[RESENHA #570] DEUSES CAÍDOS - GABRIEL TENNYSON - Saga Literária

Breaking

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

[RESENHA #570] DEUSES CAÍDOS - GABRIEL TENNYSON



Título: Deuses Caídos
Autor: Gabriel Tennyson
Editora: Suma

Páginas: 288
Ano: 2018
ISBN: 9788556510648
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Em Deuses caídos, Gabriel Tennyson nos leva em uma investigação sombria e grotesca, percorrendo os cantos escuros do Rio de Janeiro, onde as sombras têm olhos e garras, e de onde o leitor desavisado pode nunca escapar.Um serial killer com poderes paranormais está assassinando evangelistas famosos — e os vídeos de cada um deles sendo torturados ganham cada vez mais público na internet. O assassino se proclama o novo messias, e os pecadores devem temer sua justiça. O que a Sociedade de São Tomé teme, no entanto, é que ele acabe com o trabalho de séculos de manter o sobrenatural bem afastado da consciência da população, embora seres mágicos povoem o submundo da cidade. Para garantir que o assassino seja capturado e o máximo de discrição mantida, a Sociedade convoca Judas Cipriano — um padre indisciplinado, descendente de são Cipriano e herdeiro de alguns poderes celestiais. Veterano nesse tipo de caso, o padre é enviado para trabalhar como consultor da Polícia Civil e fica responsável por apresentar à jovem inspetora Júlia Abdemi o lado místico da cidade.Para resolver o caso — e sobreviver —, os dois precisarão de toda ajuda que puderem encontrar... O que inclui se unir a uma súcubo imortal, um dragão chinês traficante de armas mágicas e um gárgula que é a síntese da sociedade carioca. Com protagonistas cativantes, um vilão extraordinário e criaturas sobrenaturais reinventadas de maneiras sombrias, Deuses caídos une o melhor do thriller e da fantasia urbana em uma investigação vertiginosa com um final épico.


Resenha: Escrito por Gabriel Tennyson e publicado pela Suma, Deuses Caídos é um livro que mistura elementos da literatura fantástica com terror e suspense. Aqui conhecemos Judas Cipriano, um padre exorcista, rebelde e inqueito que carrega uma criatura embrionária no seu corpo, um ser chifrudo chamado Capenga. Esse ser ajuda o padre a encontrar demônios que possuem os corpos dos seres humanos. Mas Judas não tem apenas Capenga em seu auxílio, pois ele mesmo é dotado de poderes celestais, tendo em vista que é descendente de São Cipriano. Por outro lado temos a inspetora Júlia Abdemi, uma inspetora de Polícia Civil que tem o poder de adentrar no mundo cibernético por meio da sua mente, mas ao contrário do padre Judas, ela é totalmente descrente e cética em relação ao mundo sobrenatural existir e influenciar nas vidas das pessoas.

Mas a vida dessas duas pessoas está prestes a se cruzar quando alguém passa a publicar diversos vídeos na internet sobre os crimes que cometeu e, além disso, também destila o ódio entre as pessoas na internet. Considerada um assassino serial e com poderes sobrenaturais, essa pessoa também caminha pelo sobrenatural e visa matar líderes religiosos, mas ela não quer apenas matar, ela deseja que todas as suas vítimas sofram e tenham mortes cruéis.

Devido a série de assassinatos que ocorreram no estado do Rio de Janeiro e por essas mortes apresentarem motivações de cunho religiosos, incluindo pessoas importantes, a sociedade de São Tomé é pressionada por pessoas do alto escalão para encontrar esse serial killer e a Igreja Católica coloca em cena o padre Judas Cipriano que é chamado às pressas. Cipriano deve auxiliar a descobrir a identidade dessa pessoa, mas também deve tirar da cabeça das pessoas comuns qualquer sugestão que esses crimes tenham algo ligado com o paranormal ou sobrenatural.
Opinião: Deuses Caídos é um bom livro (talvez tenha ido com muita sede ao pote), a premissa e a proposta apresentadas pelo autor são interessantes. Achei legal a ambientação ser em terras tupiniquins e isso passa uma sensação de proximidade. O universo apresentado pelo autor é legal e conta com diversas criaturas e seres sobrenaturais como: vampiros, demônios, anjos, santos católicos, sacis, súcubos, gradões e muito mais. Mas acho que esse universo poderia ser melhor se eles restringisse um pouco o número de criaturas que se apresentam na trama, pois foi realmente uma miscelânia. Por outro lado podemos ver isso como ponto positivo, tendo em vista que o autor demonstrou um propósito em construir um universo rico de seres, mas como eu disse...tem muitos seres, pois com o passar do tempo o encanto se perde.

Um ponto extremamente positivo e que traz um toque de realidade são as mortes dos líderes religiosos, elas são bem descritas e elaboradas e nos chocam. O autor não poupa sangue, tripas e brutalidades ao descrever os crimes e nesse momento o "gore" impera de forma nua e crua. Gabriel também abre espaço para tecer críticas sobre a corrupção desses líderes religiosos, algo que ao meu ver está alastrado na sociedade brasileira. Esse é verdadeiramente um livro para o público acima de 18 anos e falo isso porque contém passagens sobre o uso de drogas, álcool, automutilação, o autor ainda retrata o suícidio e sexo e tudo isso de forma direta.

Os personagens principais são razoáveis, faltou carisma, a Júlia por exemplo é uma protagonista inssossa, já Cipriano me agradou mais. Gostei das referências pop, mas acredito que o autor poderia ter poupado um pouco da utilização dessas referências que foram muitas. Apesar de ser um livro apenas bom, Deus Caídos provavelmente vai cair nas graças do público que gosta de "gore'. Em suma, é um livro que tem as suas qualidades, mas que peca em certos momentos ao meu ver (algo estritamente pessoal) pelo excesso de criaturas apresentadas e pela brutalidade exarcebada.
Sobre a Edição: A Suma caprichou no projeto gráfico, a edição está impecavél e a capa ficou bem sinistra. Essa edição conta com folhas amareladas, fonte e espaçamento confortáveis. Fica claro todo o esmero e atenção que a editora deu ao livro, essa é uma edição de muitas qualidades.
Sobre o Autor: Gabriel Tennyson nasceu em 1978, no Rio de Janeiro, onde mora até hoje. Quando não está escrevendo, assiste a séries, joga RPG, passeia com seus dois cães, Krypto e Ravena, e sonha em deixar a literatura fantástica tão popular quanto o Zeca Pagodinho. Gabriel foi semifinalista no concurso Fantasy e finalista no prêmio Bang!

12 comentários:

  1. Enquanto lia sua resenha fiquei imaginando como o autor conseguir inserir tantos elementos em tão poucas páginas. Eu gostei da sinopse e do enredo, acredito que iria amar a ambientação, tendo em vista que esse gênero literário é o meu favorito. Mas acredito que tbm ficaria confusa com a quantidade de elementos e tbm acharia melhor se restringisse.
    Mas mesmo com as ressalvas, acredito que daria uma chance pra obra sim =D

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Não é o meu tipo de livro. Achei algo parecido com o Dan Brown, um autor que gostava muito na adolescência, mas, pela sua resenha, esse livro é mais sombrio. Acho que o autor tem que ter tudo bem amarrado para inserir um monte de elementos e sub-histórias, às vezes é difícil mesmo e as pontas acabam não se ligando ou ficando muita coisa jogada na narrativa. Mas que bom que pôde aproveitar a leitura na medida do possível. Gostei de conhecer sobre a obra, os autores nacionais têm arrasado demais em gêneros não-típicos <3

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Yvens!
    Não conhecia o livro, mas gostei bastante da premissa. Gosto do gênero e principalmente dessa junção de realidade com literatura fantástica.
    Mesmo com tuas ressalvas, anotarei a dica e espero conseguir ler em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Yvens!
    Nossa, parece um livro tudo de bom, mas com aquelas ressalvas básicas... rsrs
    Eu acho que mesmo assim pode ser uma leitura que eu acabe apreciando. Será que tem um segundo volume? Pelo que me pareceu, se o autor dividisse esse volume, talvez desse mais certo a inserção de tantos elementos, sem confundir tanto.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Olá Yvens, eu não conhecia esse livro, mas curti bastante a premissa do enredo além de gostar da ambientação ser em território nacional, uma pena que o autor tenha pecado em alguns pontos como no carisma de uma das protagonistas, mas mesmo assim parece ser uma leitura bem bacana *-* Dica anotada.

    ResponderExcluir
  6. O livro tem uma história boa que com certeza vai atrair muito os leitores que gostam desse gênero de livro, pois terror e suspense são elementos que atraem muito, a capa é fantástica, a história do livro já me atraiu muito, ótima a sua indicação de livro abraços.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da proposta do autor e ao ler sua opinião fico triste que ele tenha colocado muita coisa na obra de forma que fique meio confuso e mal desenvolvido, vejo isso em muitos livros e é difícil seguir apenas uma linha da narrativa quando se tem tanto a explorar, né? haha

    ResponderExcluir
  8. O enredo me parece interessante, mas o excesso de elementos de fantasia realmente é algo a se ressaltar, soou um pouco confuso. Se o autor tivesse focado em apenas alguns talvez o resultado final fosse mais coeso. No mais achei bem legal a ambientação em terras brasileiras.

    ResponderExcluir
  9. Achei a capa bonita, o tema e a sinopse chamam atenção, eu gosto dessa temática. Ruim quando colocam muitos personagens, acaba confundindo o leitor com tanta informação, mas num geral pela sua resenha parece um livro interessante, ainda mais por ser livro nacional, com tema diferente. bj

    ResponderExcluir
  10. Caramba, que livro! Além da sinopse ser incrível, tu arrasou na resenha. Como amante do sobrenatural, não posso deixar de parabenizar tanto vc quanto o autor da obra. Adorei.

    ResponderExcluir
  11. Apesar de algumas questões eu amei descobrir esse livro, possui uma história bastante intrigante que abra margens para nossa imaginação. Manter o mundo sobrenatural em oculto não será tarefa fácil, tenho certeza, fiquei curioso!
    Abraços! ��

    ResponderExcluir
  12. Oi
    que livro interessante a capa já chama a atenção,arrasou muito na resenha mandou super bem mesmo,a sinopse é maravilhosa e chama bastante a atenção também,a história do livro é ótima com certeza vai fazer muito sucesso com pessoas que gostam desse gênero,adireiii.

    ResponderExcluir