[RESENHA #527] OS IMORTALISTAS - CHLOE BENJAMIN - Saga Literária

Breaking

terça-feira, 28 de agosto de 2018

[RESENHA #527] OS IMORTALISTAS - CHLOE BENJAMIN


Título: Os Imortalistas
Autora: Chloe Benjamin
Tradução: Santiago Nazarian
Editora: HarperCollins
Páginas: 320

Ano: 2018
ISBN: 9788595082779
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Se você soubesse a data de sua morte, como viveria sua vida? É 1969 no Lower East Side de Nova York e os rumores na vizinhança são sobre a chegada de uma mulher mística, uma vidente que se diz ser capaz de dizer a qualquer um qual será o dia de sua morte. As crianças Gold – quatro adolescentes que estão começando a conhecer a si mesmos – saem de casa sorrateiramente para saber sua sorte. As profecias informam as próximas cinco décadas de sua vida. Simon, o menino de ouro, escapa para a costa oeste, procurando por amor na São Francisco dos anos 80; a sonhadora Klara se torna uma ilusionista em Las Vegas, obcecada em misturar realidade e fantasia; Daniel, o filho mais velho, luta para se manter seguro como um médico do exército após o 11 de setembro; e Varya, a amante dos livros, se dedica a pesquisas sobre longevidade, nas quais ela testa os limites entre ciência e imortalidade. Um romance notavelmente ambicioso e profundo com uma brilhante história de amor familiar, Os imortalistas explora a linha tênue entre destino e escolha, realidade e ilusão, este mundo e o próximo. É uma prova emocionante do poder da literatura, da essência da fé e da força implacável dos laços familiares.


Resenha: Chloe Benjamin nos leva para a perigosa Nova York do ano de 1969, onde correm rumores que vive uma bruxa, vidente ou cartomante na Hester Street, reza a lenda que essa mulher é capaz de prever o futuro e saber exatamente o dia em que as pessoas vão morrer. Entra em cena quatro adolescentes: Varya, Daniel, Klara e Simon, eles são irmãos e pertencem a família Gold, uma família descendente de judeus que chegou nos Estados Unidos durante a Segunda Grande Guerra Mundial para reiniciar a vida. Os irmãos são filhos de uma secretária que abandou os seus sonhos e estudos para casar-se com um alfaiate. O início para essa família não foi fácil, os pais dos jovens não possuíam muito dinheiro e alugaram um pequeno apartamento, isso os deixava bem próximos.

"Ele ouviu dois garotos conversando semana passada na fila do restaurante chinês kohser em Shmulke Bernstein, onde ele pretendia pegar uma das tortas quentes de creme de ovos que adora comer, mesmo no calor. A fila estava grande, os ventiladores girando na velocidade máxima, então ele teve de se inclinar para escutar os meninos e o que diziam sobre a mulher [...]" p. 11.


É o jovem Daniel dentre os irmãos que ouviu os rumores sobre a capacidade da misteriosa mulher em prever o futuro e movido por uma curiosidade latente de sua juventude, apesar de achar tudo uma bobagem, resolve procurar a vidente para saber o dia em que vai morrer, mas ele não está sozinho nessa empreitada, os seus irmãos o acompanham nessa jornada para descobrir o futuro. Os jovens conseguem encontrar o local onde a vidente mora e resolvem consultá-la, mas a mulher atende um por vez e eles ficam apavorados após ouvir dela o próprio futuro. 
Segundo a vidente, Varya a irmã mais velha é a que viverá por mais tempo e vai chegar até os oitenta e oito anos de idade. Após a breve experiência com a vidente os irmãos procuram viver suas vidas da melhor forma possível e tentam tratar essa experiência que tiveram com indiferença. Nove anos passam e a história começa no ano de 1978 até 1982 e nesse novo cenário os irmãos entraram e estão entrando na fase adulta, cada um tentando se preparar para essa nova fase da melhor forma possível.

"Eles acordam de manhã bem cedo. Klara vai até Gertir para dizer adeus, então a manda dormir de volta. Desce as escada na ponta dos pés com ambas as malas enquanto Simon amarra os sapatos. Ele entra no corredor, vitando a tábua que sempre range, e cuidadosamente segue para a porta." p. 43.

Daniel e Varya estão na universidade em outra cidade. A jovem Klara está terminando o ensino médio e não pretende ingressar na Universidade, ela quer seguir a carreira de ilusionista e Simon não apresenta qualquer vocação para gerir o negócio do pai, por isso decide tentar a vida com Klara em São Francisco. Enquanto buscam alcançar seus objetivos pessoais eles são atormentados pelo passado e algo não sai de suas mentes: a profecia realizada em uma tarde de 1969 e pelas próximas décadas os irmãos tentam controlar seus destinos e realizar os seus desejos.
Opinião: Os Imortalistas é um livro que foi classificado como literatura fantástica, ainda que pese essa classificação eu o vejo mais como um romance e drama familiar, pois o foco é a vida dos irmãos, suas angústias, medos, desejos e todo o impacto que a previsão realizada pela vidente teve em suas vidas. Durante a leitura acompanhamos os fracassos e sucessos dos irmãos, os caminhos e escolhas que eles realizam, fatos que estão presente na vida de todo ser humano, além é claro da eminente morte, algo que eles já sabem quando vai acontecer.

A autora está de parabéns pelos cenários e descrições, em especial destaco a cidade de São Francisco dos anos 80, foi muito legal poder ver a cidade sob o ponto de vista de Simon. Os lugares apresentados foram bem detalhados e nos passa a sensação de estar assistindo um filme ou mesmo conhecendo o local de perto. Outra cidade abordada no livro é Las Vegas dos anos 90, uma cidade que a autora nos faz refletir sobre o quão machista era, já que as mulheres eram inferiorizadas, não tinham oportunidades e destaque. Os Imortalistas é um livro que mexe com nossas emoções, de um lado fiquei torcendo por eles e por outro fiquei ressentido por terem aproveitado pouco a vida e isso ocorreu por sucumbirem à curiosidade quando jovens. Eu gostei muito da leitura, simples, envolvente e com dramas familiares, sem contar que foi uma leitura diferente do que realizei nos últimos tempos. Super recomendo!
Sobre a Edição: A HarperCollins está de parabéns, pois Os Imortalistas vem na versão de capa dura que é repleta de detalhes e com acabamento fosco. Posso dizer tranquilamente que essa capa ficou maravilhosa e sem sombra de dúvida é uma das mais bonitas dos livros que recebi ou comprei esse ano. As folhas são amareladas e a gramatura é muito boa. A revisão ficou muito boa, assim como a diagramação e a fonte está de bom tamanho o que demonstra toda a competência da editora.
Sobre a Autora: Chloé Benjamin nasceu em São Francisco. Recebeu licenciatura pela Vassar College e M.F.A. em ficção pela Universidade de Wisconsin-Madison. Seu primeiro livro, The Anatomy of Dreams, recebeu o prêmio Edna Ferber Fiction Book Award. Ensina ficção, poesia e composição inglesa na Universidade de Wisconsin-Madison e Edgewood College. Atualmente, mora em Madison, WI, com seu marido, fotógrafo e escritor Nathan Jandl.

26 comentários:

  1. Que premissa diferente, não? Imagina que loucura seria viver sabendo o dia de nossa morte? Com certeza veríamos a vida por outro prisma. Ótima indicação de leitura!

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?
    Já tem um tempo que esse livro está na minha listas de desejados. A capa é maravilhosa, minha irmã tem esse livro, e eu fico doida com ele. Acho que meu único problema com a leitura seria a parte de começar a pensar demais nesses tais dias marcados para morrer, ficaria cheia de paranoias kkkkk Acho que se tivesse essa oportunidade, eu preferiria não saber.
    Antes de começar a leitura vou trabalhar meu psicológico primeiro kkkk

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  3. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda. Não fiquei supercurioso, mas também nada desinteressado mesmo! Ainda bem que gostaste!

    Enfim, adoro o facto os espaços e as descrições te terem agradado! Ah, e a edição também chamou a minha atenção!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha e sua opinião foi super importante pois eu ja estava querendo ler esse livro. Amanhã na hora do almoço irei na Saraiva perto do trabalho comprar o livro

    ResponderExcluir
  5. Oiiii

    Eu me envolvi demais lendo o livro, Klara foi minha favorita, fiquei totalmente fisgada na história durante a narrativa dela e do Simon, tb curti o Daniel. A premissa é maravilhosa mesmo e a autora desenvolveu super bem, achei que ela saiu do convencional, do previsivel e trouxe uma história bem única.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Uma colunista do blog acabou lendo essa obra, essa e a terceira resenha que vejo sobre esse livro só hoje e minha curiosidade tá a mil, parece ser uma obra sensacional e muito bem ambientada, recheada de bons sentimentos e questionamentos. Espero ler o quanto antes!

    ResponderExcluir
  7. Oi! Bom, que diria você se soubesse o dia que fosse morrer, e mais importante, o que faria com o tempo que teria? O que me remete a uma frase do Gandalf, de o Senhor dos Anéis. Eu acho assustador. E lendo a resenha, eu tive a impressão de que os personagens também ficaram apreensivos em certo ponto de suas vidas, se limitando ou se permitindo demais. Enfim, gostei dessa premissa, com esse toque fantasioso dessa vidente. É um livro que está na lista de leituras. Obrigada por compartilhar!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi Yvens, tudo bem?

    Ainda não conhecia essa obra, mas sua resenha já me deixou bem curiosa a respeito. Adoro narrativas que envolvem esses dramas familiares e que mostram muito dos personagens, isto acaba nos aproximando deles, o que é fantástico. Acho que eu ficaria surtada de descobrir meu futuro, isso causa medo e receio. Já quero ler, vai para a minha listinha!

    beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Pelas resenhas que eu li, o livro é mais drama mesmo do que fantasia, porque acaba detalhando as escolhas dos irmãos e não a premonição da cartomante, o que deixa a trama mais elegante e profunda.

    Resenha bem pontuada e cativante.
    Lerei em breve esse livro.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu estou bem curiosa com esse livro e achei muito legal poder conhecer um pouco mais sobre ele através da tua resenha. Apesar de ter alguns pontos que me incomodariam, acredito que será uma boa leitura quando eu for ler.

    ResponderExcluir
  11. Eu li recentemente uma resenha deste livro e ela é bem similar no quesito opinião. Parabéns. Mas não é um livro que me chame muito a atenção. Pelo menos não no momento.obrigada.

    Beijo .

    ResponderExcluir
  12. gente, eu já queria muito este livro, agora quero mais ainda. Eu nunca tinha lido nenhuma resenha sobre ele e fico feliz que seja um livro que corresponde as expectativas mesmo altas! Preciso pra já!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu achei o enredo desse livro bem interessante e original. Gostei especialmente do fato dele trazer dramas familiares, o que sempre me interessa bastante. Além disso, parece que a leitura traz muitas reflexões interessantes.
    Adorei a resenha e fico feliz que você tenha gostado da leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura desse livro, mas ele já está na minha lista de desejados. Gostei bastante da premissa e gosto muito de histórias que me fazem refletir sobre a vida, romances e dramas familiares. A temática de Os Imortalistas é bem diferente e ao mesmo tempo singular.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Gostei da sua maneira de resenhar sobre o livro, embora não tenha um enredo que tenha me chamado muito atenção. a pergunta principal foi bem chamativa, mas no decorrer do texto foi se perdendo um pouco.

    ResponderExcluir
  16. Oi Yvens! Caraaaaca, eu já tinha visto essa capa, mas sequer imaginava que essa seria a premissa do livro. Mas fiquei hiper curiosa. Quero mt saber as profecias sobre os irmãos e o quanto isso mexe com a cabeça de cada um. Porque, vamos combinar, saber quando vai morrer pode ser uma coisa boa, mas uma coisa muito ruim ao mesmo tempo. E a Harper tem arrebentado nas edições que vem trazendo. To amando o trabalho da editora. Adorei a resenha e já coloquei o livro na wish list. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?

    Wowww foi so eu ou esse livro é uma super história que a capa esconde? Ohando pelas imagens nunca imaginei que fosse algo tão profundo. Acredita que já me fiz essa pergunta? O que faria se soubesse o dia da minha morte. E cheguei a uma conclusão: não quero saber kkkk acho que apesar dessa ser a unica certeza que temos não é algo sobre o que queremos pensar. Fiquei curiosa por saber qual a professia paraos irmãos e como eles lidaram com isso. Essa é certamente uma superdica de leitura. Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá, eu gosto bastante de histórias que envolvam esses dramas familiares e fiquei bem curiosa para saber como cada personagem vai lidar com a previsão sobre seus futuros. Ficou ótima sua resenha, é uma leitura que quero fazer.

    ResponderExcluir
  19. Eu precisava ler essa resenha completa pois esse livro estava na minha lista para adquirir.
    Gosto de leituras que prendem como essa.
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  20. Oie tudo bem? Tenho visto bastante gente comentar desse livro, o que me deixou instigada a fazer a leitura. Pra ser bem sincera, se eu soubesse a data da minha morte, tentaria fazer todas as coisas que ainda não fiz e falaria tudo que estivesse entalado kkkk Mas percebo que o livro é muito mais que isso através da sua crítica, fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  21. Olá Yvens,
    Esse livro mexe com nosso emocional mesmo. Eu tive a oportunidade de ler esse livro e me encantar completamente com ele. Achei os personagens bem construídos e adorei a descrição das cenas e lugares. No entanto, o que ficou depois desse livro foi que devemos viver, não esperar o amanhã.
    Adorei suas impressões.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Um livro muito falado na blogosfera né? Só hoje essa é a quarta resenha que leio. Não conhecia o livro até ler essas resenhas, achei a premissa muito interessante. E estou bem curiosa para ler. Além do livro envolver drama familiar que é um tema que curto muito em livros.

    ResponderExcluir
  23. Ola... Acho incrível as suas resenhas, são todas tão bem escritas que enchem os nossos olhos. Achei a edição e a proposta desse livro muito lindas e interessantes, ms ainda não tive a oportunidades le-lo. Infelizmente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia o livro e apesar da resenha positivamente confesso que não fiquei tão interessada.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  25. Amei a premissa do livro e me interessou muito. Gostei de saber que poderei revisitar São Francisco pela visão da autora, esta cidade é incrível e tive o prazer e privilégio de visita-la. Las Vegas, ano que vem para festejar 25 anos de eterno amor no casamento.
    Quero muito conhecer o drama dessa família e ver onde chegaram.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Eu tinha um receio quanto a este livro ter muitos personagens fazendo com que eu me perdesse, ou realmente não ligasse para eles. Mas já li tantas resenhas positivas que estou começando a achar que o livro é bom. Eu acharia extremamente aterrorizante saber o dia da minha morte, jamais gostaria disso, e com toda certeza isto influencia na vida das pessoas.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir