[RESENHA #587] SOMBRA E OSSOS - LEIGH BARDUGO - Saga Literária

Novidades

17 de dezembro de 2018

[RESENHA #587] SOMBRA E OSSOS - LEIGH BARDUGO




Título: Sombra e Ossos
Autora: Leigh Bardugo
Tradução: Eric Novello

Editora: Gutenberg
Páginas: 288
Ano: 2013

ISBN: 9788582350638
Onde Comprar: Amazon

Sinopse: Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter. A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras. Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-seà sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo. 


Resenha: Escrito pela autora Leigh Bardugo, Sombra e Ossos é o primeiro volume da trilogia Grisha e foi publicado no Brasil pela editora Gutenberg (Grupo Autêntica). Logo no início da trama somos levados para um país chamado Ravka. Esse país está dividido pela Dobra das Sombras ou Não Mar, uma região que é sombria e onde a vida é incapaz de sobreviver e perdurar, pois na Dobra das Sombras existem as volcras, criaturas que se alimentam dos humanos que se arriscam a tentar atravessar a região. É nesse mundo que somos apresentados para Alina Starkov, uma garota órfã que não tem muitas perspectivas na vida, tem uma autoestima baixa e a única pessoa que tem na vida é Maly Oretsev, um amigo que conheceu no orfanato ainda criança e por quem nutre uma profunda paixão.

"Uma coisa se destacou para mim: a palavra que os filósofos usavam para descrever as pessoas nascidas sem dons Grishas era otkazat'sya, "o abandonado". Essa era outra palavra para órfão." p. 126.
Alina é uma pessoa comum como muitas ou ao menos acredita ser. Ela levava uma vida comum, pois não apresentava nenhuma habilidade especial e trabalhava como cartógrafa em um regimento militar. Contudo, em uma expedição à Dobra das Sombras ordenada pelo rei; ela vê Maly e seus amigos serem atacados pelas temíveis criaturas e Maly fica profundamente ferido e é nesse momento que os instintos de Alina vem à tona e ela demonstra ter um grande poder jamais imaginado. Alina descobre que é uma Grisha (pessoa que controla elementos) e que é uma conjuradora do sol. Diante dessa novidade ela precisa deixar o seu ofício e se mudar para o castelo real onde receberá um treinamento adequado para poder lidar e controlar os seus poderes que até então estavam hibernados.

"Ela me envolveu, resplandecendo com calor, mais poderosa e mais pura do que nunca, porque ela era toda minha, Eu queria rir, cantar, gritar. Finalmente havia algo que pertencia total e completamente a mim." p. 152.

A jovem acredita estar vivendo um grande sonho, mas ela não gosta totalmente do seu novo status e condição, pois ela simplesmente perdeu a maior de suas liberdades, algo básico para todo o ser humano, que é poder ir e vir para onde quiser e bem entender. Ela também percebe que nem tudo são flores, nem tudo é o que se realmente vê, pois o castelo apresenta um mundo totalmente novo para ela, extravagante e cheio de mentiras, além disso ela sente que não é bem vinda no local e para piorar toda a situação, ela está afastada da pessoa que mais gosta na sua vida, o seu amigo e sua paixão, Maly. Alina também não sabe a real situação dele, ela não tem informações sobre ele e não sabe se está vivo ou morto.
Opinião: Sombra e Ossos é um livro que eu queria ler há algum tempo e não fiquei decepcionado pela espera ou pelo o tanto que eu desejava esse livro, pois a autora me apresentou um universo bem construído, interessante e que tem como referência a Rússia, um país que me desperta curiosidade. Leigh Bardugo é bem descrita e usa e abusa dos detalhes em seu livro, mas em nenhum momento essas características da autora tornou a leitura cansativa ou chata. A trama é narrada em primeira pessoa sob a ótica de Alina e no começo eu tive um pouco de dificuldade por causa dos nomes e termos referente aos Grishas, mas isso no decorrer da leitura essa dificuldade foi sanada.

Alina é uma protagonista que é construída no decorrer da história, ela se torna interessante a medida que a história se desenvolve e digo isso pelo simples fato de que no início da trama ela demonstra ser insegura e instável, mas a sua evolução é notável. Os personagens secundários também são bem construídos e possuem relevância na história. Aqui temos um triângulo amoroso e isso é um plus para quem gosta de romances, o que não é muito o meu caso. O livro tem ainda uma reviravolta que vai surpreender muitos leitores. Essa é uma leitura que vale a pena, é um livro que merece a sua atenção, principalmente se você gosta de ficção e literatura fantástica. Super recomendo!
Sobre a Edição: A editora Gutenberg elaborou projeto gráfico bonito, essa é uma edição em capa brochura e a capa é muito bonita por sinal. A edição conta com mapa que nos ajuda a conhecer o universo apresentado pela autora. A revisão ficou boa, o espaçamento e fonte estão confortáveis e as folhas são levemente amareladas.
Sobre a Autora: Leigh Bardugo nasceu em Jerusalém, foi criada em Los Angeles, e graduou-se na Universidade de Yale. Agora vive em Hollywood e se entrega ao seu gosto por glamour. Seu primeiro romance, Shadow & Bone, agora é um Best Seller do The New York Times. Os direitos de Shadow and Bone foram comprados pela Dreamworks.

10 comentários:

  1. Olá!
    Tenho vontade de conhecer essa série da autora. Li apenas Mulher Maravilha e gostei bastante da escrita. Saber que essa trama tem um enredo bem construído e faz referência a Rússia me chama atenção, é difícil ver autores apostando em histórias que se passam em outros países.
    Dica anotada!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Tenho umas amigas que são loucas por essa série e vivem tentando me fazer lê-la também, mas de tanto elas falarem, acabei criando antipatia as obras haha.

    Gosto do estilo do gênero e do que ouvi falarem dos livros, porém nada que mude meu posicionamento.

    Ótima resenha!
    Feliz Natal!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem? Li esse livro assim que lançou e adorei demais. Espero que leia os demais em breve. TambÉmerson curto a edição, mas queria que disser capa dura.

    ResponderExcluir
  4. Oiii Yvens

    A Leigh Bardugo se tornou uma das minhas autoras favoritas, além desse universo bem construído, eu adoro o estilo que ela usa como narrativa, tem de tudo um pouco e é uma trama bem elaborada, inteligente, que envolve o leitor. Já que vc gostou desse primeiro de Grisha, te recomendo muito ler Six of Crows da autora assim que terminar a trilogia Grisha. of Crows se passa no mesmo universo e tem uns personagens fascinantes. Sobre Sombra e Ossos, eu fico contente de saber que valeu a espera, tem livros que é assim, a gente fica desejando um tempo e quando lê fica essa sensação de que valeu de verdade, legal saber isso. Eu amo tudo que se baseia/inspira na Russia e esse tom meio medieval de Sombra e Ossos é bem bacana também, acho que ão é um dos pontos fortes com certeza.

    Beijo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Desde o lançamento desse livro eu tenho muita vontade em lê-lo, mas não sei porque eu nunca o li. Será que essa resenha foi uma luz me dizendo que eu devo parar tudo agora mesmo e começar a leitura? Hahahaha. Tem personagem feminina bem escrita e bem construída já me ganha fácil!

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo bem, adorei sua resenha e opinião, estou com o livro aqui para ler á algum tempo, ainda não peguei, porém acabo de me dar conta lendo sua resenha de onde a booktuber Pam tirou o nome da personagem de seu livro não sei se conhece " Boa Noite", como peguei indicação de sombra e ossos do canal dela fiz a ligação logo de cara, enfim me parece ser uma ótima leitura e estou ainda mais ansiosa pra inicia-la neste próximo ano, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu não curto triângulo amoroso, mas algumas obras eu abro uma exceção porque a premissa me interessa, foi o caso desse livro. Eu ainda não o conhecia e fiquei com vontade de ler. Adorei a resena e a sua sinceridade, os pontos ressaltados são bem válidos e espero gostar da leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Yvens! Eu li a trilogia rapidamente, porque foi difícil segurar a curiosidade. rs Gostei muito da série, e acho que você vai gostar ainda mais dos próximos volumes!
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Olá Yvens, eu tenho bastante curiosidade de ler essa trilogia, pelos seus comentários a autora conseguiu fazer um mundo bem diferente e bacana para o livro *-* Gostei de saber que acompanhamos um maior desenvolvimento da protagonista durante a leitura *-* Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  10. Ola!!

    Eu nao conhecia esse livro, mas confesso que fiquei bem interessada apos ler a sua resenha. O que me preocupou um pouco foi a questao de ser bem bem detalhada a historia,mas como vc disse que não é algo que deixa a leitura cansativa, relevei esse fato.
    Gosto de romance, adoro triangulos amoros e enfim... foi pra lista haha

    beijos

    ResponderExcluir

Páginas