[RESENHA #582] PRECISO SABER - KAREN CLEVELAND - Saga Literária

Novidades

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

[RESENHA #582] PRECISO SABER - KAREN CLEVELAND

Título: Preciso Saber
Autora: Karen Cleveland
Tradução: 
Maryanne Linz
Editora: Planeta
Páginas: 300
Ano: 2018
ISBN: 9788542212419
Onde Comprar: Amazon - Saraiva


Sinopse: O thriller do ano: uma analista da CIA deverá escolher entre o amor de sua família e o juramento feito a seu país Vivian Miller é uma agente do departamento de contrainteligência da CIA, e sua tarefa é desvendar células infiltradas de inimigos russos em solo americano. A dedicada analista está muito próxima de receber a tão esperada promoção, depois de desenvolver um método revolucionário para ajudar na identificação de agentes secretos da Rússia. Ao conseguir acesso ao computador de um potencial agente russo, Vivian descobre uma pasta de conteúdo altamente confidencial: os inimigos estariam, de fato, vivendo em pleno solo dos Estados Unidos, passando-se por cidadãos comuns. Clique após clique, no entanto, Vivian se depara com uma verdade de consequências avassaladoras, capaz de colocar em xeque tudo o que ela mais ama. Entre a promessa de defender seu país e o desejo de proteger sua família, Vivian é uma mulher dividida. Terá, enfim, de decidir entre a lealdade e o amor? E, diante de uma escolha como essa, em quem ela pode confiar?"

Resenha: Escrito pela autora estadunidense Karen Cleveland, em "Preciso Saber" conhecemos a história de Vivian Miller, ela tem uma vida que pode ser considerada perfeita, casada com Matthew e mãe de quatro filhos, ela tem o trabalho dos sonhos para muito, ela é uma agente do departamento de contrainteligência da CIA e sua principal tarefa é desvendar e achar células russas infiltrados no solo americano. Apesar de ser uma agente, Vivian não trabalha no campo e sonha constantemente em receber a tão desejada e esperada promoção após desenvolver um software revolucionário capaz de identificar agentes secretos da Rússia após os computadores do inimigo.

"Escuto a voz de Matt dizendo essas palavras que qualquer um temeria, mas num tom tranquilizador, leve, como se estivesse justificando. Ele está prestes a dizer algo ruim, com certeza, mas administrável. Se fosse algo totalmente péssimo, sua voz estaria mais pesada [...]" p. 11.

É durante um desses testes que Vivian consegue invadir o computador de Yury, uma das principais figuras do grupo que ela está tentando investigar, mas ela é pega de surpresa, Vivian descobre um conteúdo considerado altamente confidencial ao acessar uma pasta denominada de "amigos". Nessa pasta ela vê algo muito familiar, informações sobre o seu marido. Vivian se depara com informações terríveis, capazes de colocar por água abaixo tudo o que ela mais ama na sua vida. Ela não acredita que o seu marido é um espião russo, eles estão casado há anos e seu marido não deixou nenhuma pista por algum desleixo e muito menos demonstrou qualquer comportamento comprometedor que pudesse colocar ele como um espião russo.

"Estou paralisada de medo. Nada disso deveria ter acontecido. Se eu não tivesse enconrado aquela foto, se não tivesse criado aquele maldito algoritmo e entrado no computador do Yury, eu nunca saberia a respeito de Matt. Ninguém nunca saberia. As palavras dele ecoam na minha cabeça. "Se pelo menos você não fosse tão boa no seu trabalho." p. 73.

Matt sempre foi visto por Vivian como o marido perfeito, ele sempre ajudou em casa e consegue ser mais presente do que Vivian no lar, por isso toma frente em várias decisões, já que sua esposa trabalha arduamente, principalmente porque eles estão com dívidas. Diante da descoberta, a analista da CIA precisa tomar um difícil decisão, ela precisa escolher entre a promessa que fez de defender o seu país à qualquer custo e de qualquer ameaça ou colocar em primeiro lugar o amor e o desejo de proteger a sua família. Mas agora Vivian está diante de uma escolha que tem tudo para mudar o destino da sua vida e principalmente da vida da sua família, mas ela não sabe em quem poderá confiar.
Opinião: Karen Cleveland optou pela narrativa em primeira pessoa pela ótica da protagonista, através dessa escolha podemos acompanhar de perto todos os anseios, medos e dramas que surgem na vida da Vivian, mas também as possíveis alternativas que ela buscar para solucionar essa situação delicada em que encontra o seu marido e que poderá abalar todas as estruturas da sua família. A narrativa apresentada pela autora é ágil, frenética e angustiante, conta ainda com uma atmosfera permeada de suspense e mistérios. Ao longo da leitura nos deparamos com algumas reviravoltas que servem para requintar a trama. Karen utiliza de flashbacks durante a história e isso é importante, pois nos possibilita conhecer um pouco mais sobre a história e trajetória dos personagens até o presente momento.

Preciso Saber é um thriller de alta qualidade, conta com uma narrativa fluida, rápida e envolvente, a autora nos conquista e prende a nossa atenção, faz com que fiquemos curiosos sobre o que vai acontecer e quais serão os desdobramentos. Ela nos apresenta uma protagonista determinada e com garra para lutar e salvar a sua família, Vivian conseguiu me encantar, já Matt é um personagem conflitante e me despertou dúvidas, mas tem o seu valor e um papel preponderante na trama. Eu acredito que Preciso Saber vai agradar e conquistar muitos leitores.
Sobre a Edição: Eu recebi uma edição prova/prévia da lançada no mercado e por isso o presente exemplar veio em folhas brancas e não apresenta orelhas. A parte de revisão eu achei boa, mas acredito que passou por outro processo de revisão para a versão final. A fonte e o espaçamento ficaram confortáveis. A capa é bonita, gostei da combinação de cores/tons.
Sobre a Autora: KAREN CLEVELAND é uma ex-analista da CIA, formada na Trinity College de Dublin e em Harvard. Vive no norte do estado da Virginia, nos EUA, com o marido e os dois filhos.

7 comentários:

  1. Estou feliz pq esse ano eu consegui ler mais Thrillers,mas alguns me decepcionaram.
    Não conhecia esse, mas pela sua resenha deu pra sentir que vale a pena a leitura e que a história foi bem desenvolvida. Espero consegui dar uma chance em breve..
    Beijos

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro esse gênero e a premissa desse livro me interessou bastante, gostei da sua resenha e acho que pode ser uma boa leitura. Eu adorei poder conhecer um pouco mais sobre essa trama e espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas já quero kkkkk. Eu dificilmente leio thrillers, porque sou um pouco medrosa. No entanto, lendo a sua resenha eu percebi que esse parece ser o tipo de suspense que me agrada: envolvente, dinâmico e bem construído. Deu para notar que é uma história bem construída e com uma protagonista forte, então, acredito que seja uma leitura que irá prender minha atenção mesmo.
    Adorei a dica e já vou adicionar na lista de desejados.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Confesso que antes de ler sua resenha, apesar de se tratar de um gênero que eu leio muito, eu não estava afim. Mas, agora fiquei curiosa e com certeza irei dar uma chance. Se é uma leitura envolvente e que cumpre o que promete então deve ser mesmo muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Achei interessante porque pela sua resenha deve misturar bem thriler normal e psicológico, isso deve ficar bem legal para se acompanhar. A dúvida também é algo que deve deixar o livros mais fluído e rápido de se ler.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Nao sou muito ligada nesse gênero mas acho que o fato de ser narrado em primeira pessoa certamente iria me aproximar dos personagens e me ajudar a se sentir melhor ambientada, valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa sobre. Não leio muito thriller, porém esse parece conquistar mesmo aqueles que não conhecem o gênero. Adoro histórias que trazem o prometido <3 Dica anotada e espero gostar!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir