[RESENHA #278] MENTIRAS COMO O AMOR - LOUISA REID - Saga Literária

Novidades

segunda-feira, julho 03, 2017

[RESENHA #278] MENTIRAS COMO O AMOR - LOUISA REID


Título: Mentiras Como O Amor
Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Páginas: 432
Ano: 2017
ISBN: 9788581636986
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Audrey sabe que sua mãe está certa quando tenta salvá-la de si mesma. Ela sabe que tem sido injusta, por isso precisa, por seu irmão mais novo e pela sua mãe, seguir em frente. Audrey tenta manter todos felizes. Juntos, eles estão em busca de dias melhores. A mãe de Audrey à sua maneira tenta ajudar a filha a controlar a doença para que ela possa encontrar um recomeço seguro. Então Audrey conhece Leo, e com ele é difícil fingir quem ela realmente é. Leo torna a vida de Audrey realmente complicada, pois essa amizade faz com que ela deseje ousar ser ela mesma, enfrentar a vida. Agora, Audrey precisará decidir: cuidar de sua família especialmente de seu irmão ou continuar sonhando com a vida que tanto deseja? Mentiras Como o Amor é deslumbrante e de partir o coração. É o novo romance de Louisa Reid, a autora aclamada de Corações Feridos.

Resenha: Mentiras Como O Amor nos conta a história de Audrey, uma adolescente que enfrenta dificuldades desde a infância, mas que conta com o apoio de sua mãe Lorraine. Audrey ainda tem um irmãozinho de apenas cinco anos, conhecido como Peter. Logo no início da trama, vemos que a família está de mudança, eles acabam se mudando para o interior da Inglaterra. O trio acaba indo morar em um casarão, numa granja, afastado da cidade.

A nova moradia de Audrey e sua família foi mal cuidada, a casa está bem velha, mas não é isso que chama a atenção da jovem, mas sim um lago que está no entorno da casa. Esse lago acaba por deixar Audrey aflita, pois ela fica incomodada com toda aquela quantidade de água, algo que sua mãe acaba não percebendo. Essa aflição é apenas uma das diversas dificuldades que Audrey enfrenta ao longo da sua vida.

Ao longo da leitura, vemos que Lorraine é uma mãe atenciosa e zelosa, ela sempre está cuidando para que tudo ocorra conforme o planejado e dê certo. Lorraine é uma mãe cuidadosa, está sempre verificando se Audrey está tomando os seus medicamentos de forma correta, além disso conhece vários médicos que atuam no campo da saúde mental e por isso, ela tenta entender, conhecer um pouco mais da doença de Audrey, que sofre de depressão e é afligida pela "Coisa", uma denominação criada pela própria filha.

"Minha memória era como uma página arrancada de um livro, dobrada e rasgada em lugares aleatórios, e onde faltavam todas as palavras importantes." p. 123.

Audrey além de todas as barreiras e dificuldades que precisa enfrentar, sonha constantemente que está sendo puxada para a água e consequentemente, morrendo afogada. Esses sonhos surgiram quando os primeiros sintomas de depressão apareceram na vida da jovem. Com a mudança para o interior da Inglaterra, nesse lugar afastado e tranquilo, Audrey torce para que a sua vida tenha um novo e feliz capítulo sem a presença da "Coisa".

Nesse novo ambiente, Audrey inicia seus estudos em um novo colégio, lá ela conhece algumas pessoas, como o jovem Leo e Sue. No colégio Audrey acaba sofrendo bullying, algo constante em sua vida, mas que sua mãe não consegue compreender. Leo e Sue resolvem visitar Audrey, pois são os vizinhos mais próximos da garota, porém ela trata Leo com frieza, algo completamente diferente de quando se encontraram na escola.

"Ter coragem tem a ver com ser forte. E se for forte, bem... a força surge quando alguém é amado, não acha? Se você sabe que é amado, então isso é tudo de que precisa. O amor lhe dá pernas de aço." p. 188.

Mesmo com todos os problemas de Audrey, Leo resolve insistir na amizade e ajudá-la a ser livre, porém Lorraine não vê essa relação como algo bom para a sua filha e começa a impedir a aproximação de ambos. Com a interferência da mãe, a "Coisa" volta a aparecer na vida de Audrey, atormentando a paz da jovem, mas Leo e Audrey não vão conseguir ficar afastados um do outro por muito tempo.

Opinião: Mentiras Como O Amor é o primeiro livro que leio da Louisa Reid e posso dizer que a autora me fez sofrer. O livro apresenta um drama forte e intenso, é uma leitura perturbadora em alguns momentos e aborda a depressão ou transtorno depressivo que afeta a saúde mental do ser humano, algo incompreendido por muitos. 
A narrativa alterna entre primeira pessoa na figura de Audrey e quando é focado no Leo, a narrativa é realizada em terceira pessoa. O livro tem 436 páginas e a leitura passou voando, a cada página eu ficava mais curiosa sobre o que iria acontecer com  as personagens. Audrey é uma personagem maravilhosa, doce e esforçada, mesmo com a doença que apresenta, nunca deixa de sonhar, nunca deixa de tentar moldar o seu destino e se recuperar. Quero destacar a linda relação de amor que Audrey tem por seu irmãozinho.
Louisa Reid nos presentei com uma história tocante e emocionante, ela consegue envolver o leitor trabalhando com suas emoções. Eu indico esse livro para todas pessoas que queiram ler uma história maravilhosa, repleta de lições para a vida, principalmente de compreensão e superação, que apesar das dificuldades da vida, devemos sempre acreditar e sonhar. O final é arrebatador e me deixou atordoada.
A Editora Novo Conceito caprichou na capa, ficou simplesmente linda, transmite ao mesmo tempo a força e a fragilidade da protagonista. A diagramação está simples, fonte e espaçamento em tamanho confortável. Os capítulos são curtos, algo que torna a leitura dinâmica. Recebemos o livro por meio da parceria com a editora e só tenho que agradecer pela maravilhosa leitura que me proporcionou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário