[RESENHA #516] MAIS QUE AMIGOS (LOVE UNEXPECTEDLY #1) - LAUREN LAYNE - Saga Literária

Breaking

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

[RESENHA #516] MAIS QUE AMIGOS (LOVE UNEXPECTEDLY #1) - LAUREN LAYNE

Título: Mais Que Amigos
Autora: Lauren Layne
Tradução: Alexandre Boide
Editora: Paralela
Páginas: 256
Ano: 2018

ISBN: 9788584391073
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível? Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento. Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver. Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro certo? Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível. 


Resenha: Ben Olsen e Parker Blaton se conhecerem na faculdade, e são grandes amigos desde então, mas também são a prova de que homens e mulheres podem ser amigos sem qualquer segundas intenções. A amizade de Parke e Ben é daquelas para todos os momentos, eles compartilham os bons e maus momentos, permanecendo juntos na alegria e na tristeza. Eles já saíram da faculdade e dividem um apartamento tamanha é a amizade, mas eles seguem carreiras distintas. Parker está com 22 anos, é viciada em trabalho, vive estressada e é apaixonada por seu namorado chamado Lance.

"Garotos e garotas não conseguem ser só amigos. Ou pelo menos não melhores amigos. As coisas acabam se complicando. Agora vamos avançar mais alguns anos na história… Aos vinte e quatro anos, tenho um anúncio de utilidade pública afazer: eu estava errada. Garotos e garotas podem, sim, ser melhores amigos. Dá para ter um relacionamento platônico com um cara sem qualquer desejo romântico, fantasia sexual ou tentativas fúteis de esconder a dor do amor não correspondido com declarações ingênuas como ‘eu não dele desse jeito’." p. 8.
Ben está com 24 anos, trabalha com marketing e propaganda, ele é bem sucedido no seu trabalho, nas horas vagas tenta aproveitar a vida de solteiro ao máximo, ele é um verdadeiro mulherengo. Tudo vai bem na vida de Ben e Parker, eles levam a vida como bem entendem, mas uma reviravolta acontece na vida da jovem quando ela é dispensada por seu namorade e isso mexe profundamente com a dupla. Agora a jovem mulher decide que vai aproveitar mais a vida e pretende usufrui do sexo casual, algo que o seu amigo já faz há algum tempo, dessa forma ela não fica presa a ninguém e fica livre de preocupações.

"Houve um tempo em que eu poderia defender Ben. Ser a pessoa que o procuraria neste exato momento e faria um monologo animado sobre estar sendo um idiota, e sobre como seria uma enorme sorte para qualquer garota ser sua namorada. Eu poderia ter feito isso na época, mas as coisas mudaram. Porque tenho medo de acabar dando com a língua nos dentes. De dizer o que não devo. Tipo que eu quero ser essa garota." p. 184.

Conhecendo de forma íntima a sua amiga, Ben acredita que a sua amiga não é assim, mas ele decide apoiar essa decisão de Parker, pois amigos servem para isso. Contudo, Parker não é o tipo de garota que consegue ou tem coragem de ir para a cama com qualquer homem ou desconhecido que aparece na sua frente e por isso ela faz uma proposta para o seu velho amigo: que eles deveriam manter uma amizade para lá de colorida, tendo em vista que eles já se conhecem muito bem e podem ir direto ao ponto. Ela também propõe que tudo volte ao normal, que tudo volte a ser como era antes, como sempre foi se por ventura a relação entre eles comece a ficar estranha.
Opinião: Eu fiquei super curiosa para ler "Mais que amigos" assim que recebemos um e-mail contendo esse livro na nota fiscal, fui conhecer mais sobre o livro e adorei a sinopse. Mais Que Amigos foi uma leitura rápida e me surpreendeu de forma positiva. A escrita da Lauren Layne é dinâmica e o enredo elaborado pela autora é sensacional, eu fiquei super envolvida e interessada nos personagens, existe uma grande química entre Parker e Ben e isso é muito legal, os diálogos entre eles são bem legais e nos divertimos com eles. Lauren construiu de forma muito satisfatória os protagonistas, demonstrando seus defeitos e qualidades, esses detalhes são explorados no decorrer da história.

Mais que amigos tem um enredo clichê e isso fica claro desde o início, mas em nenhum momento isso diminui o livro ou tira qualidade do mesmo. Mais que amigos é um comédia romântica bela e irresistível. Ao longo da leitura existem momentos engraçados, cenas fofas e também cenas que ficamos com raiva e queremos esganar os protagonistas. O livro é narrado sob o ponto de vista de Ben e Parker e essa foi uma escolhe muito positiva, pois deixa claro o quanto os protagonistas são diferentes. Eu fiquei apaixonada pela história e encantada pelos personagens. Fica a dica para quem deseja uma leitura rápida!
Sobre a Edição: Mais que amigos conta com diagramação simples, excelente revisão e uma capa muito bonita que está de acordo com a trama. Adorei os tons utilizado na capa, principalmente o rosa. As folhas são amareladas (papel pólen), a fonte está de bom tamanho e os capítulos são curtos.
Sobre a Autora: Lauren Layne é autora best-seller na lista do New York Times e do USA Today. Já escreveu mais de duas dúzias de comédias romântivas. Seus livros foram traduzidos em oito idiomas e já venderam mais de um milhão de cópias.. Adora escrever comédias românticas. Ela mora em Nova York com o marido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário