[RESENHA #517] A MULHER ENTRE NÓS - GREER HENDRICKS & SARAH PEKKANEN - Saga Literária

Breaking

terça-feira, 14 de agosto de 2018

[RESENHA #517] A MULHER ENTRE NÓS - GREER HENDRICKS & SARAH PEKKANEN

Título: A Mulher Entre Nós
Autoras: Greer Hendrick & Sarah Pekkanen
Tradução: Alexrande Boide
Editora: Paralela
Páginas: 352
Ano: 2018
ISBN: 9788584391066

Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: 
Um livro de suspense que explora as complexidades do casamento e as verdades perigosas que ignoramos em nome do amor. Aos 37 anos, a recém-divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, morando no apartamento de sua tia, ela não tem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Ao descobrir que Richard, seu rico e carismático ex-marido, está prestes a se casar de novo, algo dentro de Vanessa se quebra. A partir de agora, sua vida irá revolver em torno de uma única obsessão: impedir esse matrimônio. Custe o que custar. Na superfície, Nellie se parece com qualquer outra jovem bela e sonhadora que veio para Manhattan começar sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Em sua mente, perdura um segredo que a fez fugir de sua cidade natal e que a impede de caminhar em paz quando está sozinha. Ao conhecer Richard — bem-sucedido, protetor, o homem dos sonhos —, ela finalmente começa a se sentir segura. Ele promete protegê-la de todos os males, para o resto de sua vida. Mas, de repente, Nellie começa a receber ligações misteriosas. Fotografias em seu quarto são movidas de lugar. O lenço que ela planejava usar em seu casamento desaparece. Alguém a está perseguindo, alguém quer o seu mal. Mas quem?

Resenha: Publicado no Brasil pela editora Paralela, A Mulher Entre Nós é um thriller psicológico e foi escrito em quatro mãos pelas autoras Greer Hendricks e Sarah Pekkanen. Aqui acompanhamos a história de duas mulheres, Vanessa e Nellie. Vanessa é uma mulher de aproximadamente 37 anos que separou-se recentemente de Richard com quem estava casada há muito tempo. Vanessa fazia de tudo para o seu ex-marido, abdicou da sua vida e sonhos para agradar e fazer tudo enquanto casada para Richard, mas no decorrer do casamento ela foi traída e trocada por uma mulher mais nova, Nellie.

"Ela caminha com passos apressados pela calçada, os cabelos loiros balançando sobre os ombros, o rosto vermelho e uma mala de ginástica pendurada no antebraço. Quando chega ao prédio onde mora, enfia a mão na bolsa e pega as chaves. A rua está movimentada, barulhenta, com táxis amarelos indo e vindo, trabalhadores voltando para casa e clientes saindo das lojas e se dirigindo à lanchonete da esquina. Meus olhos não se deviam dela." p. 9.

Quando ocorreu a separação Vanessa precisou encarar uma nova realidade, a sua qualidade de vida caiu de forma drástica e aos 37 anos precisou arrumar um emprego para se manter. Nellie é uma jovem mulher, loira e linda ela tem apenas 27 anos e trabalha com edução infantil, nas horas vagas para complementar a sua renda trabalha como garçonete. Nellie acredita piamente que Richard (que foi casado com Vanessa) é o amor da sua vida. Levando a vida como pode, Vanessa tenta superar a separação saindo de uma vida confortável e repleta de posses, ela começa a trabalhar em uma loja de grife onde acaba reencontrando com pessoas que antes tinha contato e relação, mas que agora são seus clientes.

"Enquanto o trem acelerava na direção da Grand Central, olhei pela janela para as árvores desfolhadas e as construções repletas de pichações, com tábuas de madeira cobrindo as janelas. Eu poderia mentir. Ou poderia tentar ficar sozinha com a médica e explicar tudo. Dizer a verdade na frente dele não era uma opção." p. 77.

Com o decorrer do tempo Vanessa acaba descobrindo que o seu ex-marido vai se casar novamente e inconformada com essa novidade, ela começa a perseguir Nellie e tenta de todas as formas possíveis atrapalhar essa união, mas nem tudo é tão fácil e simples assim. Enquanto isso conhecemos o passado de Nellie, ela foge de parte da sua história, pois algo aconteceu enquanto ela estava na faculdade e fez com que ela abandonasse a sua cidade, deixasse tudo e todos para trás, bem como deixou-a alerta, atenta a tudo o que ocorre ao seu redor, uma vez que nunca se sente segura. Mas não é somente Nellie que tem segredos, Vanessa também tem os seus e faz de tudo para que fiquem guardados.
Opinião: As autoras Greer Hendricks e Sarah Pekkanen criam um bom thriller psicológico e o livro só não é melhor do que "bom" por ter alguns clichês e explicações pouco convincentes no decorrer do enredo. O fato positivo do livro fica por conta do clima de mistério e tensão que está no ar à todo momento, e isso nos leva a perceber rapidamente que existe algum segredo obscuro na trama. Com o decorrer da história as autoras vão soltando pistas para elaborarmos esse quebra-cabeça que só será concluído no final da leitura. A narrativa é intercalada entre primeira (Vanessa) e terceira pessoa (Nellie) e isso foi muito positivo.

O livro tem algumas reviravoltas bem colocadas e alguns momentos eletrizantes. As autoras usam e abusam dos detalhes e descrições, mesmo eu que gosto de livros descritivos, em alguns momentos fiquei cansado com as descrições que as autoras realizaram sobre os personagens, passando por cada atividades deles, detalhando maquiagens, joias e outras coisas que não são primordiais para a história. Os personagens foram bem construídos e achei interessante acompanhar os dramas pessoais de cada um. Outro ponto que achei positivo foi o fato das autoras abordarem temas como: abusos psicológicos e problemas mentais. Apesar do livro ser um pouco previsível, A Mulher Entre Nós foi uma boa leitura e pude conhecer a escrita de duas autoras que até então eu não conhecia. Esse livro é uma boa opção para passar o tempo.
Sobre a Edição: A Editora Paralela está de parabéns pela edição, a capa ficou muito bonita e está de acordo com a trama. A diagramação está muito boa e ficou bem feita, a revisão ficou muito boa e não encontrei erros. As folhas são amareladas (papel pólen) e a fonte e o espaçamento ficaram confortáveis.
Sarah Pekkanen: trabalhou como jornalista investigativa antes de se tornar a autora de diversos best-sellers. Já escreveu para o Washington Post e o USA Today.

Greer Hendricks: trabalhou como editora de livros por mais de duas décadas. Já escreveu para o New York Times e Publishers Weekly. A Mulher Entre Nós é seu primeiro livro.

7 comentários:

  1. Olá Yvens,
    O Thriller que as autoras criaram é muito bom, mas concordo contigo, ele se limita a bom por conta dos clichês que as autoras optaram por trabalhar. Eu meio que previ o livro inteiro antes de terminar a primeira parte e acabei por não me surpreender com nada.
    No entanto, não posso dizer que é um livro que não indico, já que muitas pessoas se surpreenderam muito com ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu li o livro e eu o considero bem acima da media, creio que mesmo com os clichês as autoras fizeram um boa história. Os personagens me surpreenderam, e gostei muito do final.


    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  3. Esperando esse livro chegar em casa.
    Não resisti e peguei em uma promoção na Americanas. Já imagino que deve ser previsível, mas fiquei curiosa com a história e espero conseguir aproveitar <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  4. Oi Yvens, adorei a resenha...
    Tenho muita vontade de conferir a obra pois adoro thrillers, mas tenho muitas leituras pra fazer no momento de obras que já tenho na estante. Assim quentiber a oportunidade de adquirir novos livros, certamente este estará na lista.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Já me interessei de cara lendo a sinopse, amo um thriller psicológico, não me importo com clichê desde que o enrendo convença. É uma pena que explicações foram insatisfatorias de qualquer forma se tiver oportunidade de ler eu o farei rs

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Quando esse livro foi lançado, eu fiquei muito curiosa. Mesmo não sendo um gênero que eu leia com frequência, achei o enredo bem interessante. Porém, depois que ele foi lançado, vi que dividiu muito as opiniões e acabei perdendo um pouco da curiosidade.
    Uma pena que algumas coisas sejam previsíveis e que as autoras tenham exagerado um pouco nas descrições, pois isso realmente deixa a leitura cansativa. No entanto, adorei a resenha e fico feliz que, apesar dos problemas, ainda seja um bom livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Eu li esse livro recentemente e simplesmente adorei, para mim é um dos melhores livros do gênero e gostei muito de como as autoras conduziram o enredo. Tem clichês? Tem. Mas amei demais o livro e realmente me surpreendi com os momentos impactantes. E o Final? não imaginava que aquela personagem fosse quem é hahaha

    ResponderExcluir