[RESENHA #629] QUERIDO E DEVOTADO DEXTER - JEFF LINDSAY

Sinopse: O serial killer mais adorado do país está de volta. Em Querido e devotado Dexter, um novo assassino em série assusta as ruas de Miami tanto pela técnica quanto por sua ousadia. Perturbado, Dexter se vê obrigado a deixar o disfarce de bom moço de lado para percorrer um caminho instigante, no qual por vezes se confundem caça e caçador. Esse é o segundo livro de Dexter, que inspirou a série de televisão homônima. O famoso protagonista trabalha na polícia, mas desde cedo seu real ofício é liquidar os serial killers, sempre camuflado e sem levantar suspeitas. 

Resenha: Querido e Devotado Dexter é o segundo volume da série Dexter e foi publicado originalmente em 2005 nos Estados Unidos e chegou aqui no Brasil em 2009 por meio da editora Planeta de Livros. Aqui Dexter tenta se manter ainda mais focado no seu hobby noturno e para isso precisa tomar todos os devidos cuidados, deve manter a sua aparência de bom moço e ser muito astuto, pois ele tem alguém em seu rastro, esse alguém é nada mais, nada menos que um companheiro do Departamento de Polícia de Miami, é o Sargendo Doakes.

"Meu querido lado obscuro me instiga a atacar – agora -, mergulhar meus caninos enluarados na carne vulnerável, ah, tão vulnerável, do lado oposto da cerca. Mas ainda não é o momento, e então espero, vigiando minha vítima, que se esgueira, de olhos arregalados, sabendo que algo a observa, mas sem notar que estou aqui, a três passos da cerca. Poderia deslizar facilmente, como a lâmina que sou, e executar minha mágica, mas espero, pressentido, embora invisível." p. 9

Doakes está de olhos abertos em Dexter e fica em cima de Dexter, para isso ele precisa abdicar de várias coisas em sua vida. Doakes pressente e acredita que Dexter tem algum segredo bem podre. O detetive não sabe que a sua presa precisa da noite para liberar o "Passageiro das Trevas" para brincar com criminosos que saíram ilesos de seus crimes. Enquanto tem o sargento em seu encalço, Dexter passa a dormir na casa de sua namorada Rita e esse é um lugar essencial para a poeira baixar, servindo como um disfarce perfeito.

"Há noites em que o Passageiro das Trevas precisa sair para brincar. É como levar o cão para passear. Podem-se ignorar os latidos e os arranhões na porta por algum tempo, mas cedo ou tarde o animal precisa sair à rua." p. 15.

Mas essa tranquilidade e esse momento de sossego na vida noturna de Dexter não dura muito tempo, pois o destino coloca em seu caminho um serial killer extremamente cruel que deixa um rastro de assassinatos pela cidade. Esse serial killer é chamado por Danco, ele é um antigo colega de Doakes. Danco é um médico extremamente perigoso, cruel e está com sede de vingança, ele simplesmente gosta de amputar suas vítimas e isso chama a atenção do "Passageiro das Trevas". Agora Dexter precisa correr contra o tempo para  ajudar a sua irmã Deborah Morgan (Debra) descobrir qual é a próxima vítima, enquanto precisa tomar todos os cuidados para não ser descoberto por Doakes.

Opinião: Primeiro quero deixar claro que adorei a escrita do Jeff Lindsay, é extremamente viciante, ele consegue manter um equilíbrio na trama e há momentos de tensão em diversas passagens da história, algo que me agradou bastante. Outro aspecto positivo são os personagens, eles são bem trabalhados, são complexos e chama atenção a ironia apresenta por Dexter, algo que dá um toque de humor na obra. Ainda sobre Dexter, é interessante acompanhar a relação dele com sua namorada Rita, o quanto ele esforça para tentar ser um excelente namorado, mas também para ter uma relação próxima com Astor e Cody, filhos de Rita.

Querido e Devotado Dexter é um livro que cumpre bem a proposta de suspense e horror, trata-se de um suspense policial intrigante, inteligente e muito sangrento. Durante a leitura é impossível não realizar uma comparação entre o Dexter do livro com aquele apresentado na série. Aqui o personagem é mais racional e sádico, além disso é ainda menos humano e achei particularmente interessante essa mudança de visão que tive sobre o personagem. Esse é um livro que recomendo para aqueles que gostam de romance policial, mas principalmente para aqueles que curtem esse universo de Dexter que muitos conheceram na TV.
Sobre o Autor: Jeff Lindsay é o pseudônimo do americano dramaturgo e romancista Jeffry P. Freundlich (nascido em 14 julho de 1952), mais conhecido por seus romances sobre sociopata vigilante Dexter Morgan. Muitas de suas obras publicadas anteriormente incluem sua esposa Hilary Hemingway como um co-autor. Sua esposa é sobrinha de Ernest Hemingway e um autor em sua própria direita. Lindsay nasceu em Miami e graduou-se Everglades Ransom High School em 1970, e de Middlebury College, Vermont, em 1975.


Ficha técnica:
Título: Querido e Devotado Dexter (Dexter #2)
Autor: Jeff Lindsay
Tradução: Eliana Rocha
Editora: Planeta

Páginas: 272
Ano: 2019
ISBN: 9788576654704
Onde Comprar: Amazon

Postar um comentário

10 Comentários

  1. Tudo bem!? Eu mega amo a história de Dexter! Eu li esse livro e tenho muita vontade de reler, pois adoro o gênero!
    Amei suas impressões.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    A minha amiga adora os dois livros, mas ela tem um carinho especial pelo primeiro e sempre me pede para ler, mas ainda não li. gostei muito da sua resenha!

    ResponderExcluir
  3. Dexter sempre foi uma série que não tive muita vontade de assistir, mesmo gostando do gênero. Acho que o personagem, ou talvez o ator, não tenha me passado uma segurança, no pior sentido da palavra rs. Até por isso nunca procurei os livros para ler. Mas, de qualquer forma, guardo a dica para caso me surja uma curiosidade futuramente.

    www.sonhandoatravesdepalavra.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiieee

    Eu amo livros assim, que conseguem apresenta rmomentos de tensão ao longo da trama e não somente ficam segurando tudo pra despejar só no final como às vezes acontece, esa tensão continua deixa a leitura mais empolgante e fluída. Bacana saber que as personagens estão bem trabalhadas, gosto dessa complexidade que foge do basico e da mesmice. Quero ler o primeiro livro da serie e, se gostar, com certeza esse entra na meta de leitura.

    Beijo, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem? Deixei de consumir romances policiais há um bom tempo e não tenho arrependimentos rs. Conheço o básico de Dexter, mas nunca assisti à série. Então, esse livro não é pra mim, mas que bom que você gostou e que pôde gostar ainda mais do personagem. Que bom que os livros não deturparam o personagem e que ele continua com coerência (muito essencial hehe).

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Nunca vi Dexter (nenhum episódio sequer) então não sei se eu perderia referências da série de TV ou algo assim. Gosto de thrillers e este aparenta ter ótimos elementos.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Confesso que não conhecia esse livro, mas nunca tive muita curiosidade pela série Dexter. Por causa disso e por não ser muito de ler suspense, não fiquei muito curiosa para ler. Mas que bom que gostou da leitura e que o livro cumpriu bem a proposta. Acredito que, para quem curte o gênero e, principalmente, para os fãs da série, deve ser uma ótima leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Eu assisti todas as temporadas de Dexter e é uma das minhas séries prediletas, porque o personagem é bem construído e na realidade nós que somos avaliados, já que em inúmeras vezes sentimos compaixão por ele.
    Os livros tem quantos volumes? Acho que lerei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Acredita que eu nunca vi? Mas eu sempre tive curiosidade com a série e só há pouco tempo descobri o livro e é claro que me interessei por ele. Eu espero poder ler em breve, acho que vou gostar muito

    ResponderExcluir
  10. Olá, o livro é uma novidade para mim, mais uma novidade positiva, adorei as considerações feitas a respeito da obra, e fiquei mega interessada pela leitura.

    ResponderExcluir