Todos nós sabemos a grande importância do livro para o ser humano. O livro é uma forma de absorver novos conhecimentos, um meio de conhecer outras realidades sociais, culturais; uma forma diferente e importante que nos dá meios para conhecer locais distantes sem sair do conforto de nossas casas. Grande parte da população mundial já leu algum livro em sua vida, seja ele didático, de ficção, histórico ou mesmo com temas religiosos entre diversos estilos de publicações que existem por aí. Alguns livros são marcantes e nos conquistam de uma forma que a releitura é essencial e muitas vezes dura a vida toda. Existem também aqueles que perduram pelos tempos e são transformados em ícones da cultura pop ou outra cultura qualquer.

Livros como a Bíblia, o Alcorão e a Torá estão no cotidiano de muitas pessoas ao redor do globo; outros livros como Dom Quixote (Miguel Cervantes), Crime e Castigo (Fiódor Dostoiévski), O Conde de Monte Cristo (Alexandre Dumas) são símbolos da literatura de seus países originários e ainda temos os livros que marcaram gerações como Senhor dos Anéis (J.R.R Tolkien), As Crônicas de Gelo e Fogo (George R. R. Martin) e Harry Potter (J. K. Rowling), que mostraram ser bem mais do que meras obras de entretenimento, onde seus autores se utilizaram de suas obras para se comunicarem com seus leitores de igual para igual. Muitas dessas obras serviram de inspiração para muitas pessoas que descobriram um mundo bem maior dentro da literatura do que se poderia esperar e, também, puderam perceber que essas mesmas obras serviram de mecanismos para tecer críticas sociais e culturais, colocando em evidência comportamentos que criavam dúvidas e questionamentos sobre o certo e o errado. Os livros, em sua grande maioria, sempre nos levam a refletir, a sonhar e ver a vida com outros olhos, mas como seria o mundo sem os livros?
Ao meu ver, o mundo seria um lugar totalitário, a vida perderia as cores e não teria muito sentido em viver, pois a liberdade de expressão seria algo inexistente e com isso muitas das liberdades individuais e coletivas seriam abolidas ou sequer imaginadas. Ideias importantes e que fazem parte de nossas vidas como a felicidade e tristeza, o amor e ódio, sonho e desejo perderiam muito do significado e força que carregam. Sem os livros a percepção do mundo que conhecemos e vivemos estaria distorcida e dificilmente seria a mesma.

Você pode estar pensando, será que isso é possível? No mínimo não é algo impensável, tendo em vista que durante alguns períodos da história o acesso ao livro foi coibido. No governo de Adolf Hitler a queima de livros não era algo anormal, pois qualquer livro que afrontasse os ideias do Nacional-Socialismo (Nazismo), qualquer livro que fosse considerado perigoso aos objetivos do governo nazista era simplesmente apreendidos e queimados. Não foi somente no governo de Hitler que isso aconteceu, mas também na União Soviética da década de 1920 em diante, inúmeras obras foram queimadas e inúmeros livros tiveram a sua publicação proíbida no país nos governos de Lênin e Stálin.
Os livros moldam o ser humano, os livros são capazes de transformar o homem em um ser melhor, ele nos instiga, nos faz refletir e questionar sobre o mundo em que vivemos, sobre o que vivenciamos e presenciamos em nossas vidas. Não digo que os livros nos trazem a felicidade suprema, mas traz momentos de alegria e de tristeza, eles nos propiciam experiências diversas, é também um meio para fugirmos da realidade que muitas vezes nos aborrecem e não nos completam. Seja livro acadêmico/técnico, religioso ou de literatura em geral, o importante é você ter um livro ao seu lado, mas principalmente ler. Deixo como dica o livro Fahrenheit 451 de Ray Bradbury, nesse livro você pode entender um pouco mais sobre o que seria um mundo sem os livros.

7 Comentários

  1. Os livros, além de ensinar muita coisa, ele nos revela um mundo diferente, apresente outras perspectivas e de fato, as coisas ficam mais leves e coloridas com a leitura. Não imagino um mundo sem livros também.

    ResponderExcluir
  2. Nossa.... que texto sensacional, tambem acredito que o mundo sem os livros seria cheio de pessoas insensiveis, pois o que mais aprendi com as minhas leituras foi a ter empatia... parabens eu amei ...

    ResponderExcluir
  3. Não consigo imaginar o mundo sem livros, seria tão chato tão desfavorecido de cultura, etc..

    ResponderExcluir
  4. oi!
    Não consigo imaginar um mundo sem livros, com certeza seria um mundo horrível...Ler é maravilhoso e nos faz viajar :D

    ResponderExcluir
  5. Os livros são uma janela que ampliam nossos horizontes! Nao imaginaria viver sem eles.

    ResponderExcluir
  6. Gente, eu não consigo nem pensar em um mundo sem livros!! Acho que seria tudo muito sem graça, o que eu faria no meu tempo livre?!! rs Já se tornou algo tão do meu dia a dia que não imagino minha vida sem esse monte de papel carregado de tanto sentimento :)

    ResponderExcluir
  7. Não consegui nem imaginar o mundo sem livros! É algo que faz parte da gente, da nossa essência, que nos muda, transforma, amadurece! Acho que seria tao sem vida, sem cor!

    ResponderExcluir