[RESENHA #370] OS IRMÃOS SISTER - PATRICK DEWITT - Saga Literária

Novidades

sexta-feira, dezembro 01, 2017

[RESENHA #370] OS IRMÃOS SISTER - PATRICK DEWITT



Título: Os Irmãos Sister
Autor: Patrick deWitt
Editora: Planeta
Páginas: 208
Ano: 2013
ISBN: 9788542201055

Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse:
 Em ´Os irmãos Sister´, Patrick de Witt faz uma homenagem ao universo clássico do Velho Oeste, transformando o cenário comum em uma inesquecível viagem cômica com personagens marcantes - perdedores, trapaceiros, românticos, confusos - e uma narrativa empolgante. Uma ficção histórica sobre os anos 1850 que mostra dois irmãos unidos pelo sangue, a violência e o amor. O Velho Oeste não foi mais o mesmo depois que eles chegaram. Será que o leitor conseguirá acompanhar o gatilho desses dois irmãos?

Resenha: Escrito por Patrick deWitt, a história de Os Irmãos Sister ocorre nos anos de 1850, nos Estados Unidos. É nesse período que o país vive o período conhecido como a corrida do ouro, quando muitos vão para a costa do pacífico, surgindo a denominação "Velho Oeste". O livro nos traz a história de Charlie e Eli, dois irmãos que estão juntos desde que nasceram e decidiram trilhar os caminhos do pai, seguindo a carreira de matadores de aluguel. Logo no início a dupla é contratada por Comodoro para encontrarem o prospector Hermann Kermit Warm, que eles precisam capturar e exterminar.

"Eu estava sentado do lado de fora da mansão do Comodoro, esperando meu irmão Charlie sair com notícias sobre o trabalho. Estava ameaçando nevar, e eu sentia frio. Como queria algo para fazer, comecei a estudar Nimble, o cavalo novo do Charlie. Meu novo cavalo se chamava Tub. Não erámos de nomear esses animais, mas tínhamos recebido os dois já com seus nomes como parte do pagamento pelo último trabalho, então tudo bem." p. 5.
Para completar a missão, os irmãos precisam sair de Oregon e ir até a Califórnia, mas é nessa viagem que vários incidentes acontecem, Eli é picado por uma aranha que estava em sua bota e posteriormente acaba gerando problemas dentários, fato que o leva a conhecer a escova e pasta de dente. Charlie também se surpreende e fica impressionado ao conhecer um líquido anestésico apresentado por um dentista. Aos poucos conhecemos e passamos a entender o relacionamento dos irmãos nessa jornada. Eli é o mais novo dos dois e aparenta estar cansado da vida que leva, mesmo amando o seu irmão, ele não quer mais ser um matador de aluguel e deseja outros caminhos para a sua vida, o que incluí apaixonar-se por uma mulher e ter uma vida tranquila.

"Passando pelo salão de Mayfield, olhei para dentro e vi que tanto ele como a mulher nua tinham desaparecido, e o suporte de pele tinha sido levantado. No fundo do corredor, uma das prostitutas estava parada com a cabeça enfiada pela porta do quarto ao lado do meu. Indo na direção dela, perguntei se tinha visto Charlie." p. 109.

Charlie é um homem atraente e sem escrúpulos, ele encara o assassinato de forma tranquila e racional, é também egoística e alcoólatra, Charlie parece não ligar para o irmão e constantemente subjuga Eli. Charlie ama o seu trabalho, visa apenas o dinheiro e seus benefícios, vive fazendo planos ambiciosas e não consegue se ver fora dessa vida de matador de aluguel. Durante essa longa jornada, Eli começa a questionar os motivos que levaram Comodoro a desejar a captura e extermínio de Hermann, mas também fica refletindo e indagando sobre a própria vida e o que o futuro lhe reserva.
Opinião: Com uma narrativa em primeira pessoa, envolvente e fluida, Patrick deWitt nos demonstra um período em que os homens estavam em decadência, pois tudo era deixado para trás em busca do ouro, em busca de uma vida melhor, mas com altos custos, como assassinatos e roubos, até mesmo a insanidade se instalava em alguns homens, sem contar que grande parte do que ganhavam era gasto com bebidas alcoólicas ou prostitutas.

Eu amei ler Os Irmãos Sister, sai da minha zona de conforto, foi uma leitura diferente do que estou acostumada. Achei interessante acompanhar as dificuldades e problemas que os irmãos Charlie e Eli precisaram enfrentar, gostei de conhecer ambos durante essa jornada. Conforme o tempo vai passando, é interessante ver que eles se unem e fortalecem o laço de sangue existente entre eles. O mais legal é que a construção e amadurecimento dos personagens ocorre de forma gradativa, com o passar dos capítulos. Indico o livro para todas as pessoas que gostam de faroeste, que querem conhecer um pouco a realidade dos EUA do século XIX, mas também esse período histórico que não é muito retratado e explorado em livros atualmente.
Sobre a Edição: A Planeta de Livros caprichou na edição, a diagramação está impecável, a capa ficou muito bonita e tem tudo a ver com o enredo, o início de cada capítulo conta com uma arte para retratar os irmãos. A revisão ficou boa, a fonte poderia ser maior, mas isso não atrapalha ou tira o brilho do projeto gráfico. O espaçamento ficou bom e o melhor, o livro conta com folhas amareladas (papel pólen).
Sobre o Autor: Patrick deWitt nasceu em 06 de Março de 1975 na cidade de Vancouver, Canadá. Morou na Califórnia, em Washington e agora, vive no Oregon com sua esposa e filho. É autor também da aclamada obra Ablutions: Notes for a novel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário