12 FILMES CLÁSSICOS DE GUERRA - Saga Literária

Novidades

segunda-feira, agosto 07, 2017

12 FILMES CLÁSSICOS DE GUERRA

Se você chegou até aqui, é porque certamente gosta de filmes de guerra. Esses filmes retratam momentos históricos, normalmente apresentam histórias que nos emocionam e sobretudo violência psicológica e física. Eu adoro filmes com essa temática, por isso resolvi selecionar dez filmes clássicos que abordam desde a Primeira Grande Guerra Mundial até a Guerra do Vietnã. Espero que gostem.

PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL
Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia): Dirigido por David, o filme foi lançado em 1962 e conta a história de T. E. Lawrence, um militar britânico cansado de sua rotina como oficial no Egito que pede transferência para a Arábia Saudita, lá o Tenente Lawrence passa a lutar ao lado dos árabes contra o domínio do Império Turco-Otamano. O filme leva ao espectador a Primeira Guerra Mundial fora do cenário europeu. A película tornou-se conhecida mundo afora e ganhou "somente" sete estatuetas do Oscar.


Gallipoli (Gallipoli): Protagonizado na época pelo jovem ator Mel Gibson, o filme foi dirigido por Peter Weir e contextualiza a cultura australiana. Em Gallipoli acompanhamos dois jovens amigos do interior da Austrália que se alistam no exército australiano e são enviados para lutar na península que dá nome ao filme, localizada na Turquia. Peter Weir retrata como os jovens soldados perderam toda a inocência ao longo desse conflito armado.
Nada de novo no front (All quiet on the wester front): O filme foi lançado em 1930, bem antes dos filmes sobre a Primeira Guerra Mundial serem lançados de forma massiva. Dirigido por Lewis Milestone, o filme foi baseado no livro homônimo de Erich Maria Remarque e conta a história de sete estudantes alemães, jovens soldados que vivenciaram os horrores da guerra e ficaram traumatizados com essa experiência. Nada de novo no front tornou-se um símbolo anti-bélico. O filme venceu o Oscar nas categorias de melhor filme e direção.
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
O Mais Longo dos Dias (The Longest Day): O filme relata o desembarque e ataque que aconteceu na Normandia no dia 6 de Junho de 1944, conhecido como Dia D. Esse dia marcou o início da vitória aliada na Segunda Guerra Mundial. Essa superprodução traz atores como John Wayne, Henry Fonda, Rod Steiger, Richard Burton e um jovem chamado Sean Connery que tem uma pequena participação. Lançado em 1962, o filme venceu o Oscar nas categorias de melhor fotografia em preto e branco e melhores efeitos especiais.

Fugindo do Inferno (The Great Escape): O filme foi dirigido por John Sturges e em seu elenco contou com nomes como Steve McQueen, Charles Bronson, Richard Attenborough, James Garner e James Coburn. Fugindo do Inferno foi adaptado do livro homônimo de Paul Brickhill e conta a história de um grupo de prisioneiros do exército aliado que buscam fugir de um campo de prisioneiros, considerado pela Luftwaffe como o mais seguro do gênero.

A Ponte do Rio Kwai (The Bridge on the River Kwai): Este filme é de 1957 e foi baseado em um evento real que ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial, a construção de uma ponte na Estrada de Ferro da Birmânia. Depois de acabar com suas diferenças com o comandante de um campo de prisioneiros japonês, um coronel britânico resolve cooperar e supervisionar os seus homens na construção de uma ponte ferroviária para o seu inimigo com o objetivo de usá-la como armadilha. O filme venceu o Oscar nas categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor ator, melhor fotografia, melhor edição, melhor roteiro adaptado e melhor trilha sonora.

Uma Ponte Longe Demais (A Bridge Too Far): Dirigido por Richard Attenborough, o filme foi lançado em 1977, baseado no livro homônimo de Cornelius Ryan, a película conta a história da Operação Market Garden, considerada um dos maiores equívocos militares da Segunda Guerra Mundial quando os aliados tentaram invadir as linhas alemãs e conquistar várias pontes nos Países Baixos. Esse filme de proporções épica conta com um elenco recheado de astros como Anthony Hopkins, James Caan, Sean Connery, Robert Redford e Gene Hackman.

O Barco (Das Boot): Filme com um forte clima de claustrofobia, O Barco nos conta a história de uma batalhão de inexperientes recrutas que precisam realizar uma difícil e perigosa viagem de ida e volta em um submarino alemão entre La Rochelle, na França ocupada e na Espanha de 1941. Esse filme de 1982 traz com realismo o medo e a claustrofobia que os tripulantes precisam enfrentar debaixo do mar. O Barco recebeu seis indicações ao Oscar, mas não levou nenhuma estatueta.

Os Doze Condenados (The Dirty Dozen): Vamos acompanhar em plena Segunda Guerra Mundial o destino de doze soldados aliados sentenciados a no mínimo 20 anos de prisão ou pior, à pena de morte. Esse grupo ganha uma chance de perdão e liberdade. Treinados pelo major Reisman, eles partem para uma missão suicida, destruir um QG inimigo e se sobreviverem, serão perdoados e reintegrados. O filme tem em seu elenco atores como Lee Marvin, Charles Bronson, Donald Sutherland e Jim Brown. Indicado para três categorias do Oscar, esse filme de 1967 venceu o prêmio de melhores efeitos especiais.

Patton - Rebelde ou Herói? (Patton): Esse filme de 1970 é uma cinebiografia do general George S. Patton e nos conta as ousadas e arrojadas ações durante a Segunda Guerra Mundial, demonstrando também a sua devoção ao Cristianismo e como o brilhante comandante aliado quase coloca em risco a sua carreira militar ao esbofetear um recruta que estava apresentando um colapso nervoso. O filme venceu nada menos do que sete Oscar, incluindo as categorias de melhor ator e melhor diretor.

Guerra do Vietnã
Apocalypse Now (Apocalypse Now): Esse é um filme norte-americano de guerra, dirigido por Francis Ford Coppola e chegou aos cinemas em 1979. Estrelado por Marlon Brando, Robert Duvall e Martin Sheen, o filme é considerado por muitos como o maior filme de guerra de todos os tempos. Apocalypse Now retrata toda a insanidade e surrealismo da guerra e quase levou o elenco literalmente ao estágio da loucura, algo demonstrado no documentário Heart of Darkness.

A trama segue em torno do capitão Willard (Martin Sheen) que recebe a árdua missão de encontrar e matar o Coronel Kurtz (Marlon Brando), que em princípio enlouqueceu e comanda o seu próprio exército como um semideus refugiado nas selvas do Camboja. Apocalypse Now ganhou duas estatuetas na premiação do Oscar de 1980 nas categorias de melhor fotografia e melhor som.

Platoon (Platoon): Filme dirigido por Oliver Stone que fala do Vietnã com conhecimento de causa, tendo em vista que ele lutou nessa guerra e inclusive chegou a ser ferido em combate por duas vezes. Platoon tem um tom autobiográfico, é considerado por vários críticos do cinema como o melhor filme de guerra de todos os tempos. Vencedor de 4 Oscar, incluindo as categorias de melhor filme e direção. O filme tem em seu elenco nomes como Charlie Sheen, Tom Berenger, William Defoe, Forest Whitaker e na época um jovem chamado Johnny Depp.

Com orçamento de 6 milhões de dólares, o filme foi lançado em 1987 e arrecadou a quantia de 137 milhões de dólares apenas nos cinemas dos Estados Unidos. No filme acompanhamos Chris (Charlie Sheen) um jovem recruta, voluntário para lutar na guerra, o recruta acredita que deve seguir os passos do avô e do pai que participaram em guerras anteriores. Aos poucos, Chris vai perdendo a sua inocência e passar a vivenciar toda a loucura e violência que a guerra o apresenta.

E aí, gostaram da publicação? Tem algum filme sobre essas guerras que chegou aos cinemas até o final da década de 80 que vocês colocariam nessa listinha que eu deixei de fora? Qual desses filmes é o seu favorito?

2 comentários: