[RESENHA #453] CORAGEM - ROSE MCGOWAN - Saga Literária

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, abril 11, 2018

[RESENHA #453] CORAGEM - ROSE MCGOWAN


Título: Coragem
Autora: Rose McGowan
Editora: HarperCollins
Páginas: 272
Ano: 2018
ISBN: 9788595082830
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: 
Rose McGowan se tornou uma das atrizes mais desejadas de Hollywood da noite para o dia quando foi “descoberta” nas ruas de Los Angeles. O estrelato logo se tornou um pesadelo de exposição constante e sexualização. Todos os detalhes de sua vida pessoal se tornaram públicos, e as realidades de uma indústria inerentemente machista emergiam a cada roteiro, papel, aparição pública e capa de revista. Hollywood esperava que Rose ficasse quieta e cooperasse. Em vez disso, ela se rebelou e impôs sua verdadeira identidade e voz.

Ela reemergiu sem roteiros nem desculpas, corajosa, controversa e sempre verdadeira. Liderando o movimento de denúncias de assédio sexual na indústria de entretenimento ao expor os crimes de Harvey Weinstein, Rose é hoje um dos rostos do movimento feminista e não hesita ao disparar verdades inconvenientes e exigir mudanças. Coragem é seu livro de memórias em forma de manifesto — um relato sem censura nem piedade da ascensão de um ícone millennial, uma ativista sem medo e uma força de mudança imparável determinada a expor a verdade sobre a indústria do entretenimento, trazer à luz uma indústria multibilionária construída sobre a misoginia sistêmica e apoderar pessoas ao redor do mundo a acordarem e terem coragem.


Resenha: Coragem foi o primeiro livro que recebi da HarperCollins Brasil após a Saga Literária ser selecionada como parceira oficial. No início eu fiquei um pouco ressabiado, pois apesar de ler biografias, eu confesso que não lembrava da Rose McGowan, atriz que participou do filme "Pânico" e da série "Charmed" nos anos 90. Autora e figura central do livro, conhecemos a vida de McGowan, que nasceu na Itália e cresceu isolada do mundo em uma seita religiosa chamada de "Meninos de Deus".

"Minha vida, como você vai ler, me levou de um culto perigoso a outro, o maior culto de todos: Hollywood. E digo isso porque, com exceção da bomba nuclear, nada tem alcance mais amplo do que Hollywood. CORAGEM é a história de como lutei para sair desses cultos e retomei minha vida. Quero ajudar você a fazer a mesma coisa." p. 17.

Nessa seita, as mulheres eram consideradas escravas e deviam ser belas, a sua infância foi marcada pela crueldade e brutalidade, pois ela teve que viver sob o julgo da arrogância e machismo do seu pai e dos seguidores da seita. Para piorar todo o cenário, era incentivando dentro da seita relações sexuais entre adultos e crianças. Percebendo todo o perigo que a sua família corria, o pai de McGowan decidiu fugir da seita com a sua filha e os outros cinco filhos, essa fuga ocorreu quando Rose tinha apenas nove anos. Mas a vida de McGowan não melhorou após a fuga, pois ela precisava conviver com as constantes alterações de humor do seu pai e a cada momento ela vivia com uma parente diferente.
Aos 13 anos de idade, McGowan decide fugir de casa e isso tornou-se algo endêmico, pois ela vivia em um ciclo fugir de casa, morar nas ruas e voltar para  casa. Com o passar dos anos, McGowan cresceu e tomou uma importante decisão, ela decidiu se mudar para os Estados Unidos, país que ela nutria esperança para conseguir uma vida melhor, uma vida diferente e tranquila. Nos EUA, com apenas 17 anos, ela virou atriz em 1992 e foi em Hollywood que ela sofreu abusos, mas também presenciou diversos outros abusos sofridos por mulheres.

"[…] Ao escrever essas velhas convicções, fiquei livre para pelo menos pensar diferente a respeito de quem sou e lapidar um outro futuro. Um futuro com base em minhas verdadeiras forças. Um futuro com base em como eu realmente me via, não em como era vista." p. 246.

Em Hollywood, as mulheres eram tratadas como objetos sexuais e isso não ficava limitado aos filmes, era algo que ocorreria em seu ciclo social também. Rose relata diversos momentos em que ficou exposta, em que foi abusada física e psicologicamente, foram várias humilhações que marcaram a sua vida e de onde deveria vir o apoio para ela, veio somente o silêncio.
Opinião: Coragem é um livro chocante, retrata de forma nua e crua como muitas mulheres são tratadas, seja em casa, no trabalho ou no ciclo social em que está inserida, vemos esses tratamentos através dos diversos abusos físicos e psicológicos que Rose McGowan sofreu ao longo da vida. Eu gostei da escrita da autora, ela não poupa os detalhes, é corajosa e direta, em certo momento ela consegue até ser engraçada diante de todas as dificuldades e nesse cenário brutal e adverso que enfrentou.

Essa foi uma leitura rápida, envolvente e forte, a autora não passa a mão na cabeça de ninguém, mostra como é a realidade enfrentada por muitas mulheres por exemplo em Hollywood. Eu gostei dessa leitura, achei interessante e me tirou da zona de conforto, recomendo principalmente para quem quer conhecer um pouco dos bastidores de Hollywood, mas também para todas aquelas mulheres que lutam por seus direitos, por um tratamento digno e igualitário.
Sobre a Edição: A capa apresentada pela HarperCollins Brasil é a mesma lançada no exterior e isso não desmerece o belo trabalho apresentado pela editora, por sinal ficou bem bonita e chama atenção. Encontrei pouquissímos erros na revisão, nada que interfira na leitura. As folhas são amareladas, a gramatura das folhas ficou muito boa e a fonte está extremamente confortável. No geral eu gostei da edição apresentada pela HarperCollins Brasil.
Sobre a Autora: Rose Arianna McGowan nasceu em 5 de setembro de 1973 na cidade de Florença, Itália. McGowan ficou mundialmente conhecida como atriz e principalmente por seu papel como Paige Matthews na série televisiva Charmed. Rose foi criada no movimento religioso Meninos de Deus que lhe traumatizou pois, segundo ela, era proibida de qualquer contato com o mundo exterior e as mulheres são forçadas a serem escravas sexuais. Através dos contratos do pai com artistas na Itália, Rose começou sua carreira como modelo infantil, aparecendo na Vogue Bambini, e outras revistas italianas, mostrando inteligência excepcional desde jovem. Com 15 anos, ela pediu oficialmente a emancipação de seus pais representando-se no tribunal. Ela passou a viver em Seattle com sua tia, estudando no colégio Roosevelt High School.

4 comentários:

  1. Olá eu vi esse lançamento no Face e me interessei muito apesar de assim como você não gosto muito de biografias, e depois de ler sua resenha com certeza irei procurar ler. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá! Realmente este parece ser um livro que choca, ainda mais sabendo que tudo aconteceu com a autora. Eu não costumo ler biografias mas me interessei por essa apos ler sua resenha! Muito bacana a dica!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  3. desde qeu vi esse lançamento fiquei curiosa pra ler, mesmo não acompanhando o trabalho da atriz... mas seria pela trajetória dela e os problemas que enfrentou na vida e profissão...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  4. Oie
    também não tenho costume de ler biografias e nao lembrava dela, mas adorei ver sua resenha para relembrar um pouco e saber mais sobre a mulher, muito interessante a história, parece ser uma bela obra

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

Post Bottom Ad