[RESENHA #521] TODOS OS HOMENS DO KREMLIN - MIKHAIL ZYGAR - Saga Literária

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, agosto 17, 2018

[RESENHA #521] TODOS OS HOMENS DO KREMLIN - MIKHAIL ZYGAR


Título: Todos Os Homens do Kremlin
Autor: Mikhail Zygar
Tradução:  Rogério Bettoni
Editora: Vestígio
Páginas: 352
Ano: 2018
ISBN: 9788582864173
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Todos os homens do Kremlin conta a envolvente história de um “rei” que assumiu o poder por acaso e de um séquito sem controle. Tendo como base uma série de entrevistas inéditas com membros do círculo de Vladimir Putin, este livro apresenta uma visão totalmente inédita dos bastidores da política na Rússia. A imagem de Putin como um homem forte é questionada. No lugar dela parece surgir um tedioso líder simbólico, fustigado – e até mesmo controlado – pelos homens que o aconselham e o enganam ao mesmo tempo. Mas essa é uma via de mão dupla, e se Putin vem se mantendo à frente da Rússia por quase três décadas, não é por acaso.


Resenha: Escrito por Mikhail Zygar, ex-diretor da única emissora independente da Rússia em "Todos os Homens do Kremlin" conhecemos os bastidores do poder e da política na Rússia. O meu primeiro contato com a orba foi através da news do Grupo Autêntica e confesso que fiquei super interessado na leitura quando vi Vladimir Putin na capa com a premissa de conhecermos os bastidores do poder na Rússia. Esse meu interesse pelo livro também deve-se ao fato de eu gostar de história e política, mas principalmente por eu conhecer de forma superficial a história do país, tirando a revolução russa e segunda guerra mundial que sempre demonstrei interesse.

"Em 1999, o Kremlin tinha um plano claro para o sepultamento tardio de Lenin. Sem nenhum alarde, seu corpo seria retirado do mausoléu na Praça Vermelha e levado a São Petersburgo, na calada da noite, em segredo absoluto. Na manhã seguinte, o país acordaria com a notícia de que Lenin não jazia mais na Praça Vermelha." p. 12.
Em Todos os Homens do Kremlin conhecemos a história da Rússia, um período que abrange os últimos 30 anos da sua existência, englobando é claro a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas que foi extinta em 1991. Nesse período diversos conflitos internos ocorreram no país como manifestações na Praça Vermelha ou praça de Moscou. Nesses últimos 30 anos a Rússia também enfrentou conflitos externos, precisamente conflitos bélicos com seus vizinhos. Nos bastidores do Poder, surge a figura de Putin que nos anos de 1998 e 1999 foi Diretor do Serviço de Segurança Federal, mas que no ano 2000 teve uma enorme ascensão ao poder, chegando à presidência.

"Em meados de 2001, Vladimir Putin reuniu uma dúzia de grandes líderes empresariais russos para um churrasco em sua casa de veraneio em Novo-Ogariovo. O encontrou acabou ficando conhecido como 'churrasco empresarial'. Putin explicou as novas regras do jogo para quem pudessem evitar o destino que abateu sobre Gusinski e Berezovski [...]" p. 53.

Após um grave crise econômica, a Rússia conseguiu viver um momento de equilíbrio e prosperidade e o grande responsável pela ascensão do país foi Vladimir Putin. Solidificando o seu nome na política, Vladimir Putin conseguiu ser reeleito para o período entre 2004 e 2008. Deixando de ser presidente, Putin ocupou o cargo de primeiro ministro no governo de Dmitri Medvedev (que era o seu primeiro ministro). Fica no ar durante a leitura que durante o governo de Medvedev quem de fato comandava o país era Putin e no ano de 2012 ele retorna ao poder para o seu terceiro mandato como presidente da Rússia.

Aos poucos conhecemos as diversas facetas de Putin, algo que foi mudando com o tempo. No início da sua carreira política ele tentou aproximar-se dos Estados Unidos e da União Europeia, mas alguns movimentos políticos de líderes do Ocidente acabaram afastando Putin, pois ele sentia que a Rússia estava sendo prejudicada. No decorrer da leitura nos deparamos com outras informações sobre os bastidores da Rússia, pois conhecemos o poder exercido por seus subordinados, como as decisões tomadas por eles e o quanto isso afetou algumas regiões da Rússia.
Opinião: Todos os Homens do Kremlin foi uma leitura muito boa sob o ponto de vista histórico e político, Mikhail Zygar traz inúmeras informações sobre os bastidores político na Rússia. O autor também traz ao leitor as múltiplas facetas de Vladimir Putin, toda a sua transformação e evolução no poder ao longo dos anos, bem como os arranjos e maquinações por trás do poder, incluindo é claro os interesses do Kremlin, o complexo fortificado que serve como residência oficial do Presidente da Federação Russa. Outro acontecimento relevante abordado pelo autor foi sobre o desastre com o submarino nuclear Kursk que afundou no mar de Barents em 2000. Como eu disse, eu adoro história e gosto muito desse tipo de leitura, mas pouco tinha lido sobre a história russa das últimas décadas e esse livro é bem específico, por isso recomendo principalmente para quem quer conhecer mais sobre a história da Rússia.
Sobre a Edição: A capa chama atenção, ficou bonita e conta com título em alto relevo. O livro é dividido em quatro partes e cada uma delas fala sobre a vida de Putin. As folhas são amareladas (papel pólen) e contam com notas de rodapé (notas explicativa) trazendo alguns detalhes para melhor compreensão. A diagramação é simples e caprichada.
Sobre o Autor: É ex-editor-chefe da única emissora de TV independente da Rússia, a TV Rain (Dozhd). Antes, trabalhou para a edição russa da revista Newsweek e para o jornal diário Kommersant. Zygar foi ganhador do Prêmio Internacional de Liberdade de Imprensa de 2014, promovido pelo comitê para Proteção de Jornalistas.

6 comentários:

  1. Já gostei do livro por duas coisas Histórico e Político. Ainda mais lidando com a Rússia, País que tá cheio de história política para ser contada.
    Vou querer ler esse livro, é um prato cheio

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não sou grande fã de história, mas sua resenha me chamou a atenção por tratar de um livro sobre a Rússia. É o primeiro a respeito de que ouço falar! Afora alguns memes que circulam pela internet com o Putin de protagonista, pouco tinha ouvido falar dele. Nem cria ser possível um livro publicado com conteúdos tão, ahm, sigilosos, talvez? Não sei. Mas jornalismo é jornalismo.
    Abraços! :)

    ResponderExcluir
  3. Olá! Nossa, ver um ex editor independente escrever sobre a política na Rússia é mesmo de interessar! Também sou uma entusiasta de história, e saber um pouco mais sobre os bastidores do governo russo, que em Vladimir Putin tem sua forma de gerir tão intocada e muito questionada de fora, é muito interessante. Eu tinha visto sobre este livro quando do lançamento, mas não havia prestado tanta atenção, agora sabendo do que realmente se trata, com certeza entra pra lista de leituras desejadas. Obrigada pela resenha!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii!!

    Eu não conhecia esse livro e gostei bastante de ler sua resenha!Acho que vc já sabe que não faz muito meu estilo de leitura, mas eu fico animada quando leio resenhas que trazem histórias com bastidores assim. Ainda mais sobre a rússia! Gostei. Eu vou mandar o link da sua resenha para uma amiga que eu tenho certeza que ela vai adorar a obra e vai adicionar na lista dela!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Yvens,

    Conhecendo a premissa, o livro não conseguiria despertar minha atenção. Mas, lendo sua opinião, vi que conseguiram realmente trazer muito da história da Rússia para as páginas e isto é um fato mais do que positivo. Talvez eu adorasse ler, pois adoro esta mistura de fatos históricos com políticos, sempre são excelentes leituras. Amei conhecer sua opinião e também o livro. Parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ser um livro que foge bastante do que estou acostumada a ler, acho interessante conhecer a história política da Rússia, já que não é algo que conhecemos com facilidade.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir

Post Bottom Ad