[RESENHA #542] NEANDERTAL - SILVANA CONDEMI & FRANÇOIS SAVATIER - Saga Literária

Novidades

Home Top Ad

Post Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, setembro 16, 2018

[RESENHA #542] NEANDERTAL - SILVANA CONDEMI & FRANÇOIS SAVATIER


Título: Neandertal
Autores: Silvana Condemi & François Savatier
Tradução: Fernando Scheibe
Editora: Vestígio
Páginas: 240
Ano: 2018
ISBN: 9788582864517
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Romeu e Julieta em versão pré-histórica... Foi assim que, em 2013, a imprensa saudou a grande descoberta da pesquisadora Silvana Condemi: a identificação do primeiro osso pertencente a um mestiço de pai sapiens e mãe neandertal. A genética tinha anunciado, e a paleoantropologia confirmou: Homo neanderthalensis e Homo sapiens misturaram suas culturas, mas também seus genes, no mesmo território europeu – e isso por mais de 5.000 anos.

Resenha: Escrito pelo jornalista François Savatier em conjunto com a pesquisadora francesa Silvana Condemi, em "Neandertal, Nosso Irmão" acompanhamos uma investigação sobre o modo de vida, usos e costumes do Homem Neandertal antes e depois do surgimento do Homo Sapiens. Os Neandertais são uma espécie do gênero Homo e foi extinta há milhares de anos atrás, estão ligados diretamente à evolução do homem moderno, pois ocorreu uma interação por quase cinco mil anos entre os neandertais com o Homo Sapiens, ou seja, acompanhamos e conhecemos de perto a nossa própria história, a história da evolução da humanidade e como as descobertas recentes mudaram a forma de como vemos e conhecemos o homem.

"Essa concepção linear da história evolutiva está hoje mais que ultrapassada. O sequenciamento do DNA neandertal veio confirmar aquilo que o estudo aprofundado dos fósseis nos anos 1980 já tinha provado: que a espécie Homo neanderthalensis se desenvolveu paralelamente à espécie Homo sapiens na África. Ou seja, Neandertal é nosso irmão [...]" p. 47.
A existência dos Neandertais foi comprovada através de escavações e descobertas de diversos fósseis encontrados no continente europeu e asiático. Esses fósseis remontam ao período Pleistoceno, algo em torno de 2 milhões e 500 mil até 12 mil anos atrás. Eles apresentavam como característica uma estrutura óssea repleta de músculos e uma força extremamente bruta, algo que extrapola os limites da força do Homo Sapiens.

"Afinal, os Neandertais seriam unicamente caçadores, bem diferentes de seus irmãos Sapiens, ou, ao contrário, como esses, caçadores-coletores oportunistas? Parece ser mais sensato pensar que a sociedade neandertal tinha uma economia de subsistência diversificada. Muitas situações devem ter ocorrido durante as quais o clã, temendo a fome, procurou meios de diversificar sua alimentação." p. 100.
Opinião: Silvana e François elaboraram um livro rico em detalhes, eles nos demonstram como era a alimentação, moradia, os tipos de rituais religiosos e funerários praticados pelos Neandertais; como era a reprodução deles, mas também o estilo de vida simples, porém desenvolvido que permitiu a sobrevivência deles diante de três períodos glaciais, por exemplo. Nessa visita para alguns e revisita para outros a esse período histórico, conhecemos e compreendemos como ocorreu a coexistência e interação entre o Homo Sapiens e o Homem Neandertal. O vocabulário utilizado é simples e conta com termos técnicos quando é necessário, mas é de fácil entendimento. Cada capítulo conta com alguma cena ficcional que serve para ilustrar e entender como seria a vida dos neandertais.

Esse é um livro rico em detalhes e muito informativo; tem como destaque o conteúdo científico, histórico e sua escrita fluída. Os autores me levaram a refletir sobre o choque cultural que existiu com a chegada dos Homo Sapiens da África e Europa quando encontraram com os Neandertais e principalmente sobre a evolução do ser humano que carrega em seu DNA algum vestígio dos neandertais. Esse livro é apaixonante e creio que as pessoas que gostam de biologia, paleontologia e história vão adorar a leitura. Basicamente é um livro de não-ficção que pretende demonstrar um pouco o nosso passado além de desmistificar esse nosso antepassado de forma real e confiável. Fica a dica!
Sobre a Edição: A diagramação é simples, mas ficou muito boa, o livro é dividido em dez capítulos e diversas imagens/ilustrações que enriquecem o livro, mas senti falta de notas de rodapé que servem para nos auxiliar no entendimento e compreensão de determinado assunto. A capa conta com uma arte bonita e apresenta um belo constaste de cores, a gramatura das folhas é ótima, a fonte está de bom tamanho e o espaçamento confortável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad