17/02/2017

[RESENHA #178] O JOGO PERFEITO (O JOGO PERFEITO #1) - J.STERLING


Título: O Jogo Perfeito #1 (The Game Series)
Autor: J.Sterling
Editora: Faro Editorial
Páginas: 224
Ano: 2014
ISBN:  9788562409165
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Conta a história de dois jovens universitários, Cassie Andrews & Jack Carter. Quando Cassie percebe o olhar sedutor e insistente de Jack, o astro do beisebol em ascensão, ela sente o perigo e decide manter distância dele e de sua atitude arrogante. Mas Jack tem outras coisas em mente ... Acostumado a ser disputado pelas mulheres, faz tudo para conseguir ao menos um encontro com Cass. Porém, todas as suas investidas são tratadas com frieza. Ambos passaram por muitos desgostos, viviam prevenidos, cheios de desconfianças, antes de encontrar um ao outro, (e a si mesmos) nesta jornada afetiva que envolve amor e perdão. E criam uma conexão tão intensa que não vai apenas partir o seu coração, mas restaurá-lo, devolvendo inteiro novamente.

Resenha: O Jogo Perfeito é um romance que conquista pelo amor cheio de medos e promessas que não podem ser cumpridas por Cassie e Jack.

Jack Carter é um arremessador estrela do time de beisebol da universidade de Fullton State e mulherengo de carteirinha. Nunca fica com a mesma mulher por duas vezes. Sua filosofia de vida é usar sem se apegar. Isso muda quando seu caminho se cruza com o da caloura Cassie Andrews, estudante de fotografia.

Cassie é uma jovem que tem medo de confiar nas pessoas. Medo que se baseia nas promessas não cumpridas por seu pai. Ele nunca cumpre com sua palavra, principalmente no quesito de reembolsar as despesas pagas pelos pais de Melissa – melhor amiga de Cassie – com sua filha na faculdade. Ela não consegue abandonar esse fantasma da desconfiança e evita se relacionar para não se decepcionar. Até que conhece o encantador Jack Carter.

"Examinei a multidão e me detive, de repente, num par de olhos deliciosos, cor de chocolate. O fato de que os olhos pertenciam a um dos rostos mais belos que já vi era meramente bônus. O rapaz passou os dedos pelos cabelos negros até que eles alcançassem o rosto bronzeado. Sorriu de forma preguiçosa para mim, e eu senti um arrepio percorrer meu corpo." p. 9.

Os olhares de Cassie e Jack se encontram numa festa da faculdade, na qual o jovem se encanta com a beleza e indiferença da loira, alta, magra e fria que parece ignorar seus encantos e sorriso sedutor. A jovem foi avisada por sua amiga que se envolver com o arremessador é cilada, então ela opta por evita-lo, porém Cassie desperta algo novo em Jack e isso dar início a um jogo de conquista e insistência delicioso e divertido.

Os dias passos e a insistência de Carter em convidar Cassie para sair passam a chamar atenção de todos, principalmente do irmão de Jack, Dean, porque seu irmão nunca convidara nenhuma mulher para sair e muito menos insistir que ela aceite seu pedido. Seria Cassie diferente de todas as outras? Sim, porque ela acaba aceitando o convite só para saber qual a intenção de Jack com ela e também – mesmo não querendo admitir – está tentada a se entregar para o charme dele.

“Sua paixão é inspiradora. Não consigo viver sem o jeito de você costuma ver o mundo.”

Eles saem e a paixão acende rapidamente. Jack conta algumas coisas de seu passado, como o abandono de seus pais com ele e seu irmão e a ferida que está em seu coração com essa atitude cruel deles. Nesse momento nasce um laço mais profundo entre ele e seus corações se ligam e tornam-se namorados.

O namoro engrena, mas como a “fama” de Carter não é uma das melhores quando o assunto é mulheres, Cassie é alvo de fofocas e “brincadeiras” sem graça de pessoas que tentam a todo custo acaba com seu relacionamento com Jack. Ela se abala em alguns momentos, mas sua amiga Melissa e Dean sempre a estimulam a confiar em Jack, porque ela é o fator modificador na vida dele.

Jack é contrato para um time no norte da Califórnia. Agora ele faz parte da Liga Profissional de Beisebol e terá que viajar muito e passará longos períodos longe de sua gatinha – o apelido que ele deu para Cassie – e terá que ela pode confiar nele. É num desses momentos longe dela que Carter acaba com cometendo um deslize que pode comprometer seu relacionamento com a mulher da sua vida?

O que será que Jack aprontou? Será que Cassie perdoaria o que Carter cometeu? A confiança pode ser reconquistada depois de uma quebra de promessas? Será que podemos realmente cumprir tudo que propomos a fazer?

Opinião: Jack Carter pode ser um dos homens mais babacas que você pode se deparar nos romances, mas se tiver um pouco mais de paciência verá que ele é um homem que teve uma grande ausência quando o assunto é família. Não é todo mundo que consegue superar que seus pais abandonaram seus filhos e os deixaram serem criados por seus avós. Ele tem uma natureza agressiva, porque “apanhou” demais da vida e cultiva a filosofia que a melhor defesa é o ataque e somente quando é tomado pelo amor a Cassie é que tem contato com a redenção que tanto almejava.
Cassie Andrews é uma daquelas jovens que tem medo de confiar na própria sombra, porque teve um pai que não sabia o real peso da palavra Promessa. Seu relacionamento paternal influencia demais suas relações e isso muitas vezes deixa seu namoro em sérios apuros, porque ela acredita fielmente que Carter pode traí-la a qualquer momento.

Uma das coisas que mais gostei no livro é amizade de Melissa com Cassie. Melis é bem madura e consegue enxerga os sentimentos da amiga com mais clareza e sempre dar conselhos bem sensatos e em outros momentos acaba sendo a própria consciência de Cassie, porque ver que sua amiga está sendo levada por fantasmas do passado e não por fatos concretos.

Destaque também para Dean que é um amor de pessoa mesmo sendo sem noção algumas vezes. No começo do livro, achei que ele seria aquele irmão invejoso que idolatra o irmão mais velho, mas no fundo quer que ele se dê mal. Porém, com o tempo ele mostrou ser amável e sensato em tudo. Até parecia mais experiente e sábio que Jack e isso deixam seus diálogos engraçados quando os dois conversavam durante o desenrolar do enredo.

Confesso que no começo da leitura achava que me depararia com um romance juvenil bem clichê, mas não. A autora foi sucinta na abordagem, no quesito dramático e deu mais atenção aos sentimentos dos personagens, mostrando que na maioria das vezes somos levados a sermos egoístas e pensar que julgar o outro de forma precipitada é autopreservação.

A capa desse livro e do outros dois não me chamaram a atenção, por mais que os modelos pareçam demais com Jack e Cassie. Não gosto de rostos em primeiro plano nas capas. A fonte do livro é maravilhosa, porque é grande e confortável para meus olhos míopes rs. Os capítulos são narrados por Cassie e Jack. Na proporção de dois capítulos de Cassie e depois um de Jack, assim conhecemos as visões de ambos e facilitando nosso julgamento diante os acontecimentos.
O Jogo Perfeito é o primeiro livro da série The Game Series e sem sombra de dúvidas é um clichê que cativa rapidamente pela não dramatização dos personagens e o foco no amadurecimento do casal e mostrando um mundo não conhecido por mim: o Beisebol.

Recomendo esse livro para aqueles leitores que adoram ter emoções conflituosas durante a leitura; que vai desde amar e odiar os personagens, torcer para eles pararem de “mimimi”, desejar que fiquem juntos e chorar quando os corações partidos surgem.

13 comentários:

  1. Oi! Eu li esse livro e mesmo tendo gostado, muitas coisas me incomodaram, como o fato dos dois terem se relacionado muito rápido. Claro que a Cassie ficou dando uma dura nele, mas de repente, o Jack muda de mulherengo para romântico do nada. Ficou muito falso isso kkk
    mesmo assim, eu ainda quero ler os outros!
    Beijo, Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá linda,

      Também achei muito rápido esse envolvimento deles e principalmente, a mudança de Jack tão absurda, mas acabei gostando deles demais e espero que o segundo seja maravilhoso.

      Beijos!

      Excluir
  2. Tinha visto a capa desse livro muitas vezes, mas não sabia do que se tratava. Mesmo que a história tenha me feito lembrar de um livro que eu li, fiquei bastante curiosa em conhecer a história de Jack e Cassie. Ótima resenha, bjss!

    ResponderExcluir
  3. Oieeeee eu adoro livros assim... E quando a J. Sterling veio para a BIenal peguei o primeiro para conferir.
    Apesar de algumas pessoas reclamarem do comportamento dele, eu achei um livro bem gostosinho.
    E sua resenha ficou adorável.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Não curti muito a pegada do livro, o fato da mocinha ser muito insegura me incomodou bastante. Não conhecia a série, mas não sei se leria. Fico feliz em saber que apesar dos pós e contras a leitura te agradou.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Não conhecia essa obra, mas pela sua resenha parece ser um livro cheio de emoções e com uma carga bem pesada. Infelizmente não consegui me interessar o suficiente para uma leitura, não gosto tanto de personagens indecisos e por isso fico com um pé atrás. De qualquer forma, foi bom conferir sua resenha.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  6. Ola lindona amo esse livro, assim como adoro a forma como os protagonistas mudam de postura e crescem muito no decorrer do livro e de toda história, com certeza essa é uma de minhas séries favoritas. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Infelizmente, dessa vez, o livro não me desperta nenhuma atenção, sei lá não paciência para personagens como esse carinha, e menos ainda para essa desculpa de ter 'apanhado' da vida, então vou passar a dica de hoje.
    Mas de qualquer forma fico feliz que a leitura tenha te conquistado e que autora tenha conseguido fujir dos clichês.

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu boa conhecia o livro e infelizmente ele não me ganhou. Não consegui sentir interesse em lê-lo, ele me parece muito clichê mesmo você afirmando que não é apenas isso. Quem sabe em um outro momento role! Mas parabéns por tua resenha, ficou ótima e completa!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  9. Oi, Jô.
    Estive em um evento com a autora no ano passado e ganhei os três livros da série.
    Estou doida para ler essa trilogia! A autora é tão simpática que já gostei!! hahahaha
    Adoro um bom clichê!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  10. Oiii!!

    Eu não conhecia muito do enredo, achei ele bem ok. Nada muito diferente do que estamos acostumados não é? Mas parece ser uma história envolvente e isso é muuuito bom.
    Dica anotada!

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  11. Não acho que um histórico de abandono seja motivo pra ser babaca, mas enfim... Pelo menos o cara melhora. Mas tem algo que me incomoda mais: a presença de mimimi e do beisebol. Não sou ligada em nenhum esporte e normalmente a presença deles em tramas prejudica minha leitura.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Fiquei bem interessada em ler esse livro. Também confesso que achei que se tratava de um romance juvenil, que bom saber que não é! Adorei a sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir

INSTAGRAM

Publicações Recentes

recentposts

Publicações Populares