[ARTIGO #14] BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO EM SÃO PAULO - Saga Literária

Breaking

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

[ARTIGO #14] BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO EM SÃO PAULO

Sábado, 04 de agosto de 2018, foi o dia escolhido para minha primeira imersão em um dos eventos mais bacanas que acontecem no país a cada dois anos: A Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Demorou, mas nesse tomei vergonha na cara e fui me aventurar no meio de milhares de livros expostos no pavilhão do Anhembi. 

Como sempre, obviamente, tive um enorme atraso na chegada, pois devido ao compromisso "Trabalho", só consegui chegar pouco mais das 17hs00min. Porém, foi até bacana, pois já não estava tão cheio como nos horários anteriores, conforme me informaram.
A entrada foi bastante tranquila e correu tudo certo com o meu credenciamento, que foi devidamente verificado e autenticado bem rapidamente. Já logo na entrada, pode-se ver a magnitude do evento com diversos estandes montados em todos os cantos de um pavilhão GIGANTESCO, mas tudo ali estava bem organizado e com bastante sinalização entre as “ruas”, inclusive foi disponibilizado um guia de todos os estandes montados na Bienal.

Além de conhecer nossos parceiros nessa empreitada literária, também tive que passar por vários estandes onde centenas de livros expostos para venda no patamar de R$5,00, R$10,00 e R$20,00. Portanto, se você vai na Bienal para “fazer a festa”, vá prevenido, pois as ofertas são muitas e irresistíveis.
O primeiro estande em que me apresentei como parceiro da Saga Literária foi o do Grupo Autêntica, onde fui recebido pela querida Paula [um amor de pessoa]. O estande em si, estava muito bem montado e com muitas “pechinchas”, além de bons descontos no catálogo geral do grupo. As vendedoras são muito atenciosas e te ajudam bastante na hora da escolha da compra. Não deixe de visita-los na rua F028.

De volta as ruas, mais estandes com ofertas e tentações arrasadoras que testam os limites de qualquer mortal. Livros e mais livros de qualidade em saldões muito bons. Você poderia encontrar, por exemplo, a coleção completa de GOT + camiseta, por R$100,00 ou boxes de Star War com três livros cada, por R$20,00 [o box fechado]. Outro exemplo bacana foi achar livros da primeira era de Mistborn de Brandon Sanderson, por R$10,00 e R$20,00. Biografias como a de Paul McCartney [FAB: A Intimidade de Paul McCartney] por míseros R$10,00 ou a de Bob Dylan [A Balada de Bob Dylan] pelo mesmo preço. Mas, acredito que a maior pechincha que eu cheguei a ver foi a do livro As duas torres do Tolkien, na edição de 2002, que pode ser encontrada hoje pela bagatela de R$75,00 pela internet, mas na bienal é somente R$20,00, isso mesmo VINTÃO!! Corram e aproveitem.

O estande da Harper Collins foi o segundo da lista de parceiros em que fui me apresentar, mas devido ao horário, não pude falar com o responsável pelas parcerias que já não estava mais presente. Porém, isso não me impediu de tirar várias fotos no estante que estava muito bonito e também com várias ofertas tentadoras de seu catálogo e alguns lançamentos. A nova casa de Tolkien com certeza vai dar muito orgulho aos fãs da Terra-Média pelo Brasil, tamanho cuidado demonstrado por eles para com o público da Bienal. Visite-os na rua F030.
Como ninguém é de ferro, a parada para comer alguma coisa foi bacana e frustrante ao mesmo tempo. Bacana, pois tinha uma grande variedade de opções para matar a fome, tanto na praça de alimentação como em outros locais espalhados pelas ruas da Bienal. A frustração fica por conta dos preços, sempre acima da média de qualquer lugar fora de um evento. Porém, já era de se esperar. Estejam avisados, pois não tem nada barato para comer e beber lá. Previnam-se.
Depois de uma breve comilança, cheguei no estande da Martin Claret, que estava muito bonito e cheio de livros maravilhosos. O bom e velho bordão da editora, “Os Clássicos que você mais gosta”, veio muito bem a calhar, pois todos estavam presentes na Bienal clássica da Martin. A editora também guardou algumas “surpresas” [anunciadas] e trouxe alguns lançamentos direto para a Bienal desse ano como quatro edições do detetive mais famoso do mundo: Sherlock Holmes e o Vale do Terror; O Cão dos Basquerville; Um Estudo em Vermelho e O Signo dos Quatro. Também lançou A Viagem ao Centro da Terra de Júlio Verne e três livros de Jane Austen sendo Emma, Persuasão e A Abadia de Northanger. Posso dizer que os leitores ficaram muito felizes com essas novas edições que estão todas de tirar o fôlego de qualquer um, ou seja, belíssimas. Visite a Martin Claret na rua A138.

A Editora 34 também marcou presença na Bienal e trouxe seu catálogo com alguns descontos no preço de capa. O estande estava cheio de edições muito bacanas e foi bastante difícil resistir a todas elas. Visitem a Editora 34 na rua J020.
Devido a hora avançada, já quase perto das 22hs00min, pensei que não iria mais encontrar as responsáveis pelo Grupo Pensamento, mas, felizmente, estava enganado. Depois de tantas conversas digitais, finalmente, consegui conhecer as responsáveis por essa ótima parceria. A Raquel, Renata e Michelle me receberam muito bem e enquanto conversávamos fui me maravilhando com o estande delas que estava muito bacana também. A editora estava com vários livros de seu catálogo e alguns lançamentos também e tudo com preços bem convidativos. Uma coisa legal no estante deles é que nas laterais existe um espaço para fotos do livro O Assassino do Zodíaco de um lado e Diário de Uma Garota Alquimista do outro. Eu não perdi tempo, lógico, e tirei minhas fotos. Visite o Grupo Pensamento na rua L018.
Antes de ir para casa, ainda consegui passar no estande da editora Aleph e posso dizer que a nave mãe estava deslumbrante. Muito bem recebido pela Luciana Fracchetta, viajei pelo espaço entre o catálogo da editora que estava com desconto em todos os livros, inclusive com algumas pechinchas em suas prateleiras. Foi bem bacana ver alguns boxes lançados pela editora ali à disposição de todo o público. Lá você vai encontrar os boxes da Trilogia de Sprawl, duologia Jurassic Park, Trilogia Fundação e muito mais. Visite a editora Aleph na rua L067.
A editora Record marcou presença na Bienal com um estande muito bom e bonito também. Caprichou na quantidade de livros e o atendimento estava impecável. Algumas boa promoções e descontos também nos seus livros. Não deixe de visitar a Editora Record na rua G028.
Gostaria de me desculpar publicamente por não ter podido visitar alguns parceiros do Saga Literária, simplesmente, pela falta de tempo hábil. Mas, tenho certeza que outras oportunidades irão surgir e agradeço a todos os parceiros pelo grande carinho que recebemos de todos vocês.

Por fim, posso dizer que essa minha primeira vez em uma Bienal foi muito gratificante, não só por ter conhecido pessoas que venho falando e interagindo já há tempos, mas também pelo porte organizado de um evento tão grande e importante como esse aqui no Brasil. Infelizmente, não vou poder repetir a visita esse ano, mas vocês, meus queridos leitores têm até o dia 12 de agosto para aproveitar essa festa. Então, APROVEITEM!!

29 comentários:

  1. Nossa, meu sonho é ir na Bienal. Fico imaginando o tamanho do stand da Dark Side, minha editora preferida. Gostei do post e da forma como apresentou a experiência de ter ido, bem animado nas fotos. Realmente um sonho, quem sabe ano que vem eu não consiga o suficiente pra ir. Se você pudesse pegar um autógrafo de qualquer autor, qual seria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, obrigado pela visita, viu. Não deixei de conferir a próxima Bienal, pois eu não vou perder mais nenhuma. Beijos.

      Excluir
  2. Aí que bacana Jeffa, esse é o primeiro ano sem Bienal, chega dói o coração ver, ver. Ler ler. Mas não está lá. Adorei o post que bom que foi bom pra vc. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia, outras oportunidades virão, acredite. Muito obrigado pela visita e sim, adorei a Bienal. Beijos e volte sempre.

      Excluir
  3. Olá!! :)

    Ainda bem que pudestes visitar a Bienal, vendo tanta coisa e conversando com todos esses autores e promotores de lançamentos.

    É uma pena que não tenha dado para visitar todos os parceiros, mas e compreensível que o tempo não estique! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, meu caro. Foi uma pena mesmo não ter tido o tempo necessário. Mas mesmo assim foi demais. Abraços e volte sempre que puder.

      Excluir
  4. Tudo bem?
    Bienal é sempre um evento interessante em muitos aspectos. Conhecer pessoas, interagir, reencontrar amigos e afins.
    Queria estar presente , ia estar, mas algumas coisas fugiram ao meu controle e não pude ir. Estou acompanhando pelas redes e curtindo através das postagens.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karini, foi muito bacana mesmo. Pois é, as coisas as vezes fogem ao nosso controle... infelizmente acontece. Obrigado pela visita e continue voltando sempre..kkkk!! Beijos.

      Excluir
  5. Um dia ainda vou na Bienal, é um sonho que ainda não pude realizar por morar em outro estado e ter vários compromissos, mas quero conhecer os vários estandes e ver o que as editoras estão expondo por lá.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, acredite, um dia você consegue e vai gostar pra caramba. Muito obrigado pela visita e volte sempre que puder. Beijos.

      Excluir
  6. Olá Jeffa, tudo bem?
    Preciso dizer que estou com inveja branca do seu post.
    A Bienal é um dos meus sonhos e tenho certeza de que irei realizar um dia
    Amei as fotos, os detalhes, o post.
    Fico feliz em saber que você está aproveitando muito esse momento maravilhoso. Continue nos mostrando mais. Especialmente aos que assim como eu não podem ver tudo pessoalmente. Permita-nos sonhar atraves dos seus posts.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faby, muuito obrigado, viu. Tenha certeza sim que vai realizar esse seu sonho de Bienal, acredite!! Beijos e volte sempre, tá?!

      Excluir
  7. Ah que pena a Bienal foi beeeem distante de mim esse ano.
    Moro no Rio e pretendo ir no próximo que tiver por aqui.
    Na verdade, o primeiro mega evento literário que fui, foi este ano e como me apaixonei, pretendo mesmo fazer um esforço para ir nos próximos.
    Adorei suas fotos e realmente achei bem menos tumultuado.
    Acho que vou pegar essa dica e ir em eventos do tipo, nos horários menos cheio mesmo. Se bem, que... A maioria das entrevistas, autógrafos, oficinas, ocorrem durante a tarde, não é?
    Mas enfim... Adorei a sua postagem! Um abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Miss. Esse ano tive imprevistos e toda minha preparação foi por água abaixo. Mas mesmo assim, consegui aproveitar bastante. Na próxima, ninguém me segura.. kkkkk. Beijos, muito obrigado e volte sempre, tá.

      Excluir
  8. Oi Jeffa,
    Ano passado fui na minha primeira Bienal. É um evento incrível, com tanta gente que gosta de ler junto, que chega a emocionar. Tinha me programado para ir na desse ano, mas o dinhei..., digo, tempo estava curto [risos]. Não pretendo faltar a Bienal de 2019. Até o ano que vem!
    Abraços,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André, muito obrigado pela visita. Realmente, a Bienal é demais e adorei poder ter participado, pelo menos um pouquinho. Na próxima, tenho certeza que vou poder ir mais dias e aproveitar tudo o que for possível. Abraços e volta sempre por aqui, rapaz.

      Excluir
  9. Oi! A única vez que fui na bienal foi em 2014, e fiquei encantada. Vejo pelas divulgações que a cada ano tem sempre bastante inovação, e ver que deu pra você aproveitar bem as estandes visitadas. Gostei principalmente da Harper Collins, pois também estou ansiosas com a "nova casa" do Tolkien, e a estande da Aleph pareceu muito recheada, já que os livros deles são um luxo só!
    Fico feliz que o evento esteja cada vez mais forte *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, gostei demais. Foi muito bacana mesmo. Na próxima, vou aproveitar ainda mais. Muito obrigado pela visita e volte sempre, tá?! Beijos.

      Excluir
  10. Olaaa.
    Excelente reportagem sobre a Bienal, queria muito ter ido, mas para mim que moro no Mato Grosso do Sul e o gasto com a viagem e hospedagem era inviável para mim. Mas acabei acompanhando tudo através dos stories e vídeos do pessoal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, muito obrigado, viu. Pois é, para algumas pessoas fica muito caro mesmo, mas pelo menos dá para ter o gostinho pelas redes sociais, né?! Mais uma vez, muito obrigado e volte sempre que puder. Beijos.

      Excluir
  11. Oiiii,

    Eu queria muito ter ido na Bienal, mas infelizmente foi longe de mais para mim. Adorei conferir as fotinhas e os preços bacanas que você encontrou por lá. Os stands estavam lindos e lamento muito que não tenha conseguido ir, espero poder conferir da próxima vez.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  12. Todo ano fico acompanhando as Bienais pelas redes sociais e morro de vontade de ir. Até agora não deu muito certo($$$), mas um dia vai dar.

    Este ano o evento estava incrível e fiquei num sofrimento hehehe

    ResponderExcluir
  13. Oieee

    aaaa que post incrível.
    Mesmo não podendo comparecer, eu fico muito feliz em acompanhar os posts da Bienal. O seu foi tão bem detalhada que deu pra sentir o gostinho como se eu estivesse lá.
    Que bom que aproveitou bem e que foi uma experiência positiva. Certeza que vai ficar "viciado" e vai querer participar de todas a partir de agora... rsrsrsr
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Fui a Bienal poucas vezes na minha vida e é uma pena, porque raramente tenho dinheiro na época e espero conseguir ir no Rio ano que vem. Porque se já é longe ir no Rio, imagina encarar São Paulo? Quem sabe chego lá? Adorei as fotografias, deve ter sido incrível. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    A Bienal é sempre um momento maravilhoso para os autores e para nós amantes das leituras. Entrar nos estandes, conferir as novidades, poder ir aos eventos é sempre incrível.
    Esse ano não pude ir na Bienal em Sampa, mas adorei acompanhar as novidades. E aguardo ansiosa aqui no RJ a próxima Bienal.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  16. Oie!

    Foi ótimo saber um pouco da sua experiência na bienal, esse ano a de SP eu deixei passar mas ano que vem aqui no RJ pode ter certeza que estarei lá, firme e forte reclamando em todas as filas possíveis hahaha

    Beijos

    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá Jeffa!!!
    Eu só fico babando vocês que conseguiram ir para Bienal, pois todo ano que ocorre tenho vontade de ir mas por conta de morar numa cidade do interior do CE e está ou estudando, ou trabalhando tudo isso acaba me abalando e me deixando presa a cidade. De todo modo que bom que você aproveitou o que pôde do dia que você foi e esses preços realmente estavam maravilhosos, espero que tenha adquirido vários livrinhos novos rsrsrs

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Jeffa

    Eu acabo nunca conseguindo ir à Bienal de São Paulo, mesmo morando relativamente perto, no Rio. Acompanhei o evento pela internet e bateu aquela "invejinha" de quem foi, porém, ano que vem tem aqui no Rio. hahaha
    Espero conseguir chegar bem cedo pois quero aproveitar os estandes de R$10, ano passado havia vários livros da série Mortal, da Nora Roberts, mas acabei não conseguindo comprar. E nem me fale nos preços das comidas, eu não compro, sempre levo de casa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oii.
    Que artigo maravilhoso. Queria muito ter ido a bienal, mas infelizmente não pude ir por motivos financeiros. Como moro muito longe os custos são altos e para mim não compensa.
    Bjs, Mary
    https://romancedeepocaevida.blogspot.com/

    ResponderExcluir