[RESENHA #523] AS ELIZAS - SARA SHEPARD - Saga Literária

Breaking

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

[RESENHA #523] AS ELIZAS - SARA SHEPARD

Título: As Elizas
Autora: Sarah Shepard
Tradução: Elisa Nazarian
Editora: HarperCollins
Páginas: 384
Ano: 2018
ISBN: 9788595082977
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Sara Shepard, autora da série best-seller pretty little liars, deixa sua marca em mais uma história com uma narrativa hitchcockiana cheia de mentiras, memórias falsas e uma protagonista que precisa descobrir a verdade para sobreviver. quando a escritora estreante eliza fontaine é encontrada no fundo da piscina de um hotel, sua família acredita ter sido mais uma tentativa de suicídio fracassada. Mas eliza jura que foi empurrada, e sua única testemunha é quem a salvou. desesperada para encontrar o culpado, eliza toma para si a investigação do caso. Mas, conforme a data de lançamento do seu primeiro livro se aproxima, ela se vê com mais perguntas do que respostas. Por que a editora, agente e a família estão misturando os acontecimentos de sua vida com os de seu livro? ele não é totalmente ficcional?

Resenha: Eliza Fontaine é uma jovem escritora que está prestes a publicar o seu primeiro livro. Ela está hospedada no Traquility Resort bebendo vodkas do minibar, quando acaba adormecendo. Quando acorda percebe que não está mais na suíte em que estava hospedada e sim em um quarto de hospital com sua mãe, sua meia-irmã Gabby e seu padrasto. Na verdade, a escritora não consegue se lembrar muito sobre o que aconteceu na noite anterior, apenas algumas parcas cenas vêm à sua mente como ela esvaziando e bebendo tudo que estava no minibar. Eliza fica completamente arrasada, pois havia prometido para a sua família que não voltaria mais a beber.

"Acordo gritando. O som é sugado para longe assim que abro os olhos, mas deixo uma marca no meu cérebro, como uma marca de mão na areia molhada que logo se apaga. A garganta está áspera. A cabeça lateja. Esforço-me para olhar em volta, mas só vejo formas borradas. Minha boca tem um gosto acre de álcool." p. 9.

A sua família acaba lhe informando que ela foi encontrada no fundo de uma piscina numa aparente tentativa de suicídio. Todavia, Eliza pergunta se a pessoa que a empurrou piscina adentro foi encontrada; mas eles a informam que na verdade foi ela que pulou na piscina e ninguém acredita em sua versão, tendo em vista que aquela seria a quinta vez que ela tentava se afogar. Como a sua família e muito menos a polícia acreditam em sua versão, até mesmo sua agente acredita que essa tentativa de se afogar é, na verdade, uma jogada de marketing, pois seu livro está em pré-venda, o que realmente acaba contribuindo para aumentar as vendas do livro.
Ainda que por um momento Eliza fique na dúvida se ela tentou o suicídio, no fundo ela sabe que a verdade não é essa. Ela acredita que dessa vez foi tudo diferente e que alguém de fato a empurrou na piscina. A escritora decide que vai iniciar uma investigação por conta própria assim que for possível e descobrir quem de fato a empurrou na piscina. Quando inicia à investigação, o seu primeiro ato é conversar com o misterioso Desmond Wells, um ator que a resgatou na piscina. Eliza quer mais do que agradecer o homem que salvou a sua vida, ela quer informações e deseja saber se ele viu alguém próximo à piscina ou se viu alguém empurrá-la; mas o ator também acha que foi ela quem se jogou na piscina.

"Desmond trocou a capa por uma camisa de botão brilhante, um jeans que mostrava exatamente o quanto seu quadril era magro e uma boina vermelha. Está parado ao lado da porta do carona." p. 169.

Mas nem tudo ocorre conforme o desejo de Eliza Fontaine, quando os seus pais leem o seu livro, pedem o cancelamento imediato dele. Não bastando todos os problemas que ela precisa enfrentar, as memórias de Eliza passam a ficar confusas e o que é real passa a se misturar com a fantasia e vamos ver que nem tudo aconteceu conforme esperávamos. Disposta a seguir em frente e enfrentar tudo e todos para lançar o seu livro e descobrir quem a empurrou na piscina, a jovem escritora conta apenas com uma pista no seu celular para seguir com a sua investigação.
Opinião: Esse foi o meu primeiro contato com a escrita de Sara Shepard e posso dizer tranquilamente que a autora me surpreendeu positivamente e me conquistou. As Elizas é um livro repleto de reviravoltas e com uma boa dose de suspense. Por vezes a autora nos deixa pistas e achamos que estamos desvendando ou seguindo o caminho certo, mas nem sempre é isso que acontece. A autora me prendeu do começo ao fim e particularmente gostei muito do desfecho da trama, essa por sinal acontece sob o ponto de vista de Eliza e também pelos acontecimentos do seu livro, As Dots. O livro nos traz a história de uma menina que tinha um tumor e precisou ficar um tempo no hospital sob a companhia da sua tia Dorothy que manipulava tudo e todos.

Eliza é um personagem bem construída e apresenta diversas problemas e atitudes que nos levam a ficar irritados um pouco com ela. Mas com o decorrer da leitura começamos a compreendê-la melhor e entender suas escolhas e o motivo dela ser um pouco desequilibrada psicologicamente. Esse problemas psicológicos que ela apresenta, por vezes nos faz questionar suas palavras e escolhas, isso acaba dando margem para que as pessoas em sua volta questionem e duvidem dela constantemente, pois ela é uma mulher instável e destrutiva ao mosmo tempo que consegue ser bastante determinada. Outro aspecto interessante sobre a personagem é o fato de Eliza apresentar uma inclinação para coisas mórbidas e grotescas. Em suma, As Elizas foi uma leitura leve, rápida e envolvente, por isso eu recomendo a leitura para todos que gostam de um bom thriller psicológico.
Sobre a Edição: A HarperCollins elaborou um bom projeto gráfico, pois a capa ficou muito bonita com esse detalhe da água e que é ao mesmo tempo enigmática e angustiante. A diagramação ficou muito boa, as folhas são amareladas, fonte confortável e a revisão ficou ótima também.
Sobre a Autora: Sara Shepard já sonhou em ser estrela de novela, designer de Lego, cineasta, geneticista e editora de moda, mas quando cresceu virou escritora mesmo. Ela se formou na Universidade de Nova York e é mestre em escrita criativa pela Brooklyn College. Atualmente, vive em Tucson, Arizona, com o marido e três cães indisciplinados. A série Pretty Little Liars, inspirada em sua infância e adolescência passadas em uma das cidades mais abastadas da Filadélfia, foi vendida para vários países e também adaptada com sucesso para a televisão.

29 comentários:

  1. Oi! Que delícia ler essa resenha! Amei a premissa desde o início e saber que a leitura te surpreendeu tanto me deixa animada pra ler também! Amo um bom suspense, e quando os autores conseguem sempre surpreender e pegar a gente de surpresa é muito bom! Quero muito saber o que aconteceu com Eliza, por que ela foi parar dentro daquela piscina e quem está por trás disso.. Amei a dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser bem tranquilo de se ler, além de possuir um enredo bem dinâmico e intenso. Fiquei bem curioso para saber mais sobre a trama. Anotada a dica.

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem? Também fiz essa leitura e adorei.
    A história é complexa, intrigante e instigante.
    Eu adorei cada página virada. Não posso dizer que Sara Shepard me surpreendeu, pois eu sei o quanto a autora tem uma desenvoltura maravilhosa.. Quem ainda não conhece. Já passou da hora de conhecer.

    Beijos.

    http://www.alempaginas.com/
    http://www.pslivros.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece ser aquele tipo de livro que a gente só sossega quando termina, né?
    Gostei da premissa, achei interessante e pela sua resenha, original.
    Agora fiquei com vontade de saber a verdade e quem tentou fazer isso com ela O.O

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Olá, essa será a minha próxima leitura e confesso que estou super curiosa, não somente pelos seus comentários positivos mas porque a premissa da obra é bastante interessante, me parece ser o tipo de história que dá uma bela mudada de rumo só pra confundir o leitor, né? Espero gostar também!

    ResponderExcluir
  6. Olá Yvens, eu conheço a autora, mas nuca li nada dela. Achei este livro bem interessante, parece ter tudo que eu gosto, um mistério, muitas reviravoltas e situações que nem sempre são o que parecem. Não conhecia este livro, mas tua resenha me deixou curiosa, vou anotar o nome.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Raramente leio suspenses, também nunca li nada da autora, mas por algum motivo (talvez sua opnião kkk) fiquei tentada a ler este. Gostei de saber que a personagem é bem construída e a temática também é bem interessante, vou comprar assim que eu puder!

    ResponderExcluir
  8. Oie amore,

    Não conhecia o livro até então, mas até curti um pouco.
    Adoro personagens bem construídos e suspense... mas sei lá, ficou faltando algo entende.
    Pode ser que eu precise ler pra acahar esse que, que faltou.
    Obrigada pela dica!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Já li outra obra da autora e gostei bastante da escrita dela e das temáticas abordadas, porque grande maioria são desequilíbrios emocionais e psicológicos e sempre procuro isso em suspense e terror.

    Resenha muito bem pontuada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro, mas já fiquei muito curiosa para ler. Apesar de não ter o hábito de ler suspense, esse ano tenho tentado incluir mais este gênero nas minhas leituras e tive boas surpresas. Em algum sentido, esse livro me lembrou um pouco A mulher na janela (que eu adorei), mas me pareceu ser ainda mais envolvente.
    Adorei a resenha e já anotei a dica aqui. Espero ler em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Eu nunca li nada da autora também, mas super tenho interesse nesse livro. Eu leio poucos suspenses, mas quero muito começar a ler mais. Adoro quando há essas pistas deixadas pelos autores para que a gente se situe e crie um racicionio para a trama. Eliza me parece ser uma personagem problemática, mas que tem muito a falar.

    Parabéns pela resenha, anotei a dica!

    beijos :)

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda não conhecia o livro e a sua resenha me deixou bem curiosa com ele, a premissa me atraiu e acho que pode ser uma boa leitura. Espero poder ler em breve porque eu realmente me interessei pela obra. Achei a capa diferente e que parece perfeita para a trama.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem? Não estava sabendo deste livro da autora, eu já li alguns da série Pretty Little Liars, mas acabei largando por causa da irritação que eu sentia. Fiquei interessada neste, pela sua resenha parece cheio de reviravoltas e bem intrigante. Fiquei curiosa para saber o que realmente aconteceu. Adorei sua resenha, parabéns!

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Yvens!
    Já tinha visto esse livro, mas não tinha me animado pra ler. Até agora. Eu já conhecia a autora pela série PLL, mas nem essa me animou a ler. Mas caramba, lendo sua resenha, As Elizas parece ser um thriller bem instigante. Fiquei bem curiosa pra saber o desfecho, se ela realmente se jogou ou que verdadeiramente aconteceu... Qual foi o motivo pra deixar tão desestabilizada emocionalmente? e o livro dela? até esse, fiquei curiosa. Qual o motivo dos pais quererem boicotar? Ah!!! tô cheia de curiosidade agora. haha
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  15. Oiiii,

    Eu não conheço a obra, mas toda vez que eu vejo esta cala eu tenho uma sensação angustiante, é linda, mas ainda assim em da uma leve agonia agora entendo porque rs. Para quem curte o gênero deve ser uma obra maravilhosa mesmo, e fiquei curiosa para saber um pouco mais sobre esta confusão da personagem, de realmente é uma confusão mental ou se tem algo por trás.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia o livro, mas gostei dessa premissa e fiquei bastante curiosa para saber o que realmente aconteceu com Eliza, então saber que já no primeiro contato a escrita da Sara te conquistou me anima e amando um bom thriller eu anoto essa dica, quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Yvens!
    Já tinha lido uma resenha sobre esse livro, e fiquei com a impressão de que a autora conseguiu fazer uma personagem e tanto dessa vez! Achei muito interessante esse gosto pelo mórbido e pelo grotesco que a personagem tem e fico me perguntando como isso se encaixa na personalidade dela (ele está na minha lista de próximas leituras, então acho que vou descobrir em breve haha)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Já li livros dessa autora e gostei muito do desenrolar de seus mistérios. Estou com As Elizas na lista de leituras e espero gostar da trama e não ter nenhum problema com a personagem e sua personalidade.
    A capa é intrigante e sua resenha me deixou curiosa para iniciar a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem? Ah estou com esse livro aqui em casa e espero em breve conseguir ler. Já ouvi falar muito bem dos mistérios que a autora coloca em outras obras, e assim fico com expectativas de gostar do que ela aprontará em As Elizas. Não é algo que leio muito, o gênero, mas tenho boas impressões. A sua resenha está ótima!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oii tudo bem??

    Quando li vi esse livro nao esperava muito dele, mas quando li as primeiras resenhas vi que seria um livro supreendente.
    Adorei saber da forma como a autora coloca a história, e como cada pessoa interpreta de uma forma.
    Estou bem ansiosa para ler.
    Adorei a resenha
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  21. Oi Yvens!
    A primeira vez que vi esse livro, foi no Skoob, falando exatamente do seu lançamento e na hora, fiquei interessada. Primeiro, por causa da capa, que acho linda. E depois por ser um livro de suspense/policial/investigação, que são gêneros que adoro.
    A proposta do enredo também me deixou curiosa, mas sempre fico meio assim quando tem um livro sendo escrito/publicado, pois já são clichês do gênero e a maioria seguem o mesmo caminho. Das duas histórias se misturarem, de na verdade a história que estamos lendo ser o livro da protagonista, etc.
    Mesmo assim, quero muito ler.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Nossa, acho fantástico esse jogo que as escritoras(es) fazem conosco, dá pistas e depois muda tudo nos confundindo, acho isso mágico. Fiquei com certa dó da Eliza e me vi torcendo para que ela desvende tudo.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  23. Oi, Yvens

    Está aí um livro que eu quero muito ler. Nenhum dos livros anteriores da autora me interessou, mas esse sim! Gosto bastante desse tipo de protagonista duvidosa e adoro uma reviravolta, então esse é um prato cheio pra mim. Me interesso também por essa outra história dentro da história, é um artifício que sempre chama.minha atenção.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Ola!

    Adoro livros nessa pegada, adorei a premissa da historia e confesso que fiquei bem curiosa com tudo o que você disse. Essa autora é bem famosa em brincar com o leitor e pela sua resenha pude perceber que ela continua mantendo o seu ritmo de escrita e criatividade

    beijos

    ResponderExcluir
  25. Adoro livros do gênero e se não m engano essa obra já está em minha lista de futuras leituras. Depois vou dar uma olhada, porque senão estiver vou acrescentar. O enredo a meu ver é perfeito. Tomara que eu continue assim quando mergulhar nele. Bexus @prefirolercomcalma

    ResponderExcluir
  26. Eu li este livro mes passado e foi uma leitura insana, porque eu não conseguia acreditar na Eliza e ao mesmo tempo, achava tudo ao redor dela bizarro. Mas eu adorei o livro e achei o final maravilhoso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bom?

    Eu ainda não li esse livro, mas já adicionei a lista de quero ler. Eu fiquei bem curiosa sobre essa trama, principalmente por ter esse mistério de saber se houve ou não uma tentativa de assassinato. Porém, essa também seria o meu primeiro contato com a escrita da Sara Shepard, já que, apesar de ser bem famosa, eu não me interessei anteriormente pelas suas obras publicadas. Espero que eu goste desse livro e quero ver se também ficarei confusa sobre o que realmente aconteceu.

    Enfim, adorei a resenha e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  28. Sempre tive curiosidade neste livro, vi algumas blogueiras prometerem resenha.
    Ameeeeei a sua resenha, me deixou ainda mais ansiosa pela leitura.
    É um tipo dês livro que traz coisas que eu gosto e que me chaman atenção

    ResponderExcluir
  29. Olá,
    achei a proposta bem interessante e até fiquei curiosa para saber o que de fato ocorreu com Eliza. Ela foi realmente jogada na piscina ou no final das contas foi realmente mais uma tentativa? Apesar disso não consegui querer o bastante para pensar em fazer essa leitura, pelo menos não nesse momento. Quem sabe se a oportunidade surgir em algum momento no futuro eu me aventure por esse mistério.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir