[RESENHA #361] PROVENCE - BRIDGET ASHER - Saga Literária

Novidades

sábado, novembro 18, 2017

[RESENHA #361] PROVENCE - BRIDGET ASHER


Título: Provence
Autora: Bridget Asher
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Ano: 2017

ISBN: 9788581637600
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: 
“Eis uma forma de colocar a questão: a perda é uma história de amor contada de trás para frente... Toda boa história de amor guarda outra história de amor escondida dentro dela. ” A vida de Heidi com o filho tornou-se um jogo para manter viva a memória de Henry, bom pai e marido exemplar. Manter uma vida normal em um mundo em que Henry não existe mais está cada dia mais difícil. Heidi precisa lidar com o filho que se tornou um verdadeiro maníaco por limpeza e com a sobrinha Charlotte, uma adolescente problemática. Uma casa em “Provence”, na França, que pertence à família de Heidi há gerações, é rica em histórias de amor e surpreendentes coincidências. Heidi e sua irmã mais velha, Elysius, passavam os verões lá quando crianças, junto com a mãe. A casa, as lembranças e os segredos de Provence haviam ficado para trás, mas agora, com o incêndio que atingiu a propriedade, a casa precisa ser salva por Heidi. Ou será que é Heidi quem precisa ser salva pela casa? Uma história de recomeço, amor e esperança perante a perda, em que uma pequena casa na zona rural do sul da França parece ser a responsável por curar corações partidos há anos. 

Resenha: A trama inicia-se com Heidi precisando lidar com o casamento da sua irmã Elysius e ao mesmo tempo com o luto pela perda do seu marido em um acidente de carro. Agora viúva, Heidi precisa reconstruir a sua vida ao lado de Abbot, seu filho de apenas oito anos. O objetivo da viúva é manter viva a memória de Henry, mas essa missão se torna difícil com o decorrer do tempo e a ausência de Henry no seu dia a dia é um fardo extremamente pesado para suportar.

"Esqueci jaquetas em restaurantes, deixei um livro debaixo do assento no cinema, minhas chaves no balcão do caixa de uma farmácia - e depois, ao sentar dentro do carro por um momento, desorientada, tentando entender o que exatamente havia de errado, me arrastei de volta à drogaria, onde a atendente sacudiu o chaveiro sobre a própria cabeça para eu ver." p. 9.

Em meio às dificuldades, Heidi precisa lidar com o novo hábito adquirido por seu filho, uma mania de limpeza, pois ele tem um grande pavor de germes. Além do filho, Heidi precisa lidar com Charlotte, sua sobrinha de apenas 16 anos e um tanto problemática. Como se a situação já não fosse ruim, Heidi apesar de morar nos Estados Unidos é descendente de franceses e a sua família mantém uma casa em Provence, um lugar cheio de histórias incríveis e fascinantes, local onde milagres acontecem, mas a cozinha da casa é atingida por um incêndio e a pedido da sua mãe ela fica com a incumbência de reconstruir e reparar todo o prejuízo do local.

"Eu me sentia desconfortável. Minhas mãos tremiam. Eu as esfreguei uma na outra para tentar me livrar daquela sensação. Convenci a mim mesma de que era mais fácil simplesmente me fechar para me curar de tudo aquilo [...]" p. 181.

É através desse pedido que a viúva vê uma grande oportunidade de mudar de vida e manter a cabeça ocupada. por isso resolve ir para a França junto com o filho e sua sobrinha. Em Provence Heidi recebe as boas vindas de Julien, vizinho da casa da família e quem não via há muito tempo. Ele, assim como Heidi, tem os seus próprios dramas. Julien, na verdade fez parte de sua infância e vai estar ali para ajudar Heidi no que for preciso. Entre segredos e revelações, Provence faz surgir na vida de Heidi, novas perspectivas e aos poucos começa a modificar a vida das pessoas que nela habitam apresentando, inclusive, a possibilidade de um novo amor.
Opinião: Provence é um livro que fala sobre perda, dramas familiares, superação, o valor da amizade e a necessidade da mudança para surgir novos desafios e descobertas. O livro nos mostra que devemos viver de forma intensa e viver cada momento que temos da melhor maneira possível. Provence emociona e nos faz repensar sobre nossas vidas. Esse livro nos ensina que podemos amar novamente, independente de nossas experiências passadas. Com uma narrativa envolvente, a leitura flui muito bem. Bridget Asher apresenta uma escrita clara e cativante. Recomendo Provence para quem gosta de um romance leve e sensível em meio as paisagens de uma província francesa. O livro de Briget é lindo e me conquistou.
Sobre a Edição: A capa está incrível, é linda, conta com diversos detalhes e está intimamente ligada a trama. A diagramação é de qualidade, algo comum nos livros da Novo Conceito. A fonte está confortável, a revisão ficou ótima e foi utilizado papel pólen. O livro conta com informações sobre a autora e no geral a edição está encantadora.
Sobre a Autora: Bridget Asher nasceu em 30 de Setembro de 1969, Estados Unidos. Briget Asher na verdade é um dos pseudônimos de Julianna Baggott, romancista, ensaísta e poeta. Autora de mais de vinte livros, seu trabalho tem aparecido no The New York Times, Boston Globe e Washington Post. Ela é professora-associada na Escola de Artes Cinematográficas da Universidade da Flórida e também presidente do departamento de Línguas Contemporâneas no Colégio da Santa Cruz em Worcester, Massachusetts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário