[RESENHA #208] ALENA - KIM W. ANDERSSON - Saga Literária

Novidades

segunda-feira, março 27, 2017

[RESENHA #208] ALENA - KIM W. ANDERSSON


Título: Alena
Autor: Kim W. Andersson
Editora: Avec
Páginas: 120
Ano: 2017
ISBN: 9788567901671
Onde Comprar: Amazon - Avec

Sinopse: A vida de Alena é um inferno. Desde que começou a estudar em um colégio cheio de colegas esnobes, ela sofre bullying de Filippa e das outras meninas do time de lacrosse. A melhor amiga de Alena acha que já chega de aguentar todo esse abuso. Seja da conselheira, do diretor, de Filippa ou de qualquer outra pessoa nessa escola repulsiva. Josefin promete resolver o assunto por conta própria a menos que Alena dê o troco. Só existe um problema: Josefin está morta há um ano.

Resenha: Alena é uma graphic novel do autor sueco Kim W. Anderson. Nessa história vamos acompanhar a vida da jovem Alena, que tem uma vida complicada e que se mostra um verdadeiro inferno. Tudo começa quando a jovem ingressa em uma escola de classe alta e lá, precisa lidar diariamente com o bullying praticado contra ela diariamente pelas meninas populares e ricas. Entre elas, a que causa o inferno na vida de Alena é Filippa.

"Eu queria ter coragem de dizer o que penso, por exemplo." p. 17

Filippa é filha de uma família rica, ela é atacante e principal jogadora do time lacrosse da escola, todavia tem um enorme ódio por Alena, pelo simples fato dela ser considerada "miserável" e "esquisita" por sua turminha de garotas. A protagonista tem como melhor amiga Josefin, ela acha que Alena já aturou muito das mazelas realizadas por Filippa e está determinada a resolver os problemas que cercam Alena.
"Você sabe o que precisa fazer , Alena: bater de volta e bater com força." p. 50.

Josefin é uma amiga fiel, que muitas vezes serve como ponto de apoio para os desabafos que Alena faz, é para ela que nossa protagonista recorre quando necessita de ajuda para enfrentar os problemas que aparecem no seu caminho. Porém, Josefin não poderia ajudar Alena, pois Josefin morreu tem mais de um ano e suas aparições, nos leva a crer que ocorrem na forma de fantasma. Durante a história e o desenrolar dos fatos, somos levados a refletir sobre a real condição de Alena, ela está morta como Jofesin, estaria louca ou ela realmente é capaz de ver fantasmas? 

Opinião: Alena é uma graphic novel que mescla romance e terror, além disso o gore está presente (sangue em excesso), o que torna a história de terror apresentada bem forte. As cores nas artes, no quadrinho, são bem vivas, dando um belo aspecto para a obra de Kim Andersson.
É interessante acompanhar a relação entre Alena e Josefin, que em alguns momentos é instável, bem como o fato de Josefin se apresentar, em diversas oportunidades, um tanto abusiva. Essa graphic novel nos apresenta aspectos como a necessidade de mudança de aparência para deixar de ser vista como uma "princesinha" ou "patricinha" e a rivalidade feminina, algo que é cultural. 
O autor ainda aborda um aspecto importante, a opção sexual, tendo em vista que a protagonista é tachada como lésbica, algo que seria mal visto em seu círculo escolar ou mesmo familiar, dessa forma, levando para a reflexão do leitor um tema importante, que gera divergência, desagregação e preconceitos.
A leitura foi muito rápida e envolvente, Andersson nos apresenta uma história perturbadora, os seus personagens são bem trabalhados e Alena é uma personagem complexa. A obra é forte, com diversos momentos violentos. Ao término da leitura eu fiquei pensando e refletindo por algum tempo se teria captado, entendido corretamente a trama, pois a obra de fato me envolveu.
Em se tratando da edição, posso falar que está magnífica, de todos os quadrinhos, graphic novel que tenho da Avec, Alena sem sombra de dúvidas é a obra mais bonita em estética. Deixo meus agradecimentos para a Avec Editora que me enviou essa obra e me proporcionou uma excelente leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário