[RESENHA #297] CAÇADORES DE TROLLS - GUILLERMO DEL TORO E DANIEL KRAUS - Saga Literária

Novidades

domingo, agosto 06, 2017

[RESENHA #297] CAÇADORES DE TROLLS - GUILLERMO DEL TORO E DANIEL KRAUS


Título: Caçadores de Troll.
Autor: Guillermo Del Toro e Daniel Kraus
Editora: Intrínseca
Páginas: 340
Ano: 2015
ISBN: 9788580578324
Onde comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Uma história de terror criada por um dos artistas mais visionários da atualidade. O estilo inconfundível e marcante de Guillermo Del Toro, sempre envolvendo universos mágicos, criaturas fantásticas e histórias espantosas, está presente em toda sua obra como cineasta, roteirista, produtor e ator. Em Caçadores de Trolls, ele presenteia os leitores com uma história sombria e de dar arrepios, com ilustrações capazes de nos transportar para um mundo paralelo apavorante. Jim Sturges é o típico adolescente na cidade de San Bernardino: tem um pai superprotetor, um melhor amigo meio desajeitado e uma paixão platônica por uma menina que nem sabe que ele existe. Mas isso tudo muda quando um mistério de décadas ressurge, ameaçando a vida de todos os moradores da entediante cidadezinha. Junto com um grupo de heróis improváveis, Jim terá que enfrentar monstros com um gosto especial por carne humana. Um livro sobre os medos e criaturas que se ocultam onde menos se esperam.

Resenha: Nossa história tem início exatamente em 21 de setembro de 1969, quando dois irmãos, Jack e Jim Sturges, estão brincando com suas bicicletas na pequena cidade de San Bernardino. Era um final de tarde e os irmão estavam brincando de "tirinho" com suas armas lasers, enquanto um corria atrás do outro. Mesmo sabendo que naquele verão muitas crianças havia desaparecido de suas casas, os dois irmão tinham certeza de estarem seguros. Mas era assustador saber o número de crianças desaparecidas só naquela pequena cidade. Mas como sempre crianças eram crianças e por mais que os pais os avisassem, na hora da folia eles se esqueciam de tudo.

"O último número que chegara aos ouvidos de Jim tinha sido o de cento e noventa crianças desaparecidas. Parecia invenção, não fossem os indícios sombrios que ele via por toda parte: a grade mais alta em torno da escola, o número maior de pais vigiando os parques, os policiais dando bronca nas crianças que encontravam fora de casa após escurecer. Fosse qualquer outro dia, não teriam deixado os dois garotos andarem de bicicleta até tão tarde, mas era aniversário de Jack e seus pais não conseguiram dizer não." p. 13.

Mas a "epidemia" faria mais uma vítima naquele 21 de setembro de 1969. Após os irmãos passarem voando por debaixo de uma ponte no caminho que eles estavam trilhando, Jim, não percebeu até se distanciar um pouco que Jack não estava mais atrás dele. Após chamá-lo diversas vezes, Jim voltou e descobriu pelo modo mais difícil quem estava sumindo com as crianças em San Bernardino.
James Sturges se tornou um pai mais do que super protetor, seu filho, James Sturges Jr., também chamado de Jim, igual ao pai, era a pessoa nesse mundo que poderia dizer muito bem isso. A super proteção de seu pai se devia ao passado e ao tio de Jim, Jack Sturges. O pai de Jim não havia se recuperado da grande tragédia familiar e agora, fica de olhos em cima do filho. Além das diversas regras que ele deveria seguir a risca, a vida de Jim filho, também não era nada fácil na escola. Lá ele e seus amigos enfrentavam diariamente as investidas do grandalhão e valentão da escola, Steven Jorgensen-Warner, principalmente o Bola, seu melhor amigo, que sempre levava a pior.

"Eu daria qualquer coisa para ser o tipo de garoto que surgiria da multidão e empurraria Steve para longe do meu amigo. Mas essa fantasia só serviria para acabarmos mortos." p. 31.

Em uma de suas fugas do valentão Steve, Jim acaba tendo um encontro aterrador com uma criatura saindo de um bueiro. Aquilo o aterrorizou, mas ele sabia que não conseguiria fazer alguém acreditar nele, então achou melhor ficar calado. Mas, aquele encontro acabou colocando em dúvida a sua sanidade mental, assim como ele sempre colocara a de seu pai.
As coisas não ficaram muito melhores para Jim naqueles dias, e as atitudes de seu pai não o ajudavam em absolutamente nada. Em um fim de tarde naquela mesma semana, ele e Bola estavam na rua além do horário estipulado pelo seu pai, quando o sargento Bem Gulager, os encontrou. A contragosto, Jim teve que ir para casa na viatura do sargento e quando chegou em casa, encontrou seu pai totalmente aflito pela falta do filho em casa no horário estipulado. Jim, acabou presenciando uma pequena discussão do sargento com seu pai, sobre a recorrentes chamadas policiais que ele fazia, com medo que Jim estivesse perdido para sempre. 
Naquela mesma noite, Jim resolveu tentar descobrir alguma coisa relacionada com seu encontro com aquela criatura. Depois de muito procurar, acabou encontrando alguns relatos e vídeos, não muito claros, da mesma situação que ele havia passado, mas nada muito elucidativo. Mas a noite e a vida de Jim estava para mudar e para sempre. Enquanto tentava dormir, ficou espantado ao perceber que estava sendo observado no seu próprio quarto, não por um, mas por vários pares de olhos piscantes no meio da escuridão. Jim não teve nem tempo de gritar quando as patas peludas o agarraram puxando-o para debaixo da cama. Era hora de conhecer a cidade dos Trolls.

"Braços peludos, mãos escamosas e tentáculos gelados tentaram me segurar, mas me desvencilhei, rolei por baixo do balcão do açougueiro e sai correndo por um beco lateral, passando no meio de uma família de trolls azuis gordinhos que batiam freneticamente as asas magricelas." p. 85.
Opinião: Caçadores de Trolls de Guillermo Del Toro e Daniel Kraus, foi uma belíssima surpresa quando terminei de ler. Confesso que comprei o livro pela sua beleza e pelo nome Guillermo Del Toro, o que no final das contas, foi uma boa atitude. Caçadores de Trolls é uma aventura de tirar o fôlego com pitadas de terror, onde acompanhamos a história de Jim e seus amigos na cidade dos Trolls para evitar que um maligno ser volte à terra dos homens e recomece a sequestrar crianças para o seu jantar. Jim é o típico garoto norte americano de uma cidade pacata que tem um pai neurótico e super protetor. Seus amigos, como o bola, por exemplo, também seguem o mesmo patamar das crianças tidas como fracassadas no colégio. Mas, as coisas começam a mudar quando Jim recebe um amuleto no mundo dos trolls. No começo nós vemos um garoto e sua turma sofrendo bullying praticamente todos os dias na escola e isso só faz com que odiemos certos personagens como o Steve e mais alguns outros. 
Em meio a tudo isso, Jim leva uma vida comum, tendo que ir ao dentista [muito esquisito, por sinal], médico, escola e tudo isso supervisionado pelo seu pai neurótico. Mesmo assim, não dá para não simpatizar com Jim Sturges pai, sabendo o que ele passou quando criança, com seu irmão Jack, nós, leitores acabamos por relevar várias situações claramente irritantes que Jim tem que passar. Caçadores de Trolls é um livro muito divertido do começo ao fim e o único ponto negativo é que, provavelmente não haverá uma sequência para ele, apesar de ter sido produzida uma série de animação pela Netflix.

Sobre a edição: Caçadores de Trolls é um livro impecável em sua produção, já começando pela belíssima capa com partes em verniz. Sua contracapa também tem uma ilustração assim como no decorrer do livro que apresenta ótimas e belas ilustrações coloridas das cenas da história. Com fonte agradável e capítulos não muito longos, Caçadores de Trolls é uma excelente pedida para quem curte histórias de aventura, terror e suspense juvenil. Para mim foi uma excelente e divertidíssima leitura e como sempre, só posso dizer que é IMPERDÍVEL.
Os autores: Guilhermo Del Toro é conhecido por seus aclamados filmes, tais como O labirinto do fauno, Hellboy e Círculo de fogo, além dos livros Trilogia da Escuridão.
Daniel Kraus é o premiado autor de Scowler e Rotters e diretor de seis filmes. Mora com a esposa em Chicago.

32 comentários:

  1. Olá Jeffa, tudo bem?
    Vou ser sincera e dizer que esse livro me ganhou a primeira vista.
    Tanto a capa quanto o próprio titulo chamaram muito minha atenção, depois de ler a sua resenha e descobrir que além de linda a história é divertida optei finalmente por adquirir a obra. Confesso que não haver continuação não é um ponto negativo para mim, estou em busca de leituras individuais que me conquistem.
    Parabéns pela resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabi, muito obrigado. Fico muito feliz em poder ter lhe ajudado a conhecer esse livro divertidíssimo. Depois conta pra gente o que você achou dele, tá? Beijos e mais uma vez muito obrigado.

      Excluir
  2. Muito boa a sua resenha Jeffa, fiquei com mais vontade de ler Caçadores de Trolls!
    Abraço irmão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yvens, meu caro, leia que vale a pena. Abraço, meu irmão.

      Excluir
  3. Olá!
    Eu não conhecia essa obra, mas achei que além de uma ótima aventura tem elementos que me atrai muito pra leitura sobretudo pelos temas e conflitos pessoais.
    Certamente vou gostar de realizar a leitura. Aliás essa edição merece uma grande admiração, o projeti gráfico e diagramação está muito linda.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, muito obrigado. O livro é muito bacana mesmo... leia que vai gostar. Beijos.

      Excluir
  4. Gente, este livro é a cara dos meus filhos, pelo menos tem muitos ingredientes que eles gostam, e eu também... A edição é outro destaque, pelo que posso ver. Estou anotando o livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose, muito obrigado. Pode ir sem medo. Você e seus filhos vão adorar. Beijos.

      Excluir
  5. oieee
    um amigo já leu e achou muito bom, eu não sei porque tenho impressão do livro ser bem tosco kkkkkk
    porém parece ser bem de aventuras né
    achei bem bacana isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, ju, ju....tosco?? kkkkkk... pode ter certeza que não é não.... Muito obrigado pela visita, beijos.

      Excluir
  6. Oie, sou apaixonada por livros de fantasias, esse já estava na minha lista já faz um tempinho. Parabéns pela a resenha
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapha, muito obrigado. Pode ler sem medo que é bem bacana mesmo. Beijos.

      Excluir
  7. Tenho esse livro em casa, mas ainda não o li. Porém, amei as ilustrações, a edição está linda.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, então corre que é bem bacana mesmo. Muito obrigado, beijos.

      Excluir
  8. Nossa, eu não conhecia o livro e pela capa eu fiz uma ideia completamente diferente dele. Lendo a sua resenha eu fiquei muito curiosa com o livro e adorei a premissa. Gostei bastante de ver a sua opinião sobre a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz, muito obrigado. Leia sim, pois é muito legal. Beijos.

      Excluir
  9. Olá, acho que essa é a primeira resenha que vejo desse livro, mas já quero ler. Achei a história bem interessante, com essa coisa de uma criatura saindo pelo boeiro. E a edição também está linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marijleite, muito obrigado. Leia sim, que tem mais criaturas para você descobrir. kkkkk... beijos.

      Excluir
  10. Olá!

    Não é meu tipo de leitura, mas parece ser muito bom pra fugir da zona de conforto. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kamila, muito obrigado. Leia sim que é bastante divertido esse livro. Beijos.

      Excluir
  11. Oláa, tudo bem? Adorei sua resenha! É a primeira que leio sobre o livro, e apesar de não ser um estilo de leitura que curto muito, fiquei curiosa. Também não sabia sobre a animação produzida pela Netflix, então caso não faça a leitura, irei conferir a adaptação.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabrielly, muito obrigado. Leia sim, que é muito divertido esse livro. Beijos.

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa obra, mas de cara fiquei animada, porque gosto de histórias nesse gênero e essa parece ser muito bem construída mesmo. Achei bacana haver algumas pitadas de terror na história e o protagonista parece ser bem cativante, além disso, a edição parece estar linda mesmo.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, é bem bacana o livro. A edição é muito linda sim e ainda fico espantado como esse livro não tão conhecido pelos leitores. Muito obrigado, beijos.

      Excluir
  13. Oi, Jeffa :)
    Tudo bem?
    Está ai uma leitura que venho desejando faz meses e me arrependo por não ter conseguido adquirir numa das promoções malucas da Amazon. Acabei levando um livro do Rick Riordan que nunca baixa de preço.
    Guilherme Del Toro é um dos meus diretores favoritos. Conquistou o meu coração a anos graças ao O LABIRINTO DO FAUNO. Com seu tom sombrio, fiquei bastante surpreso em saber que essa obra infantojuvenil existia. E que é tanto sucesso que ganhou adaptação pela Netflix.
    Lendo suas impressões do enredo não pude deixar de fazer uma comparação com IT onde várias crianças desapareceram, mas mesmo assim outras brincavam na rua mesmo com os pais dizendo para tomarem cuidado. Mas a semelhança me parece que acaba ai.
    A capa da obra é maravilhosa!!!
    Espero poder ter essa leitura em breve.
    Parabéns pela resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, a semelhança existe, mas não fiz menção pois como você mesmo disse, ela acaba ali mesmo. A edição é muito bem feita e muito bonita mesmo. Se você já gosta do Guillermo, mais uma razão para correr e ler esse divertidíssimo livro. Muito obrigado, Bruno. Abraços.

      Excluir
  14. Oi, tudo bem?

    Nossa, sou muuuito fã de Hellboy, sigo o Guilhermo no twitter, mas não vi nada sobre esse livro até então. Achei o enredo muito bom, sinto falta de livros mais fantásticos, como este. A capa é linda e sua resenha me convenceu facilmente a comprá-lo haha.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, se é fã, vai que é sua....kkkkk!! Como disse antes, fico espantando pelos leitores não conhecerem esse livro. Mas, nós estamos aqui exatamente para isso: Torná-los conhecidos, esses maravilhosos livros. Muito obrigado, Nina. Beijos.

      Excluir
  15. Olá, tudo bem? Nossa de fato, o que chama bastante primeiro atenção é a edição. Já tinha visto e me despertado o interesse, sua resenha me deixou mais animada ainda, afinal adoro livros de fantasia assim. Gostei bastante da sua resenha, e com certeza, dica anotada <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, eu comprei esse livro só pela edição e o nome do Guillermo...kkkkk.. Foi uma surpresa agradável ler uma história divertida como essa. Muito obrigado, viu. Beijos.

      Excluir
  16. OiiI!

    Eu me lembro de ouvir sobre essa obra em algum lançamento que participei, mas como não é meu estilo eu acabei deixando passar.
    Gostei de conhecer bastante de conhecer a sua opinião sobre a obra e vou repassar a dica para alguns amigos

    Beijinhos,

    ResponderExcluir