[RESENHA #643] COLEÇÃO FOLHA PINTORES PARA CRIANÇAS - VOL. 14: GAUGUIN


Sinopse: Com textos leves e divertidos, e ricamente ilustrados, as crianças terão contato com as produções dos grandes mestres, do renascentismo à arte moderna, como Da Vinci, Renoir, Van Gogh e Picasso. A arte brasileira também é contemplada por grandes nomes, como Tarsila do Amaral e Candido Portinari. Ao fim de cada volume, há atividades de desenho para que as crianças se expressem com linhas, formas e cores, além de uma série de jogos que desafiam o leitor. Sendo assim, esta coleção não só estimula o imaginário e a criatividade dos pequenos, mas também apresenta a vida e a obra de grandes pintores de maneira didática e lúdica.

Resenha: Lucas nem se dava conta, mas foi só começar a pintar mais um quadro tendo como modelo sua amiga Laura e pronto, começava mais uma viagem rumo ao conhecimento do mundo da arte. Daquela vez foram parar em 1893, quando Paul Gauguin pintava mais um retrato de Tehamana, sua bela esposa.


Eugene-Henri-Paul Gauguin, nasceu em Paris em 07 de junho de 1848, mas com apenas três anos, mudou-se para Peru, onde foram viver com a avó materna, Flora Tristán, uma escritora e ativista que lutava pelos direitos dos trabalhadores de seu país. Mas a viagem teve um alto preço, pois o pai de Gauguin, Clovis, acabou morrendo da viagem que tanto queria ter feito.

Anos depois, com a morte do avô paterno, a família teve que voltar para sua terra natal e dez anos depois disso, Gauguin foi aceito na Marinha Mercante, o que ele gostou imensamente, pois era apaixonado por viagens. Depois de suas aventuras no mar, Paul se torna corretor de valores e se casa com Mette Sophie Gad, com tem teve cinco filhos.


Era apenas no seu tempo livre que Gauguin se dedicava à pintura. Mas quando conheceu Camille Pissarro, um pintor impressionista que o incentivou a dar mais atenção à pintura, as coisas mudaram para Paul e em 1876, teve coragem de desistir de tudo e se dedicar apenas à arte.

Viveu um tempo em Arles, no sul da França onde com o pintor Vincent Van Gogh, tencionavam criar uma comunidade artística, mas uma séria desavença entre ambos fez com que a ideia não desse certo. Depois dessa decepção, Gaugin, vai para Bretanha, uma região francesa, onde recebe um telegrama de Theo van Gogh que estava interessado em comprar suas obras. Assim, Paul Gauguin consegue voltar para o Taiti, onde criou alguns de seus melhores trabalhos como Nafea Faa Ipoipo, que se tornou um dos quadros mais caros da história da arte.



Bom, Laura e Lucas, além de terem conhecido um pouco mais sobre Paul Gauguin, que teve durante sua vida problemas econômicos, doenças, problemas conjugais e ainda ter perdido o pai muito cedo, também puderam apreciar toda suas talentosas obras de arte. Mas agora está na hora de irem para casa, mas logo, logo eles voltam com mais curiosidades do mundo da pintura.


Sobre a edição: A Coleção Folha Pintores para Crianças é formada por 30 volumes semanais no formato 24x18,5, capa dura, com miolo em papel Couché e totalmente ilustrado e com algumas reproduções de cada artista por volume. A lombada no final da coleção forma uma ilustração de Laura e Lucas, os "hosts" de toda essa viagem artística. Também, no final de cada volume, existem atividades lúdicas para a criançada se divertir com o artista referenciado. Realmente, uma coleção que vale cada centavo.

Ficha Técnica:  
Título: Coleção Folha Pintores para Crianças
Artista: Gauguin
Autora: Isabel Zambujal
Ilustrações: Nivola Uyá
Editora: Folha de São Paulo
Páginas: 32
Ano: 2019
ISBN: 9788581934297
Onde Comprar: Coleções Folha

Postar um comentário

0 Comentários