06/02/2017

[RESENHA #173] A TRAIÇÃO AO IMPERADOR (ELRIC DE MELNIBONÉ #1) - MICHAEL MOORCOCK


Título: A Traição ao Imperador (Elric de Melniboné #1)
Autor: Michael Moorcock
Editora: Generale (Évora)
Páginas: 184
Ano: 2015
ISBN: 9788563993960
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: A história de Elric de Melniboné, o imperador albino e feiticeiro, é uma das grandes criações de fantasia moderna. Um fraco e introspectivo escravo de sua espada, Stormbringer, ele é também um herói cujas aventuras e andanças sangrentas levam-no, inevitavelmente, a intervir na guerra entre as forças da lei e do caos. Um clássico do gênero espada e feitiçaria. Neste livro, Elric enfrentará a ameaça ao império de Melniboné e transitará entre o uso da magia e seus princípios morais, que o impedem de tomar algumas decisões. Além disso, sua amada Cymoril encontra-se em perigo, e ele não medirá esforços para salvá-la.

Resenha: Elric é imperador do reino de Melniboné, que em seus tempos áureos tinha uma força colossal, infligindo terror em todos os outros reinos, porém sob o governo de Elric e já sofrendo um declínio, não é mais um reino temido como em outras épocas. Elric de Melniboné, ao contrário dos seus antepassados, não é um bárbaro. Albino, possui cabelos brancos, mesmo sendo  saúde é debilitada e apresenta olhos vermelhos como sangue. 


"Sua pele ter a cor de um crânio esbranquiçado; e o longo cabelo que escorre abaixo dos brancos é branco como leite. Da cabeça afilada, dois olhos oblíquios observam, rubros e taciturnos, e das mangas largas de seu manto amarelo emergem duas mãos esguias, também da cor de ossos, descansando cada uma em um braço de uma cadeira esculpida em um único e enorme rubi." p. 9.

Ao contrário dos seus predecessores, o jovem imperador é um grande estudioso e dedicado a arte da feitiçaria, apresenta um padrão de moral diferente dos seus súditos, isso por se entregar aos estudos da filosofias, cada vez mais humanas. Tais conhecimentos são vistos como uma fraqueza de espírito por parte de seus seguidores, principalmente por Yyrkoon, primo de Elric e irmão de Cymoril, mulher amada e desejada pelo imperador para ocupar o Trono de Rubi ao seu lado.

"Não que Elric fosse desumano. Ele era o que era. Um melniboneano, acima de tudo." p. 35.

Elric conta com o amor de Cymoril e do amigo e general Dyvim Tvar, mas por outro lado, Yyrkoon o odeia e deseja o trono de Melniboné, aproveitando-se do ataque à cidade de Imrryr na Ilha do Dragão, faz de tudo para ocupar o trono, mas uma reviravolta o faz fugir do reino de Melniboné, levando junto sua irmã Cymoril, o grande amor de Elric.

"Elric entrou em uma sombra e encontrou-se em um mundo de sombras. Ele se virou, mas a sombra, através da qual entrou, se desfez e desapareceu." p. 143.

Diante da perda e da traição, o imperador parte em busca de vingança, embarcando por um aventura que o leva pelos reinos jovens e um mundo totalmente novo em que irá enfrentar desafios inimagináveis. Para obter sucesso, Elric vai contar com aliados perversos e também com poderes do Caos.
Opinião: A Traição ao Imperador é uma obra introdutória, mas que apresenta conspirações, batalhas e muita aventura. Ao longo da história, Michael Moorcock insere na trama objetos mágicos, criaturas demoníacas, seres elementares e dragões, seres que enriqueceram a obra.
A trama foi bem construída e a leitura foi bem agradável. Os personagens não foram profundamente explorados, mas foram bem construídos, Elric por vezes é ambíguo, oscilando entre a calmaria e momentos de fúria. É interessante ver Elric lutando para mudar o espírito, os usos e costumes do seu reino através dos seus atos e pensamentos, pois ele tenta introduzir a bondade e senso de justiça em Melniboné, que se caracteriza pela individualidade, luxúria, riqueza e violência. 
Moorcock nos presenteia com uma obra sem clichês. A Traição ao Imperador foi escrito na década de 70, é considerado um clássico no gênero fantasia e faz parte do multiverso concebido pelo autor. É previsto para esse ano de 2017 o próximo volume da série.
O selo Generale (Ed. Évora) nos apresenta uma bela edição em capa dura, folhas amareladas, fonte em tamanho confortável. Os capítulos são relativamente curtos e apresentam ilustrações em marca d'água de uma espada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM

Publicações Recentes

recentposts

Publicações Populares