[RESENHA #475] UM VENTO À PORTA - MADELEINE L'ENGLE - Saga Literária

Breaking

segunda-feira, 21 de maio de 2018

[RESENHA #475] UM VENTO À PORTA - MADELEINE L'ENGLE



Título: Um Vento À Porta (Uma Dobra no Tempo #2)
Autora: Madeleine L'Engle
Editora: Harpercollins

Páginas: 224
Ano: 2018

ISBN: 9788595082519
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Charles Wallace está em perigo. E o mundo todo também. 
Quando a família Murry pensava que os problemas haviam terminado, um novo desafio surge. Charles Wallace agora tem seis anos de idade e na escola o menino se tornou um problema. Sofrendo bullying constante, Meg acha que o novo diretor da escola deveria ser responsável pelo menino, mas Charles Wallace fica terrivelmente doente antes que ela possa ajudá-lo. Mas há algo estranho acontecendo. Charles Wallace diz a Meg que há dragões no quintal de casa e ela descobre que os dragões na verdade são Proginoskes, querubins feitos de asas, vento e chamas. E mais uma vez este é só o começo de uma nova aventura, onde Meg e seu amigo Calvin precisam correr contra o tempo para salvar seu irmãozinho. E, para fazer isso, eles devem partir em uma viagem para dentro do corpo do menino e lutar para restaurar a brilhante harmonia do universo. Junte-se a Meg, Calvin e Charles Wallace nesta nova aventura repleta de seres incomuns, mundos novos e muitos heróis que precisam ultrapassar seus medos para salvar o mundo!

Resenha: "Um Vento À Porta" é o segundo volume da série "Uma Dobra no Tempo" composta por cinco livros. Após passar algum tempo desde a aventura em "Uma Dobra no Tempo" vemos novamente os irmãos Murry. Charles Wallace tem agora seis anos de idade e iniciou a sua vida escolar, contudo ele sofre constantemente com o bullying praticado por seus colegas e isso ocorre por ser muito inteligente. Meg é a irmã mais velha de Charles e ciente do que está ocorrendo com o irmão fica muito preocupada e se vê na obrigação de fazer algo para ajudar Charles, para isso ela procura o diretor Mr. Jenkins em busca de uma solução.

"Ela pegou os ingredientes, mas uma garrafa de leite, e deixou-os sobre a mesa da cozinha. Charles Wallace ficou aguardando com paciência. Ela olhou para ele, fechando a cara com a tensão que não queria admitir a si. Viu os rasgos no joelho da calça jeans do irmão, os riscos de sujeira incrustados na camiseta, um roxo na maçã esquerda do rosto que ia ficar mais escuro." p. 12.

Antes que algo possa ser feito em relação ao bullying, Meg percebe que Charles fica seriamente doente quando ele relata ter visto dragões na horta dos gêmeos. Intrigada, Meg vai até o local com Charles, porém ao chegar lá o garoto está completamente sem forças e não há qualquer sinal dos dragões. Demonstrando palidez, Charles acredita que o seu problema de saúde está relacionado com as mitocôndrias. Preocupada com a saúde do seu irmão, Meg consulta a sua mãe, mas ela não confirma o que Charles tem, muito menos nega se o problema dele está relacionado as mitocôndrias.
"— Progo, eu não sou vento nem chama nem foto. Sou um ser humano. Eu sinto. Não consigo pensar sem sentimentos. Se você tem significado pra mim, então o que você decide fazer se eu fracassar tem significado." p. 126.

Em uma noite eles os "dragões" que Charles alega ter visto finalmente aparecem, os irmãos Meg e Charles juntamente com o amigo Calvain descobrem que o mundo está doente, mas não é somente isso, a vida de Charles está em perigo, tendo em vista que está diretamente ligada a todo o universo. Devido a condição de Charles, Meg e Calvin deverão embarcar em uma jornada insólita para salvar a vida de Charles e impedir que seres sombrios destruam o universo, eles precisam correr contra o tempo, mas eles terão aliados inusitados e contarão com a ajuda de um querubim para concluírem esses importantes objetivos.
Opinião: Com uma temática simples e lúdica, Madeleine L'engle demonstra  ser extremamente criativa, os personagens principais estão em processo de amadurecimento, eles precisam enfrentar obstáculos e desafios, desde lidar com o bullying até mesmo um desafio em grande escala que é salvar o universo. Esse mundo criado por L'engle é fascinante, existe seres mágicos, místicos e sombrios que tão um charme para a trama. A autora ainda aborda temas importantes como a família, o amor, a aceitação e o sentimento de perda, ingredientes esses que nos levam para o campo da reflexão e torna o livro ainda mais encantador. L'engle é objetiva ao contar a história, ela não enrola e isso faz com que a leitura flua rapidamente. O final foi bem satisfatório e atendeu às minhas expectativas. Basicamente "Um Vento À Porta" é uma mescla de ficção científica com fantasia cristã e apresenta um enredo de beleza ímpar. Agora é ler "Um Planeta Com Seu Giro Veloz". Recomendo esse livro para leitores de todas as idades, seja criança, adolescente ou adultos. É uma leitura rápida e prazerosa.
Sobre a Edição: Essa é uma edição em capa dura, a por sinal capa ficou simplesmente linda com os tons de cores roxo, vermelho, laranja e azul, algo que retrata bem o universo. O modelo de capa segue o padrão do primeiro volume, algo que veremos também no terceiro volume recém publicado pela HarperCollins. A diagramação ficou super caprichada e o tamanho da fonte está confortável aos nossos olhos. O projeto gráfico demonstra toda a competência da editora. Deixo meus parabéns pelo trabalho apresentado.
Sobre a Autora: Madeleine nasceu em 29 de novembro de 1918 e passou seus anos de formação em Nova York. Em vez de seu trabalho na escola, ela descobriu que preferia escrever histórias e diários para si mesma. Aos 12 anos, ela se mudou para os Alpes franceses com seus pais e foi para um internato inglês onde continuou a escrever e crescer. L'engle mais conhecida por seus trabalhos de ficção científica, durante a sua carreira ela escreveu por volta de 60 livros.

7 comentários:

  1. Eu achei muito interessante mesclar dois tipos de fantasias e ainda abordar o bullying, mas pro meu gosto pessoal eu não sei se leria por não ser tão fã de fantasia.

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    É impossível não ficar curiosa com esse série depois de todos estarem recomendando! Apesar de não curti muito ficção cientifica esse livro já está na minha listinha! A edição está lindíssima ♥

    bjs
    https://blogperdidanasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Acho que esse é um dos livros mais comentados do momento e temos a disposição edições belíssimas, tanto em quadrinhos quanto na forma de romance, por si só já atraem leitores (além claro, de um filme). Confesso, que estou bem curiosa para realizar a leitura e ter a minha própria opinião formada sobre os livros, muitas pessoas afirmam ser uma história belíssima e outras já acham a narrativa bem cansativa. Quanto aos temas abordados eles me despertam o interesse e acredito que são retratos de uma forma belíssima, conforme você mencionou em sua resenha. Fiquei bem mais instigada a realizar a leitura após ler sua resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Não é meu estilo de leitura, raramente leio fantasia ou distopias, mas confesso que ultimamente tenho ficado bem tentada a ler. As capas estão incríveis, então chamam bastante a atenção, mas o fato de ser 5 livros me desanima um pouco. Espero mudar de ideia e desafiar a mim mesma! Adorei a resenha.

    Bj
    Blog Tell Me a Book

    ResponderExcluir
  5. Muito bom livros que atendam várias faixas etárias, ainda mais quando possuem qualidades tão boas em seus enredos.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. aAAAAH CARA, Estou com tanta vontade de começar essa série, a cada resenha que leio a vontade só aumenta haha... Gostei muito da sua pois trouxe de forma bem simplificada sobre o enredo e na sua opinião como leitor <3 Eu amo histórias que envolve grandes buscas, seres misticos e um enredo bem trabalhado como parece acontecer neste livro, espero começar logo essas leituras!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  7. Oie
    infelizmente não é bem o gênero que sou ligada mas ainda assim ouvi muitos elogios interessantes além da premissa que está bem chamativa, gostei da dica, ás vezes é legal arriscar

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir