[RESENHA #201] O CASO DA MENINA SONHADORA - DANIEL MARTINS BARROS - Saga Literária

Novidades

segunda-feira, março 20, 2017

[RESENHA #201] O CASO DA MENINA SONHADORA - DANIEL MARTINS BARROS


Título: O Caso da Menina Sonhadora
Autora: Daniel Martins de Barros
Editora: Panda Books
Páginas: 88
Ano: 2016
ISBN:9788578886110
Onde Comprar: Amazon - Americanas

Sinopse: Bárbara estava intrigada: por que ela sentia sono durante a leitura de um livro? Para resolver esse mistério, Sherlock Holmes surge nos sonhos da garota e a leva para dentro dos clássicos contos da carochinha para compreender os segredos da mente humana. Autor de O caso da menina sonhadora, Daniel Martins de Barros é médico psiquiatra e jura que a medicina e as histórias de detetive têm tudo a ver! O livro discute o funcionamento dos sonhos e outros recursos da mente humana, misturando informação à narrativa ficcional. Cada vez que adormece, a personagem cai em um conto de fadas diferente, e Sherlock Holmes aparece para explicar algum aspecto relativo à ação do cérebro.

Resenha: Daniel Martins de Barros nos presenteia com uma história infantil que nos ensina muitas funções da mente, além de processos que ocorrem em nossos cérebros. 

Bárbara é uma menina esperta e apaixonada por livros. Sua mãe sempre leu contos infantis que trazem nossos velhos conhecidos “Era uma vez” e “Felizes para sempre” e ficava alegre com essas leituras. Ela cresceu mais um pouco e começou a ler sozinha. Só que um problema acabou alertando sua curiosidade: Por que toda vez que chegava à parte mais interessante do livro ela dormia? Simplesmente desmaiava de sono e ficava sem saber o desenrolar da história.

Ela decide pedir ajuda ao maior investigador da história: Sherlock Holmes. Elementar, meus caros leitores...Quem mais poderia ajudar nossa menina inteligente?! Bárbara planeja ler os livros de Sir Arthur Conan Doyle e assim nos seus sonhos conseguir falar com o famoso detetive da Baker Street 221B.

O plano dar certo e ela para na sala do nosso detetive e logo convence Holmes a investigar a causa estranha de seu sono repentino durante suas leituras. Começa aqui uma aventura diária de Bárbara e Sherlock atrás de respostas satisfatórias que denunciem os motivos da mente da menina se desligar sem antes avisar sua dona.

Será que nosso famoso detetive conseguirá achar a solução do problema de Bárbara? Por que será que a mente da garota se desliga automaticamente? Será mais um caso famoso de Holmes?

Opinião: Bárbara é uma criança como todas as que temos contato diariamente. Ela é sapeca e inteligente, mas tem problemas de cumprir com suas tarefas escolares e quando se encontra com Sherlock, acaba aprendendo a necessidade da disciplina e o valor da educação que sua mãe cansa em lhe ensinar.
A história é para crianças não há dúvidas, todavia temos uma construção narrativa que abraça e convida qualquer público, porque explica complexos processos cerebrais que são desconhecidos por grande parte das pessoas de forma simples e irreverente. O autor passeia pelos mecanismos de nossas mentes e explora aqueles que são ligados as atividades banais, como a leitura e as atividades domésticas.

Sherlock tem a figura de tutor e professor na narrativa e a conservação da personalidade do personagem me deixou bem feliz, porque para quem não sabe li e reli diversas vezes os livros que falam desse detetive e além de ser meu personagem favorito e consegui identificar caraterísticas fundamentais do jeito de Holmes no livro foi uma surpresa agradável.
Nossa personagem percorrer diversos cenários que tem como plano de fundo, histórias da Carochinha, como Os Três Porquinhos, Branca de Neve e os Setes Anões e João Maria que acabam mostrando que nossas velhas conhecidas narrativas infantis são essenciais para ensinar valores e lições de vida.

A capa e as ilustrações da obra são uma fofura e um trabalho bem delicado e de ampla qualidade, porque traduzem a essência do texto e de nossos personagens, além de folhas amarelas e uma fonte agradável.
O Caso da Menina Sonhadora é um livro aparentemente infantil, mas que serve para qualquer pessoa que tem curiosidade pelos mecanismos que envolvem nosso cérebro ou uma paixão pelo inesquecível detetive londrino Sherlock Holmes.

13 comentários:

  1. Oi Jô!
    Que livro bacana. Gosto bastante de livros infantis com lições por trás. Achei bem gracinha o enredo e vou indicar para minha tia. O filho dela está começando a ler agora e seria. Bom questionamento para ele: porque durmo na melhor parte? Haha
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Menina que nostalgia, me deu uma saudade do tempo que eu ia na biblioteca da escola pegar esse tipo de livro para ler, me deu uma vontade imensa de ler um livro infanto-juvenil novamente, com uma história leve. E eu amei esse livro, parece ser uma gracinha e uma delícia de ler. Vou procurar <3

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  3. Que legal!!!
    Achei muito interessante a premissa desse livro. Estranho mesmo ela dormir assim, também ficaria intrigada...hehe

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu ainda não conhecia essa obra, mas isso leva em consideração o fato deu não conhecer bem o catálogo da editora. Eu sou muito fã de livros assim nessa epgana mais para crianças e jovens e sempre procuro ler um. Esse sem dúvidas eu iria gostar bastante e sem contar que o mesmo é bem curtinho. Adorei ler suas opiniões a cerca da obra. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jô!
    Nossa que história incrível, hein.
    Explicar os processos do nosso cérebro e mente de maneira simples que uma criança entenda é fascinante. E quanto a Sherlock, é certeza de sucesso esse personagem. Eu amo demais também.
    Poxa, realmente me interessei pela história. Com tantos cenários, deve ser divertidíssima a leitura. Vou anotar para uma leitura com a minha filha.

    Beijinhos.
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Não conhecia a obra, porém achei a premissa muito única e intrigante, fiquei curiosa sobre o porquê de a protagonista não conseguir ler sem dormir e ainda mais que é o Sherock Holmes que a ajudará a desvendar o mistério. Livros infantis são muito levinhos e fáceis de se ler, gosto muito de livros do gênero depois de uma ressaca ou quando quero ler algo mais agradável. Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Achei a trama do livro bem interessante e original, mesmo eu me incomodando com algumas obras infantil-juvenis eu acho que daria a oportunidade para essa história, fiquei bastante curioso e adicionei na minha lista de quero ler! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?
    Eu gostei muito da sua resenha e mais ainda, da forma como o autor introduziu Sherlock na obra - que pela forma que você falou, foi muito bem feita.
    Curto histórias envolvendo crianças, então provavelmente vou ler essa, só não sei quando.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Adorei a resenha e as fotos
    Que livro mais fofo!
    Vou anotar a dica e repassar
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Adorei a temática da obra, parece uma ótima leitura para quem está na "ressaca".
    Dica anotada, um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Amei essa premissa, me vi lendo a história para minha filha. Fiquei encantada, de cara, com a personagem. Amei a capa, obrigada pela dica! Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Eu amo livros infantis, principalmente esses que explicam sitauções, e nos envolvem com cenários bem descritos, não conhecia o livro e já vai para lista de leitura. ótima dica. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  13. Adorei demais isso, um livro infantil com a participação de Sherlock Holmes que ainda agrega conhecimentos! Vou querer um pra mim e vários filhos de amigos e parentes vão ganhar os deles também... rs...

    ResponderExcluir