[RESENHA #490] A ESCOLA DO BEM E DO MAL: UM MUNDO SEM PRÍNCIPES - SOMAN CHAINANI - Saga Literária

Breaking

segunda-feira, 25 de junho de 2018

[RESENHA #490] A ESCOLA DO BEM E DO MAL: UM MUNDO SEM PRÍNCIPES - SOMAN CHAINANI


Título: A Escola do Bem e do Mal: Um Mundo Sem Príncipes
Autor: Soman Chainani
Editora: Gutenberg
Páginas: 320
Ano: 2015
ISBN: 9788582352953
Onde Comprar: Saraiva - Amazon

Sinopse: Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.

Resenha: Você sabe o poder de um pedido feito de todo o coração? Você já teve um desejo e ele foi atendido? Um pedido poderia mudar vidas? No mundo dos contos de fadas, os pedidos são tão poderosos que não só muda vidas, como é capaz de reabrir uma história e destruir um "felizes para sempre".

Depois de um ano cheio de provações, de aprendizado e de quase morte na Escola do Bem e do Mal, Agatha e Sophie têm seus felizes para sempre juntas, novamente em Galvadon. Elas são amigas e sabem que tudo o que precisam é uma da outra para sempre felizes. Mas elas não estão realmente felizes.

"No entanto, mesmo com todos os seus poderes e feitiçarias, ele não sabia que havia uma cura, uma amiga que a fazia ser do Bem. Contanto que ela tivesse Agatha, jamais voltaria a ser aquela bruxa horrenda." p. 39.


Sophie nunca gostou do lugar, sempre se sentiu descartada pelo pai e agora mais do que nunca. Seu pai irá se casar novamente, e nem mesmo a permissão dela ele pediu! Além do mais, terá os dois filhos homens que sempre quis, seus enteados. Sophie vive em emoções que desperta o seu lado mau, porém, vive tentando ser do bem... Por Agatha.
Esta, por outro lado, não consegue mais se sentir completa. Por mais que tente, seus pensamentos sempre voltam para o mundo mágico onde ela se descobriu muito mais do que pensava. Até mesmo os seus sonhos caminham nesta direção, sempre se lembrando de Tedros, o seu príncipe.

"Mas Sophie sabia que Agatha não poderia ser sincera no pedido pela amiga. Agatha não poderia se esquecer dessa escola. Porque uma amiga já não era suficiente para Agatha. Agatha queria um príncipe." p. 80.


E assim, um pedido é feito. Um pedido que abre a vila de Galvadon para a magia novamente, que coloca a cabeça de Sophie a prêmio - literalmente - e obriga as duas meninas a voltarem ao mundo mágico, apenas para descobrir que as antigas Escolas do Bem e do Mal se transformaram em Escolas de Meninas e Meninos, respectivamente, com Tedros como o diretos dos meninos, ansioso para matar a bruxa e atender ao pedido de sua princesa.

Mas não só Tedros se torna o problema para o final feliz das meninas. Elas irão descobrir que todas as histórias começaram a se espelhar nas delas. As princesas não precisam mais dos príncipes e isso mudou tudo, inclusive a nova Reitora... Uma mulher misteriosa, ansiosa para findar a era do príncipes.

Junto a tudo isso, as meninas irão aprender o significado de amizade um pouco melhor, assim como entender como funcionam os pedidos e o amor verdadeiro. Mas, mais do que tudo, elas precisarão entender e enfrentar o verdadeiro Mal.
Opinião: Quando eu terminei de ler o primeiro livro dessa série, estava ansiosa para saber o que aconteceria com Agatha e Sofie, justamente pelo final "suspenso" que teve. Mas confesso que o livro foi difícil de ler em seu início. A história começou não sendo tão atrativa, pois ficava presa na luta interna das meninas. Um momento necessário, mas ainda assim, longo o bastante para ser cansativo. 

Porém, assim que a história começa a entrar nos mistérios que rondam as novas escolas, aos segredos que rondam os professores e as meninas, tudo volta a ser muito interessante e eu me vi presa em cada página, ansiando por descobrir o que iria acontecer.

Como no livro anterior, o autor conseguiu trazer muitos elementos surpresa, especialmente no que diz respeito à Sophie. Se antes eu já havia gostado dela como "bruxa", agora eu a adoro como uma pessoa que está lidando com o seu lado do mal. De certo modo, quando ela está fazendo isso, consegue ser até mesmo inocente, o que é o completo oposto do que se imagina de uma pessoa como ela.

"Nada nesse mundo jamais foi certo. Príncipes podiam se tornar tão assustadores quanto ogros. Princesas podiam se transformar em vilãs. Melhores amigas podiam se tornar inimigas." p. 131.


A amizade foi imensamente abordada nesse livro, não só através das protagonistas, mas também no lado masculino e, em especial, com as amigas "bruxas" de Agatha, que se arriscam para ajudá-la. Se existe pedirem para que eu destaque um ponto na história, é a forma como a amizade é retratada, de uma maneira bem sincera e transparente.

Então, apesar do começo parado e pouco atrativo, "Um Mundo Sem Príncipes" trouxe uma grande e nova emoção para a história que caminha para o seu fim, com as meninas buscando o tão sonhado "felizes para sempre", da mesma forma que todos a sua volta. Um livro que é cada vez mais recheado de fantasia, aventura e emoções. E que, como no anterior, terminou me deixando ansiosa para ler o próximo volume!
Sobre a Edição: Assim como o volume anterior, a edição conta com uma capa linda, carregada de elementos principais que envolvem a história, como a serpente, as borboletas e o novo castelo da Escola de Meninas, assim como o fosso. Conforme se lê a história, se entende tudo mostrado na capa, o que a faz mais encantadora. As páginas são amareladas e grossas, com ilustrações que traduzem bem o assunto principal de cada capítulo. Não encontrei erros de digitação, nem ortográficos. A editora fez um trabalho maravilhoso!
Sobre o Autor: Soman Chainani é fascinado por contos de fadas (mais que as crianças de Gavaldon). Cresceu lendo essas histórias e assistindo às animações da Disney. Quando fez sua graduação em Harvard, praticamente criou uma matéria para ele mesmo, sobre contos de fadas, e escreveu uma tese sobre o motivo pelo qual os vilões são tão irresistíveis. Roteirista aclamado, é mestre pela Columbia University na área de Cinema (Direção) e foi ganhador do prêmio máximo da instituição, o FMI Fellowship. Seus filmes já foram exibidos em mais de 150 festivais ao redor do mundo, ganhando mai de 30 prêmios de júri e público. Suas premiações como autor incluem o Big Bear Lake, o New Draft, o CAPE Foundation, o Sun Valley Writter’s Fellowship e o cobiçado Shasha Grant, concedido por um júri internacional de executivos de Cinema. Quando não está escrevendo histórias ou lecionando em Nova York, é um jogador de tênis habilidoso e difícil de vencer (ficou dez anos sem perder um primeiro set!). até que começou a escrever “A Escola do Bem e do Mal”. Agora, ele perde sempre.

20 comentários:

  1. Sou suspeito para falar, pois estamos juntos na Saga, mas eu gostei bastante da sua resenha e já te falei isso. As fotos ficaram bem legais e preciso aprender contigo como escrever @sagaliteraria na foto! Rssss
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Fê, eu estou louca para ler esta série. Sou apaixonada por contos de fadas e finais "Felizes para sempre". Já está na lista de desejados.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda, sua linda, tudo bem?
    Antes de mais nada, adorei quando o autor fez uma tese para defender os vilões dizendo que eles são irresistíveis. Eu sempre disse que prefiro os vilões, são os personagens mais complexos, se eu fosse uma atriz lutaria para representar um deles. Como fã de contos de fadas, sempre quis ler essa trilogia, acho super criativa. E adorei saber que nesse livro o autor desenvolve o sentimento de amizade, o que eu acho lindo. Estou louca para ler. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Eu quero tanto ler essa série! Vi que o quarto volume vai sair esse nos próximos meses e fiquei mega ansioso para conhecer esse universo. O enredo me agrada demais, adoro quando a trama trabalha a amizade. As capas são bem lindas!
    Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  5. Olá Fê, tudo bem? Li todas as resenhas dessa série em outro blog, e fiquei encantada com essa história! Não pretendo comprar os livros agora mas, na Black Fridey, estou esperando diminuir algumas livros que eu tenho para ler na estante. Sua resenha ficou bem completa e as fotos lindas.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  6. Adoro a premissa dessa série e estou ansiosa para conferir esse livro. Adoro as características das personagens, sem dizer que tem essa nova reitora, preciso muito ler e descobrir tudo sobre essa escola.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu nao acho essa capa nada bonita, nao sei, mas por algum motivo ela nao me atrai, no entanto, eu vejo tantos comentários positivos a respeito dessa série que to quase me rendendo, é tudo muito amorzinho, ne? Que bom que a leitura começou cansativa mas depois entrou nos trilhos, vou aguardar alguma promoção pra adquirir ao menos o primeiro volume.

    ResponderExcluir
  8. Mais uma resenha muito bem feita por aqui, mas confesso que não é uma leitura que me vejo fazendo, pois não me atrai, então muito obrigada pela dica mas deixarei passar dessa vez.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que li sua resenha um pouco por cima, pois ainda não li o primeiro livro (estou esperando meu exemplar chegar). Mesmo assim, fiquei feliz de saber que, apesar do início um pouco mais lento, esse segundo volume foi uma leitura interessante, com muitos elementos surpresa e muitas emoções.
    Adorei sua resenha e espero que o próximo livro seja uma leitura ainda melhor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Fico muito feliz que o segundo lovro tenha te deixado contenta apesar do início parado! Esses livros sempre me deixam com muita vontade de ler por ser sobre contos de fadas mas fico com o pé atrás pelo enredo.. É uma duvida cruel haha mas amei a sua resenha e as fotos ficaram lindas ♡

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Pelas fotos já fiquei encantada pela edição do livro. Bom saber que mesmo que o começo não tenha um ritmo muito ágil, melhora com o passar dos capítulos. Ficou ótima a sua resenha.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Tenho grandes curiosidades sobre a história e espero poder lê-la em breve. De fato a edição é lindíssima, e quero aproveitar a vinda do autor para a Bienal para quem sabe rolar um autógrafo?! Adorei a sua resenha!
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Eu confesso que sempre que via as capas dos livros me remetia a algo mais infantil, mas pelo jeito a história é bem desenvolvida. Vejo muitas pessoas falando bem das obras. Adorei sua resenha, fiquei afim de ler o primeiro livro. E que pena saber que esse tem um início mais lento.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem? Não conhecia essa série, mas a sua resenha me fez ficar DOIDA para lê-la! *-* Achei muito gracinha e achei que resgata uma fantasia mais sutil e infantil da qual sinto falta. Vou, com certeza, colocá-la na minha wishlist! Amei a sua resenha! Muito obrigada pela dica! :D

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Adorei seus elogios para esse segundo volume da série e isso me deixou bem intrigada para lê-lo, principalmente, por saber que os personagens estão lutando contra eles mesmo (a Sophie) e por ver que a Agatha sente falta do Tedros.
    Suas impressões foram as melhores possíveis e espero que esse livro responda várias perguntas que surgiram no primeiro livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá eu já tinha ouvido falar sobre o primeiro livro mais ele não me pareceu ser um livro bom por causa da capa. Mais fiquei curiosa com a sua resenha dica anotada

    ResponderExcluir
  17. Oi, Fernanda! Embora esse seja o segundo livro de uma série que ainda não li, já tinha recomendações sobre ela. Por algum motivo, ela nunca chamou muito minha atenção, mas conhecendo melhor alguns pormenores da trama, fiquei bastante interessada. Gostei da sua resenha, ela foi bem consciente em relação ao que acontece.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  18. Que capas lindas! A capa ter conexão com a trama é muito legal e eu sempre fico buscando esta conexão. Eu amo fantasia e com certeza lerei esta série, sem falar que vc me cativou com as perguntas iniciais que você fez.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  19. Eu quero muito ler esse livro, parece ser uma obra que me envolveria desde o começo da leitura. A premissa é agrada bastante e adorei ver a sua opinião sobre ele.

    ResponderExcluir
  20. estes começos mais parados são um perigo, muitas vezes desmotivam a continuação da leitura. Que bom que não foi o sue caso. Eu não comecei a série ainda, apesar de ter interesse nela.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir