O livro de fato é muito bom, pode comprar quando surgir a oportunidade!
      Bjuss

      Excluir
  17. Confesso que não sou muito do tipo que ler thiller policial, mas esses especificamente me chamou muita atenção e lendo sua resenha eu fiquei ainda mais interessada e curiosa em ler.
    Espero ter a oportunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Déborah, é um ótimo thriller policial, pode ser sem medo!
      Bjuss

      Excluir
  18. Oi, Yvens :)
    Bom, diferente do último livro da DarkSide com essa pegada pesada, que li somente as críticas, essa obra da Andrea me parece ser bem estruturada e chocante, sem fugir dos temas que ela quer abordar, sem criar cenários contraditórios.
    É muito difícil abordamos os relacionamentos abusivos até pq não tivemos um, e se tivemos não será idêntico ao caso do outro, mas o sentimento de apreensão e sem saber o que vai ocorrer é inerente a todos. Só de ler as suas impressões eu já fiquei agoniado pela Janete que parece sofrer bastante, e silenciosamente.
    Fico feliz em ver que a autora era do mundo da policial e que traz a tona os mecanismos ocultos usados nos tratamentos dos casos.
    Sem dúvidas eu desejo ler essa obra um dia.
    Como sempre, a DarkSide arrasou na edição física. Eles até podem publicar enredos não tão bons, mas que arrasam nas edições isso eles arrasam! 💙
    Parabéns pela resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruno, adorei os seus comentários, excelente!
      Sim, nunca passamos por essas experiências, ao menos eu não!
      O livro é forte, envolvente e a edição é muito bonita e bem feita, a Dark como sempre arrasando!
      Abraços!

      Excluir
  19. Olá!
    Eu já tinha visto esse livro em outros blogues e sempre fiquei curiosa para conhecer a história de Verônica. Como ela achou o assassino e como foi feita toda investigação.
    Amei a sua resenha e espero pode ler esse livro em breve.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Suelen, fico feliz que tenha gostado da resenha. Bom Dia, Verônica é um livro muito bom, espero que você possa ler!
      Bjuss

      Excluir