[RESENHA #335] POLÍCIA (HARRY HOLE #10) - JO NESBO - Saga Literária

Novidades

terça-feira, outubro 17, 2017

[RESENHA #335] POLÍCIA (HARRY HOLE #10) - JO NESBO


Título: Polícia (Harry Hole #10)
Autor: Jo Nesbø
Editora: Record
Páginas: 546
Ano: 2017
ISBN: 9788501109583
Onde Comprar: Amazon

Sinopse: 
A polícia de Oslo precisa desesperadamente de Harry Hole. Mas, dessa vez, talvez ela não possa contar com seu detetive mais brilhante... Ao longo dos anos, o inspetor Harry Hole esteve envolvido nos principais casos de assassinato em Oslo e salvou a vida de muitas pessoas. Mas, quando um assassino brutal ataca os policiais da cidade e seus colegas são expostos ao perigo, Harry não se encontra em posição de proteger ninguém – muito menos a si mesmo. Um investigador aposentado é assassinado de modo brutal em um bosque nos arredores da cidade; um detetive é morto com requintes de crueldade. Ambos são encontrados nos locais dos crimes que não foram capazes de solucionar. E o assassino não para por aí. Funcionando como uma força-tarefa, os amigos de Harry na polícia entram em ação. Apesar da falta de pistas, eles contam com uma ajuda inesperada para deter o assassino antes que seus colegas sejam as próximas vítimas.

Resenha: Jo Nesbo nos leva de volta para Oslo onde um policial aposentado é assassinado de forma brutal em uma cena de crime que ele não conseguiu solucionar, porém a onda de violência não para por ai. Em certo momento outro policial é assassinado e encontrado morto em outra cena de crime, em outro caso que não foi solucionado. A polícia de Oslo acredita que os casos são isolados, porém com o passar do tempo os assassinatos começam a ser mais frequentes. Diante desse cenário a polícia tenta solucionar esse misterioso quebra-cabeça.

"Tinha sido um dia longo e quente de setembro, com aquela luz que transforma as águas do fiorde de Oslo em prata derretida e faz resplandecer as suaves colinas, que já adquiririam os primeiros matizes outonais. Um daqueles dias que fazem os habitantes de Oslo jurarem que nunca, jamais, se mudarão da cidade [...]" p. 9.

Longe de conseguirem qualquer pista que possa levar ao responsável pela série de assassinatos e com Harry Hole afastado da polícia por motivos pessoais, uma equipe é criada informalmente para realizar uma investigação em paralelo à oficial e assim conseguir de fato impedir que o assassino mate novamente. Nessa nova equipe são reunidos os amigos próximos de Harry como a detetive Katrine Bratt, os peritos Beate Lonn e Bjorn Holm, o psicólogo Stale Aune e o chefe da divisão de homicídios Gunnar Hagen. Mesmo com toda a capacidade da equipe, o avanço nas investigações segue com passos lentos.
Harry Hole mudou completamente a sua vida após prometer para Rackel que iria ficar afastado das investigações policiais, agora tem como compromisso a sala de aula, ensinando aos integrantes da Academia de Polícia de Oslo suas técnicas de investigações que o tornou uma lenda. Apesar de gostar da sua nova rotina e levar uma vida pacata, o instinto de caçador jamais abandonou o temido detetive. Diante de suas novas prioridades e de alguns problemas que surgem em sua vida, a vontade de pegar o assassino de policiais torna-se algo tentador e praticamente incontrolável para Harry Hole.

"Estavam na Sporveisgata. Harry ouviu as sirenes. Um homem de óculos escuros acompanhado de um cão veio andando na direção deles. Passou pelos dois sem sequer lhes dirigir um olhar, o som da bengala branca batendo na calçada semelhante ao de uma castanhola." p. 341.

Opinião: Polícia é um livro super envolvente, eu adorei realizar a leitura de mais um volume da série Harry Hole e apesar do livro contar com mais de quinhentas páginas em nenhum momento a leitura foi enfadonha ou cansativa. Jo Nesbo dá um show ao inserir diversas pegadinhas e mistérios ao longo da trama e em vários momentos fiquei curioso, mas também apreensivo sobre o que iria ocorrer. Jo Nesbo foi brilhante ao criar as cenas de crime e também ao informar para o leitor as técnicas forenses, bem como as escolas de pensamento da psicologia.
Preciso admitir que apesar de Polícia ser apenas o segundo livro que li de Jo Nesbo (o primeiro foi "O Fantasma"), o autor me conquistou, pois os seus dois livros que li até agora são magistrais, são thrillers de alta qualidade. A trama em Polícia por sinal é extremamente bem estruturada e equilibrada. Os personagens são bem construídos, cada um tem a sua própria motivação e precisam realizar escolhas, além é claro de arcar com as consequências das mesmas. Jo Nesbo ao finalizar Polícia deixa em aberto algumas possibilidades para o seu próximo livro, Thirst, publicado esse ano, porém sem previsão de lançamento no no Brasil pela Record. Super recomendo a leitura para todos que amam ação e suspense.
Sobre a Edição: A editora Record novamente apresenta uma bela edição para a série Harry Hole. A capa é muito bonita, a diagramação está ótima, a fonte e o espaçamento estão confortáveis e o melhor, as folhas são amareladas (papel pólen). A revisão do texto ficou realmente muito boa.
Sobre o Autor: Escritor e músico noruegês, Jo Nesbø nasceu em Oslo (29 de março de 1960), Noruega. Formou-se na Escola Norueguesa de Economia e Administração de Empresas com licenciatura em Economia. Nesbø ficou conhecido por sua série de romance criminal sobre o detetive Harry Hole, ao mesmo tempo, Nesbø é o principal vocalista e compositor da banda de rock norueguês Di Derre. Nesbø também escreveu uma série de livros infantis sob o título Doktor Proktors prompepulver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário