[RESENHA #167] FORREST GUMP - WINSTON GROOM - Saga Literária

Novidades

quarta-feira, janeiro 25, 2017

[RESENHA #167] FORREST GUMP - WINSTON GROOM


Título: Forrest Gump
Autor: Winston Groom
Editora: Aleph
Páginas: 392
Ano: 2016
ISBN: 9788576573470
Onde Comprar: Amazon - Submarino

Sinopse: Forrest Gump é um idiota. Ou ao menos é assim que a sociedade o considera. Estigmatizado por seu QI baixo, Forrest não acredita ter nascido para grandes feitos. Mas as situações em que se envolve desde a juventude são tudo, menos comuns. Ainda na escola, o jovem gigante do Alabama é promovido a prodígio do futebol americano, em um primeiro sucesso que rapidamente o leva a outras aventuras. Do Vietnã à China Comunista, da Nova Guiné a Hollywood e até no espaço, inusitadas circunstâncias vão guiando Forrest em uma trajetória de vida impressionante e nada corriqueira. A obra chega às livrarias com acabamento em capa dura, 13 ilustrações de Rafael Coutinho - ilustrador, desenhista, quadrinista e fã da obra - e um ensaio comparando o livro à sua adaptação cinematográfica, feito pela francesa Isabelle Roblin - professora da Université du Littoral Côte d'Opale. Também merece destaque a capa dupla-face: uma sobrecapa de papel, com impressão em ambos os lados, que permite ao leitor escolher o seu design favorito. A capa é de Pedro Inoue, o mesmo artista de 2001: Uma Odisseia no Espaço e a da edição comemorativa de 50 anos de Laranja Mecânica.

Resenha: Eternizado no cinema, Forrest Gump foi lançado em 1994 e estrelado por ninguém menos que Tom Hanks nos anos que compreendem o seu auge artístico. O filme vencedor de seis estatuetas do Oscar, talvez seja uma das poucas adaptações que seja mais famosa que a obra literária.

"Deixa eu te dizer uma coisa: ser idiota não é nenhuma caixa de chocolates." p. 9.

Na obra literária de Winston Groom vamos acompanhar Forrest Gump, um idiota, ao menos é o que as pessoas o chamavam e essa definição foi dada através de um diagnóstico médico, no qual ficou constatado que seu QI é abaixo da média. Dessa forma, Forrest estaria fadado a levar uma vida simplória, sem grandes conquistas ou significados, mas vemos que não é bem assim.

Quando Forrest estava na adolescência, sem nenhuma expectativa, um fato inesperado acontece, o jovem com seu porte físico alto e forte, foi recrutado para jogar futebol americano por um treinador universitário. Na universidade de Alabama ele foi matriculado em algumas matérias, todavia não se mostrou capaz para concluir a maioria delas, demonstrando facilidade apenas nas matérias que exigiam resoluções de cálculos complexos.

Forrest mesmo possuindo algum estrelato e fama nos campos de futebol americano, o que não o salva de ser expulso da universidade devido suas notas baixas. Após a expulsão, Forrest é recrutado para o exército, onde passa por treinamentos para servir na Guerra do Vietnã.

"Uma das explosões fez um monte de merda ser jogada na nossa fossa, e a merda toda acertou os rapazes do otro lado e eles começaram a gritar e berrar e sangrar e se esfregar. Ficou bem claro que a fossa não era um lugar seguro pra se esconder." p. 77.

Suas aventuras não param no Vietnã, pois ele acaba por conhecer países e líderes de países como os EUA e a China. Devido suas aventuras e algumas condutas inapropriadas que acaba praticando, ele é obrigado a participar de uma viagem ao espaço pela NASA, onde conhece uma astronauta e um macaco macho conhecido como Sue, porém ao voltar do espaço sua nave acaba por cair em Nova Guiné, onde precisa por quatro anos viver em uma tribo canibal, onde aprende a jogar Xadrez com o líder da tribo.

"Durante a minha vida inteira, eu nunca tinha entendido nada do que tava aconteceno. Uma coisa simplesmente acontecia. Depois otra, e depois mais otra, e assim por diante, e na metade do tempo nada fazia sentido." p. 101.

Após conseguir sair da tribo ele volta para os EUA, onde novas aventuras e reencontros acontecem, além de obter é claro, sucesso e reconhecimento em outras áreas, como participar de quedas de braço, wrestling ou mesmo criando camarões, tudo isso enquanto tenta viver e conquistar um grande amor.

Opinião: Forrest Gump filme e livro são mídias distintas, ambas de muita qualidade, porém ao terminar de ler a obra de Winston Groom eu fiquei com um gostinho de quero mais. A leitura foi extremamente prazerosa e divertida, Groom conseguiu me envolver, os capítulos voavam conforme eu avançava na leitura.
O autor nos apresenta um período a história de Forrest desde a sua infância até a sua fase adulta, próximo de completar 40 anos de idade e em meios as diversas mudanças e aventuras, diversos personagens coadjuvantes são apresentados como o macaco Sue, Jenny, Dan, Bubba, entre outros.
Achei muito boa a construção de Forrest, que é um personagem extremamente julgado e é claro, de forma errônea. Ele faz aquilo que deseja, que acha o correto, porém muitas vezes faz as coisas para agradar os outros. Uma reflexão que pude ter com o personagem é nunca se acomodar, independente das dificuldades que possam aparecer.
Forrest Gump é um livro que traz uma mensagem importante, nos ensinando que é possível ser feliz diante das adversidades, que é possível realizar sonhos mesmo que os caminhos estejam repletos de obstáculos, que devemos acreditar em nós mesmo, ainda que haja desconfiança ou falta de fé das outras pessoas em nossas capacidades. 
Groom aborda temas como preconceito com pessoas especiais em Forrest Gump, levanta questionamentos como a futilidade da Guerra do Vietnã, satiriza instituições e alguns momentos da história dos EUA. Eu recomendo a leitura de Forrest Gump pela leveza e diversão apresentada, bem como pelos aspectos que nos leva para o campo da reflexão.
A Editora Aleph para comemorar os 30 anos da obra, publicou essa linda edição, um projeto gráfico magnífico, repleto de detalhes, edição em capa dura na cor branca e com banco característico do filme. O livro conta com uma jacket dupla face, cores azul e vermelha. As ilustrações foram realizadas por Rafael Coutinho e ficaram bem legais. As folhas são amareladas e as fontes estão na cor azul. Eu posso tranquilamente falar que é a edição mais bonita que a Aleph já publicou e certamente uma das mais bonitas que já vi na vida!

7 comentários:

  1. Oiii Yvens, tudo bem?
    Que livro mais lindo menino, fiquei apaixonada mesmo por essa capa e pelo filme já sou louca, imagino e tenho certeza que a obra vai dar de 10 a 0, ótima resenha.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha amiga, tudo bem?

      Sim, o livro é lindo (edição e a história apresentada). Eu já gostava do filme, agora com o livro, gostei ainda mais do personagem Forrest Gump!
      Bjuss

      Excluir
  2. Geeente! A edição ficou lindíssima, muito caprichada!
    Confesso que não sabia da existência do livro até pouco tempo atrás e ainda não assisti ao filme inteiro pois não sabia do que se tratava, mas agora fiquei bem interessada em ambos.
    Gosto demais de livros e filmes que trazem essas lições de não se acomodar e acreditar na gente quando ninguém mais acredita.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. TU NÃO IMAGINA o quanto tô ansiosa pra receber meu exemplar... namorado o portão de casa há dias na espera do carteiro HAHAHAH
    a edição está um primor, realmente...sou apaixonada pelo filme e mesmo com as diferenças nos formatos, acredito que vou curtir demais a leitura dele...
    amei tua resenha <3
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Que coisa mais linda!
    Eu assisti o filme e me emocionei demais, tanto com a historia, quanto com a interpretação de Hanks. Tenho que concordar, é tudo magnifico e encantados. Esse livro sem duvida irá para minha lista de desejados. Aliás, Ótima resenha!

    abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  5. Forrest Gump é um dos meus filmes favoritos da VIDA!
    O mais surreal é que eu amo esse filme e sou uma leitora voraz e apesar disso EU NÃO SABIA QUE O FILME ERA UMA ADAPTAÇÃO LITERÁRIA!!! Estou passada.
    Pela sua resenha o filme e o livro são obras distintas, então preciso ler o livro não é mexxxmo?
    Obrigada pela super dica e parabéns pela resenha, as fotos ficaram sensacionais e os quotes que você selecionou ficaram ótimos.
    Abs ^^

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ver filmes e nunca assisti esse, nem sabia sobre o livro e embora não seja bem meu estilo de leitura, eu fiquei bem curiosa. Achei a premissa interessante, parece ser uma leitura bem divertida, mas além disso que aborda bons temas e traz algumas reflexões. Enfim, gostei muito da sua resenha, vou marcar a dica e espero ler em breve.

    Beijos :*

    ResponderExcluir