[RESENHA #496] NADA A PERDER - JEFF LEMIRE - Saga Literária

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, julho 09, 2018

[RESENHA #496] NADA A PERDER - JEFF LEMIRE

Título: Nada a Perder
Autor: Jeff Lemire
Tradução: Jim Anotsu
Editora: Nemo
Páginas: 272
Ano: 2018
ISBN: 9788582864609
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Derek Ouelette costumava ser alguém. Promessa do hóquei, ele agora nada mais é do que a sombra do ídolo que um dia poderia ter sido. Um bêbado, sacana, violento, leva uma vida esquecida por todos em uma vila esquecida por todos. Um dia, no entanto, algo invade sua história e o coloca diante de uma escolha impossível. Uma escolha que só pode ser feita por um homem que não tem nada a perder. 

Resenha: Nada a Perder foi escrito e ilustrado pelo canadense Jeff Lemire que nos apresenta a história de Derek Ouelett, um homem repleto de problemas, impaciente com as pessoas ao seu redor e muito introspectivo. Derek foi uma grande estrela no Hóquei do gelo, pois ele era um jogador durão e adorado pela torcida, mas em certa partida ele extrapola e vai além de qualquer conduta aceitável no jogo e por isso ele se vê fora do esporte profissional. Agora o brutamontes ex-jogador de Hóquei mora em uma pequena cidade do interior chamada Pimitamon. O lugar é extremamente frio, tem um aspecto desolador e é repleto de neve, em Pimitamon a antiga estrela do esporte mora agora em um quartinho de zelador na pequena arena local.

"Pelo amor de Deus, Derek, você não podia ter ido atrás do prédio pelo menos? Alguma criança poderia ter visto ou coisa do tipo."
Atormentado pelos fantasmas do passado, Derek vive remoendo os erros que cometeu no passado enquanto se afoga na culpa e nos vícios (bebidas, cigarros e analgésico). A única pessoa que realmente dá força para ele mudar de vida é Ray, um amigo de infância e que agora é policial. Mas a sua vida está para mudar, pois a sua irmã que ele não via desde quando ela tinha 13 anos está voltando para a pequena cidade de Pimitamon. Após perder contato com o irmão quando foi jogar Hóquei profissional, Bethy saiu de Pimitamon e foi para a grande cidade de Toronto tentar a vida e lá viveu nas ruas, depois trabalhou em uma lanchonete até que se envolveu com um homem extremamente agressivo, Wade.

"Dei um jeito na vida uns quatro anos atrás, arrumei um emprego de garçonete no centro."

Bethy volta para a sua cidade natal justamente pelo comportamento de Wade que batia nela constantemente, mas ela volta de Toronto grávida do seu ex e com dependência química. Possessivo, Wade vai atrás de Bethy, ele quer levá-la de volta para Toronto, mas ela não quer voltar para a sua vida antiga e para permanecer em Pimitamon ela conta com a ajuda do seu irmão Derek, do policial Ray e de Al, um antigo amigo da família. Agora Derek precisa enfrentar os problemas pessoais juntamente com os diversos problemas da sua irmã.
Opinião: Eu simplesmente adorei a graphic novel Nada a Perder, essa é uma história incrível que fala sobre perda, redenção e superação, fala também sobre o valor e a importância da família e dos amigos. É interessante que Jeff Lemire utiliza das cores para demonstrar fazes da vida dos irmãos Derek e Bethy, isso vem para simbolizar determinadas sensações e situações. O azul é claramente utilizado para demonstrar o clima e cenário desolador de Pimitamon, mas também é utilizado para retratar as vidas tristes dos irmãos Bethy e Derek. A história é completamente oposta ao título da graphic novel, pois os irmãos já perderam tudo, principalmente dignidade e o amor próprio, a única coisa que lhes resta perder são suas vidas propriamente ditas.,Ao meu ver os irmãos estão no fundo do poço e agora lhes resta mudar suas vidas para terem tudo a ganhar.

A trama é desenvolvida lentamente e essa escolha foi acertada, pois o autor cria camadas e profundidade para os personagens apresentados e, aos poucos conhecemos a vida pregressa dos irmãos, como era a vida deles na infância e o relacionamento que tinham com seus pais, o que motivou Derek a ser um jogador de Hóquei e ter esse comportamento extremamente impaciente e por muitas vezes agressivo. Jeff Lemire nos leva a refletir sobre relacionamentos disfuncionais e o quanto a violência doméstica pode impactar na vida das pessoas e nas gerações futuras. Nada a Perder foi uma grata surpresa, adorei conhecer o trabalho de Jeff Lemire.
Sobre a Edição: A capa está diretamente relacionada com o clima desolador da pequena cidade canadense e também com a vida solitária de Derek Ouelette. As ilustrações são caprichadas e cada cor tem um significado para a história. A revisão ficou muito boa e a diagramação está ótima. O selo Nemo realizou um ótimo trabalho.
Sobre o Autor: Best-seller do New York Times, Jeff Lemire é o premiado quadrinista das elogiadas graphic novels Essex County, Secret Path, The Underwater Welder e muitas outras. É roteirista de Extraordinary X-Men e Old Man Logan para a Marvel, Black Hammer para a Dark Horse e diversas outras publicações. Vive com sua família em Toronto, Canadá.

14 comentários:

  1. Confesso que não sou de graphic novel, achou bem legal as ideias, traços e tudo mais porem não é uma leitura que eu ainda tenha me interessado. Mas gostei de conferir sua opinião.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Curto muito histórias nesse formato. Apesar de que não leio um livro nesse estilo há anos.
    Adoro ler os quotes, mas a princípio os que você separou, não dizem muita coisa.
    Não sei se iria gostar da história, me parece que ele não faz muito o meu gênero, mas gosto de verdade de conhecer outros livros e do que eles se tratam.
    Mas de qualquer forma, grata pela sugestão!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  3. Oiieee

    Ultimamente venho me surpreendendo cada vez mais com o catálogo amplo da Nemo, adoro essas novas graphic novels que a editora vem trazendo ao mercado, são sempre temas diferentes, que tratam algo bem atual, gostei de Nada a perder, achei interessante.

    Beijo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Eu amo graphic novels e estou muito curiosa para poder conferir essa obra. Adorei a sua resenha, tenho certeza que será uma leitura excelente para mim.

    ResponderExcluir
  5. Oi Yvens, as Grafic Novels ainda são uma novidade para mim, mas o pouco que li, gostei bastante. Está parece ter um forte drama e como eu gosto do gênero, já anotei a dica.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Eu gosto bastante de quadrinhos e nossa a história desse parece ser do tipo que eu realmente ia gostar bastante. Achei o traço interessante e a história mais ainda. Dica anotada!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  7. Oi Yvens, não tinha visto este livro da Nemo ainda, e adoro as publicações da editora. Já me interessei nele, que como sempre, trás no enredo um assunto importante e atual.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu não tenho o hábito de ler HQs, mas tenho lido tantos elogios para algumas que tenho ficado bastante curiosa para me aventurar por esse universo. Um dos fatores que mais me agradaram foi você ter dito que o livro fala sobre a importância da família e dos amigos. Acho que isso está faltando em algumas obras.
    Vou anotar a dica, sem dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Não costumo ler graphics novels, mas achei a premissa bem interessante, que se tivesse oportunidade, provavelmente leria esse. Gostei bastante do tema e parece ser algo muito bem trabalhado e desenvolvido, parece mesmo ser algo realístico. Ótima resenha!
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa graphic novel, porém, achei interessantes os temas que ela aborda. Infelizmente, eu praticamente não leio HQs e o enredo dessa não me atraiu o suficiente para me motivar a ler. No entanto, adorei sua resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura. Em especial, achei muito legal a forma como os personagens foram bem construídos e tiveram seu passado revelado aos poucos. Para quem curte graphic novels, essa parece ser uma excelente escolha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, as grafic novels da Nemo são simplesmente lindas né, acho as edições super caprichada.. Não esperava um enredo tão pesado em uma grafic novel e confesso que fiquei bem interessada <3 Vou com certeza anotas a dica! Amei a resenha e as fotos <3

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  12. Olá, ficou maravilhosa a sua resenha! Ainda não sabia sobre o que era essa história, mas sabendo que tem irmãos como personagens (algo que amo), já é uma leitura na qual fiquei muito interessada.

    ResponderExcluir
  13. Olá, eu não conhecia o livro, mas pelos seus comentários ele parece ter um enredo bem bacana com boas reflexões, além das ilustrações parecerem também estra muito boas *-* Dica anotada.

    ResponderExcluir
  14. Já compraria pela capa!
    Apesar de não ser o gênero literário que estou acostumada, acredito que leria sem problemas.

    ResponderExcluir

Post Bottom Ad