[RESENHA #329] AS BRIGADAS FANTASMA - JOHN SCALZI - Saga Literária

Novidades

quinta-feira, outubro 05, 2017

[RESENHA #329] AS BRIGADAS FANTASMA - JOHN SCALZI

Título: As Brigadas Fantasma (Guerra do Velho #2)
Autor: John Scalzi
Editora: Aleph
Páginas: 376
Ano: 2017
ISBN: 9788576573777
Onde Comprar:
 Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Na continuação do premiado romance Guerra do velho, a tenente Jane Sagan descobre um ardil sendo tramado contra a humanidade e um plano para a subjugação e a erradicação de sua espécie inteira. É um genocídio planejado detalhadamente com base na cooperação, até então inédita, entre três raças. E um ser humano. Para lidar com essa trama, as Brigadas Fantasma e suas tropas que já nascem com o propósito de proteger a raça humana precisam entrar em ação. Passando por conflitos de identidade, mas com um forte senso de companheirismo, esses soldados serão liderados por Jane Sagan, que precisa impedir uma guerra entre espécies enquanto lida com um fato preocupante: em meio a suas fileiras, pode haver um traidor. Com a escrita dinâmica, leve e inteligente característica de John Scalzi, As Brigadas Fantasma discute questões éticas e de identidade enquanto envolve o leitor na história de uma grande conspiração política e bélica. 

Resenha: As Brigadas Fantasma é o segundo volume da série de ficção científica conhecida como Guerra do Velho e foi escrita pelo autor estadunidense John Scalzi. Apesar de Brigadas ser uma continuação e ocorrer após Guerra do Velho, o livro não é uma continuação propriamente dita, pois somos levados a conhecer um novo grupo de personagens, porém o livro conta com a participação de alguns coadjuvantes que estiveram presentes na história anterior. Nesse volume John Perry é deixado de lado e Scalzi foca a trama nas Forças Especiais de Defesa.

"Jane Ssagan achou o administrador Cainen Suen Su admirável à sua maneira; ele não se rendia facilmente. Sofreu por várias horas enquanto o seu órgão linfático aos poucos substituía a linfa em seu corpo pelo fluido novo e alterado, contorcendo-se e convulsionando ao passo que as concentrações de linfa condutora desencadeavam disparos nervosos errados e aleatórios por todo corpo e a condutividade geral de seus sistema inteiro aumentava a cada minuto." p. 39.

A trama se inicia com a Tenente Jane Sagan descobrindo uma conspiração e uma aliança composta por três raças alienígenas que visam a aniquilação da raça humana. Os alienígenas não estão sozinhos nessa empreitada, pois contam com a ajuda de Charles Boutin que traiu as Forças de Defesa Colonial. Charles é um cientista especializado em transferência de consciência e, em certo momento, descobrem que Boutin forjou sua morte. Com essa informação em mãos, alguns generais decidem se utilizar do trabalho de Boutin para transferir a sua consciência para um clone, surgindo assim o soldado das Forças Especiais Jared Dirac.
As Forças Especiais são conhecidas como as Brigadas Fantasma que é composta por soldados, combatentes que foram criados por meio de combinações genéticas utilizando o DNA de seres humanos mortos com seres de raças alienígenas. Essas mesclas e modificações genéticas permitiram o surgimento de soldados que possuem habilidades superiores aos dos militares puramente humanos. O maior diferencial dessa tecnologia é permitir que os soldados nasçam na fase adulta e dessa forma com poucas semanas de vida são dotados de uma capacidade de combate muito elevada, sendo extremamente letais.

"[...] Os genes que vêm de outros seres humanos em geral apresentam poucos problemas de incorporação, pois o genoma humano é fundamentalmente projetado para acomodar informações genéticas de outros genomas humanos (o processo pelo qual isso ocorre de forma normal, natural e entusiasmada chama-se "sexo") [...]." p. 71

Desse momento em diante, acompanhamos de fato a rotina de Jared Dirac e o seu treinamento nas Brigadas Fantasmas. Dirac é colocado sob o comando da Tenente Jane Sagan a contragosto da mesma. Sagan recebe a missão de acompanhar o desenvolvimento do seu novo subalterno bem como a missão de agir a qualquer momento caso Dirac demonstre algum comportamento e inclinação em trair as Forças de Defesa Colonial, se por acaso as memórias de Charles Boutin vierem à tona.

Opinião: John Scalzi apresenta uma narrativa divertida, inteligente e envolvente. A leitura passa em um piscar de olhos e o autor se utiliza de explicações científicas sobre todo o processo de criação e surgimento dos soldados, porém em nenhum momento essa explicação se torna enfadonha. As Brigadas Fantasma é um livro bem elaborado, original e ao meu ver, trata-se de uma expansão competente do universo apresentado em Guerra do Velho. Achei particularmente interessante a construção do personagem Jared Dirac que apresenta conflitos no campo da personalidade, mas também a própria Jane Sagan que mostra ser uma mulher forte e complexa. Apesar de Guerra do Velho ser um pouco superior ao presente livro, este é compensado pela gama de personagens secundários interessantes e o destaque fica por conta dos diálogos que envolvem o cientista alienígena Cainen.
Outro aspecto levantado pelo autor é que quando os seres humanos vão colonizar o universo, são na verdade, enviadas pessoas não caucasianas para o campo de batalha e principalmente para fundar essas novas cidades. John Scalzi em Guerra do Velho assim como em As Brigadas Fantasma abre espaço para o convívio de grupos considerados minoritários ou vulneráveis como gays, negros e mulheres com uma relativa harmonia, talvez seja por isso que exista um certo ódio contra o autor já que o mesmo é ativista e luta em prol desses grupos. O autor ao mesmo tempo que expande o nosso conhecimento sobre esse universo magnífico, nos leva a refletir sobre essas questões importantes acima explicitadas.
Sobre a Edição: A edição é muito bonita e a capa ficou muito legal. O livro conta com folhas amareladas e foi impresso em papel avena. A fonte ficou em bom tamanho e o espaçamento está confortável. A revisão ficou ótima assim como a diagramação. No geral o projeto gráfico ficou muito bom e só reforça o competente trabalho que a Aleph nos apresenta em seus livros.
Sobre o Autor: John Scalzi nasceu em 1969 em Los Angeles (Califórnia), Estados Unidos. Scalzi é mais conhecido por escrever livros de ficção científica, gênero pelo qual venceu o Prêmio John W. Campbell em 2007, além de nomeações ao Prêmio Hugo pelo melhor romance nos anos de 2006, 2008 e 2009. Scalzi foi Consultor Criativo para a série de televisão de ficção científica Stargate: Universe.

7 comentários:

  1. Oii tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, mas é sempre bom lermos os comentários sobre a resenha, adorei a capa e a edição está linda demais! Adorei saber a sua opinião.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Aaaaahhhh!! Está me dando aflição. Não consegui comprar até hoje o primeiro volume dessa série, e sinto meu sonho ficando cada vez distante com a nova publicação... Quero tanto ler esses livros. Mas, por enquanto me contento com as resenhas e agradeço que todas são positivas. :)
    Parabéns pela resenha.
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  3. Oie
    o colunista do meu blog leu e resenhou o livro e gostou muito, eu mesma não sei se leria mas ainda assim curti o enredo set ão instigante e completo, parece bem aventureiro, bem do jeito que meu amigos curtem

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, ótima resenha. Faz algum tempo que não leio ficção científica, mas gotos bastante do gênero e pela sua resenha é uma leitura que eu faria. Achei mega interessante essa questão sobre a criação e nascimento dos soltados.

    ResponderExcluir
  5. Olá!! Amei a resenha, não leio livros nessa pegada, como amei sua resenha a dica foi anotada e vou começar a ler esse. Aproveitar as promoções que estão tendo nos sites.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem ?
    Eu não gosto de livros e enredos com essa temática, então eu nem me arrisco a começar a leitura. Achei bacana a forma como você resenhou, porque mostrou que a obra foi bem escrita e de uma forma bem amarrada.
    As suas fotos ficaram muito boas.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Desde que meu namorado me falou acerca do primeiro livro fiquei interessada. Acho essas capas bem boladas e a ideia muito original. Gostei de saber que esse segundo volume não chega a ser uma continuação propriamente dita. Vou mandar o link pra meu namorado, ele vai gostar bastante.

    ;*

    ResponderExcluir