[RESENHA #571] O DIA EM QUE O PRESIDENTE DESAPARECEU - BILL CLINTON & JAMES PATTERSON - Saga Literária

Breaking

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

[RESENHA #571] O DIA EM QUE O PRESIDENTE DESAPARECEU - BILL CLINTON & JAMES PATTERSON


Título: O Dia em que o Presidente Desapareceu
Autores: Bill Clinton & James Patterson
Editora: Record
Páginas: 504
Ano: 2018
ISBN: 9788501113634
Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Sinopse: Um dos livros mais esperados do ano, escrito pelo mestre do thriller, James Patterson, e pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton. O presidente desapareceu. O mundo fica em estado de choque. Mas o motivo do desaparecimento é muito pior do qualquer um pode imaginar. Com detalhes que só um presidente poderia conhecer, e o tipo de suspense que só James Patterson é capaz de criar, surge um dos maiores thrillers dos últimos tempos.


Resenha: No livro, acompanhamos a história de Jon Lincoln Duncan, um ex-herói de guerra que combateu no Iraque e que ao retonar para o seu país decidiu ingressar na carreira política. Demonstrando tenacidade para enfrentar os problemas no campo da política, em especial na esfera da administração federal. Jon Duncan conseguiu se eleger no cargo máximo, ele se tornou presidente. Duncan é um homem de boas intenções e coloca o seu país acima de tudo, mas ele não deseja colocar a vida das outras pessoas em risco, apenas a sua para defender o seu país.
O ex-herói está enfrentando um impeachment promovido pelo Presidente da Câmara, mas esse movimento político e processual não gera preocupações em sua mente, os seus pensamentos estão diretamente ligados ao que está prestes a acontecer. Em poucas horas diversas informações como registro médicos, legais e financeiros do país vão ser apagados e para piorar a situação sistemas de suma importância para todos como energia elétrica e transportes também devem falhar. Duncan está ciente de que alguém da sua equipe quer promover o caos e colocar o país literalmente na "Idade das Trevas".

As incertezas de quando esse ataque ocorrerá e o medo de um possível caos abalam as autoridades e investigações são realizadas à todo vapor para evitar que isso ocorra. Os terroristas são uma grande ameaça para a nação, mas existem claros indícios de que existe um delator na equipe de investigação e até mesmo o presidente é colocado sob suspeita, contudo ele precisa correr contra o tempo para evitar que esse ataque ocorra e também para demonstrar que ele é inocente, enquanto isso, coloca todos a sua volta como potenciais traidores, mas o inesperado acontece e o presidente desaparece, aumentando o risco de caos no país.
Opinião: O Dia em que o Presidente Desapareceu é um suspense bem escrito, bem elaborado e redondinho, além disso é possível entender um pouco do funcionamento da política norte-americana. Existe todo um clima de disputas internas e conchavos para todos os lados, isso me lembrou um pouco a série House of Cards. Mas aqui o grande diferencial apresentado na trama é a visão de um ex-presidente sobre esse cenário, pois Bill Clinton contribuiu de forma magistral por meio de sua experiência e conhecimento adquiridos durante o tempo que comandou a Casa Braca e isso traz um tom de realidade ou ao menos verossimilhança.

Esse é simplesmente um thriller viciante e envolvente, a leitura foi rápida e foi super legal acompanhar as reviravoltas que surgiram durante a trama. O fim do livro ainda que seja um pouco previsível consegue nos reservar uma surpresa e isso é bom. Aqui existe um clima quase paupável de terror pela ameaça terrorista e acredito que reflete o sentimento de muitos estadunidenses, sentimento esse aflorado após os atentados de 11 de setembro. Outro aspecto interessante na trama é a possível guerra cibernética, talvez seja algo que vá ocorrer com frequência no século XXI devido aos avanços da tecnologia. Sim, eu recomendo esse livro.
Sobre a Edição: A Editora Record apresenta novamente um projeto gráfico de boa qualidade, a capa tem como fundo a Casa Branca, local de suma importância na trama. Os nomes dos autores estão em destaque, ao meu ver até mais que o próprio título e isso é justificado por ter o nome do ex-presidente Bill Clinton. A fonte está confortável, assim como o espaçamento. As folhas são amareladas e a revisão ficou muito boa. No geral gostei bem do projeto gráfico.
William "Bill" Jefferson Clinton (Hope, Arkansas, 19 de Agosto de 1946), nascido William Jefferson Blythe III e mais conhecido como Bill Clinton, foi o 42º presidente dos Estados Unidos, por dois mandatos, entre 1993 e 2001. Antes de servir como presidente, Clinton foi governador do estado do Arkansas por dois mandatos.
James Patterson é hoje um dos autores mais vendidos no mundo inteiro. Seu livro de estréia The Thomas Berrynan Number ganhou o Edgar Award de melhor romance policial. Foi publicado em 1976, depois de recusado por mais de 20 editores. O autor iniciou então uma série de best-sellers, incluindo os seis livros com o personagem Alex Cross, um detetive-psicólogo. Antes de se tornar um escritor em tempo integral, Patterson trabalhou na área de publicidade por muitos anos. Foi presidente da J. Walter Thompson, North America, de 1990 a 1996. Estudou no Manhattan College e depois na Vanderbilt University. Vive atualmente em Palm Beach, Flórida, com a mulher e o filho.

8 comentários:

  1. Olá, muito interessante. Artigo bem escrito, que foge do óbvio e se aprofunda na opinião pessoal, que é sim, um ativo muito importante no mundo dos blogs.
    Pela quantidade de páginas do livro e pelo entusiasmo envolvido, me parece muito bom, pois, é difícil ler um livro chato com mais de 500 páginas.
    Emerson Lemes.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante da sua resenha e fiquei muito curioso por esse livro. Eu amo ler e esse parece ser de um estilo que eu gosto muito. Acabou de entrar para minha listinha de livros para comprar. Obrigado e parabéns pela resenha :)

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Realmente o livro parece ser ótimo, um suspense com reviravoltas e surpresas, sao os melhores.
    Parabéns pela resenha!
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Confesso que livros políticos não fazem muito meu estilo, mas parece ter dado um grande trabalho, pois o livro parece bem grande. E você ainda escreveu bem. Parabéns!
    E valeu pela dica! Vou dar uma pesquisada com calma sobre ele depois.

    Grande beijo,
    Letícia Franca | Além de 50 Tons
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. James Patterson é um dos grandes nomes desse gênero e com certeza seus livros ganham muitos elogios de seus leitores. Interessante a parceira com o ex-presidente Bill Clinton, é bem inusitada. Parece ser uma história bastante envolvente.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Yvens!!
    Eu ouvi falar desse livro pela primeira vez no Mochilão da Record e apesar de não ser um gênero que costumo ler, eu fiquei bastante curiosa pelo enredo. Sua resenha só veio para confirmar que seria uma ótima escolha de leitura.
    Ótima resenha!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Já quero esse livro pra mim!
    Amo thrillers e este envolvendo o cenário da política estadunidense parece incrível!
    Parabéns pelo post e pela resenha!

    ResponderExcluir
  8. Oi! Eu vi sobre esse livro na Bienal de SP, mas ainda não tinha lido uma resenha sobre ele. Fiquei bem curiosa com a premissa, começando com o fato de que adoro thrillers de suspense, mas pelo pano de fundo político. Eu gosto muito de histórias que tenham ambientação na Casa Branca, ainda que sempre questione alguns pontos haha
    Quero saber sobre como o presidente vai atuar e quem é a pessoa que está vazando as informações. Ótima resenha, parabéns. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir