[RESENHA #207] A MENINA QUE NÃO ACREDITA EM MILAGRES - WENDY WUNDER - Saga Literária

Novidades

sábado, março 25, 2017

[RESENHA #207] A MENINA QUE NÃO ACREDITA EM MILAGRES - WENDY WUNDER



Título: A Menina Que Não Acredita Em Milagres
Autora: Wendy Wunder
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288

Ano: 2017
ISBN: 
9788581638126
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Campbell tem 17 anos. Ela não acredita em Deus. Muito menos em milagres. Cam sabe que tem pouco tempo de vida, por isso, quer viver intensamente e fazer tudo o que nunca fez no tempo que lhe resta. Mas a mãe de Cam não aceita o fato de perder a filha, por isso, ela a convence a fazer uma viagem com ela e a irmã para Promise - um lugar conhecido por seus acontecimentos miraculosos. Em Promise, Cam se depara com eventos inacreditáveis, e, também, com o primeiro amor. Lá ela encontra, finalmente, o que estava procurando mesmo sem saber. Será que ela mudará de ideia em relação à probabilidade de milagres?

Resenha: A Menina que Não Acredita em Milagres (The Probability of Miracles) é o primeiro romance de Wendy Wunder e foi publicado recentemente pela Editora Novo Conceito.

Nesse livro vamos acompanhar a história de Campbell ou simplesmente Cam, uma jovem de 17 anos, cética e que não acredita em Deus. Em sua vida, tudo deu errado e agora ela está morrendo, pois está com um câncer extremamente agressivo. Cam chega em um estado da sua vida que aceita a doença terminal, desejando continuar a sua rotina longe dos hospitais e com aquela falsa esperança pela vinda de um milagre.

Enquanto Cam convive com o ceticismo e a falta de fé, ela acaba encontrando uma lista de coisas para serem feitas antes de morrer, a que ela dá o nome de lista do flamingo, nome que surgiu graças a uma brincadeira que fez com a sua melhor amiga.

"É assim que era ficar de coração partido. Era menos uma rachadura no meio e mais como se o tivesse engolido inteiro e ele fosse parar, ensanguentado e machucado, no fundo de seu estômago." p. 132.

Diante da saúde apresentada por Cam, juntamente com o ceticismo e a falta de fé apresentada por ela, sua mãe Alicia e sua irmã Perry decidem lutar por Cam e não estão dispostas a desistir dela. Sua mãe resolve levá-la para Promise, um lugar que é conhecido como a cidade dos milagres, em busca de uma cura para a jovem.

Se Cam vai conseguir encontrar a cura para a sua doença ou não, ela pouco se importa com isso, pois tudo parece ser uma grande e última aventura ao lado das pessoas que ama, antes do seu fim. Porém durante sua trajetória até Promise, ela reencontra com a sua avó Nana.

Em Promise, Alicia começa a notar uma melhora no estado de saúde da sua filha, que apesar de viver mal-humorada em grande parte do tempo, começa a de fato viver como uma adolescente normal, conseguindo até se enturmar. É nessa nova cidade que Campbell conhece Asher, um rapaz marcante que vai fazer parte da sua vida.

"Fazia dois dias que ela fizera a lavagem estomacal e toda aquela experiência a fizera recuar um pouco. Ela se acostumara a certas mordomias desde que chegara a Promise." p. 198.

Com o passar do tempo, as três mulheres começam a se acostumar com a vida no Maine e Cam até consegue um emprego, as coisas vão melhorando aos poucos, mas a dúvida que paira no ar é se Cam terá tempo suficiente para acompanhar um milagre de fato.

Opinião: A Menina que Não Acredita em Milagres é uma história simples, porém significativa, que através de uma narrativa delicada e leve, temperada com bom humor e muito bem escrita por Wendy Wunder, mexe com os leitores mais sentimentais, demonstrando um período cheio de possibilidades na vida de Cam, que deu as costas para coisas importantes na vida, como a esperança e o amor. 
Cam é uma personagem interessante, é fofa e corajosa, apesar de todos os problemas enfrentados, em certa fase da sua vida se sente viva e disposta a fazer novas amizades. É muito bonito e tocante o amor que Cam tem pelos animais. Wendy criou um lindo romance, onde existe paixão e amor, algo que vemos na relação entre Cam e Asher, passando os dias juntos e tentando aproveitar cada minuto que a vida lhes dá para fazerem juntos diferença em suas vidas.
A Menina que Não Acredita em Milagres é também um livro sobre família, sobre a união e a força que podemos dar para nossos familiares que tanto amamos, nos demonstrando que se alguém jogar a toalha para o alto e entregar os pontos, devemos lutar juntos, correr atrás dos sonhos e objetivos, apoiando uns aos outros e se preciso renunciar a própria felicidade, como é o caso Alicia, que praticamente abdica da sua vida em prol da felicidade de sua filha.
Recomendo a leitura de A Menina que Não Acredita em Milagres para todos os leitores e leitoras que estão procurando um história mais profunda e reflexiva, pois apesar dos momentos em que a narrativa tem toques cômicos, as mudanças que ocorrem com Cam nos faz refletir sobre a vida.
Essa edição está maravilhosa, a capa ficou linda. A obra vem com folhas amarelas e os erros de revisão beiram ao zero. Ao início de cada capítulo, percebemos flamingos voando, algo muito fofo, um amor na verdade. A Editora Novo Conceito está de parabéns pelo trabalho que apresentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário