[RESENHA #668] COLEÇÃO FOLHA PINTORES PARA CRIANÇAS - VOL. 25: GOYA


Sinopse: Com textos leves e divertidos, e ricamente ilustrados, as crianças terão contato com as produções dos grandes mestres, do renascentismo à arte moderna, como Da Vinci, Renoir, Van Gogh e Picasso. A arte brasileira também é contemplada por grandes nomes, como Tarsila do Amaral e Candido Portinari. Ao fim de cada volume, há atividades de desenho para que as crianças se expressem com linhas, formas e cores, além de uma série de jogos que desafiam o leitor. Sendo assim, esta coleção não só estimula o imaginário e a criatividade dos pequenos, mas também apresenta a vida e a obra de grandes pintores de maneira didática e lúdica.

Resenha: Foi só Lucas começar a pintar Laura e seus amigos brincando, que Laura já sabia que eles iriam viajar no tempo rumo ao conhecimento do mundo das artes. Naquele dia foram parar na Itália no ano de 1791, quando Francisco de Goya pintava Meninos Colhendo Fruta, uma de suas muitas pinturas pensadas para a tapeçaria.


Francisco Jose de Goya y Lucientes nasceu na província de Aragão na Espanha em 30 de março de 1746 e desde pequeno, Goya gostava tanto de desenhar que logo cedo, seus pais o matricularam em aulas de pintura onde aprendeu várias técnicas fazendo cópias de obras de grandes mestres da pintura.

Quando jovem, já maior de idade, foi morar em Madri e tentar se matricular na prestigiada Academia de Belas Artes, mas por ironia do destino não consegui seu ingresso na escola em suas duas tentativas. Mas em 1771, sua vida começa a mudar quando ganha uma menção honrosa em um concurso da Academia de Belas Artes de Parma, na Itália, o que lhe deu a oportunidade de ir para Saragoça e concluir sua primeira encomenda: os afrescos da Catedral-Basílica de Nossa Senhora do Pilar.


Mas nem tudo deu certo para Goya, que contraiu uma rara doença que o deixou temporariamente paralítico e parcialmente cego, além de totalmente surdo. Curado parcialmente, pois a surdez foi definitiva, o pintor teve sua visão de vida totalmente mudada, o que refletiu em sua obra, onde teve uma fase sombria e muito mais críticas. Mas foi nessa época que criou uma de suas mais célebres pinturas, La Maja Desnuda, que seu par na La Maja Vestida, ambas encomendadas por um poderoso militar e diplomata da época.  

Exilado na França por vontade própria, na cidade de Bordeaux, foi onde o grande pintor moderno espanhol descansou, depois de uma vida produtiva, mas nada fácil, Goya ainda é considerado por muitos o último pintor clássico e o primeiro modernista da pintura espanhola.


Bom, Laura e Lucas aprenderam muito sobre pintura nessa linda viagem e agora é hora de voltarem para casa. Mas pode deixar que logo, logo, eles voltam com mais curiosidades do mundo da pintura.


Sobre a edição: A Coleção Folha Pintores para Crianças é formada por 30 volumes semanais no formato 24x18,5, capa dura, com miolo em papel Couché e totalmente ilustrado e com algumas reproduções de cada artista por volume. A lombada no final da coleção forma uma ilustração de Laura e Lucas, os "hosts" de toda essa viagem artística. Também, no final de cada volume, existem atividades lúdicas para a criançada se divertir com o artista referenciado. Realmente, uma coleção que vale cada centavo.

Ficha Técnica:
Título: Coleção Folha Pintores para Crianças
Artista: Goya
Autora: Isabel Zambujal
Ilustrações: Sebastião Peixoto
Editora: Folha de São Paulo
Páginas: 32
Ano: 2019
ISBN: 9788581934402
Onde Comprar: Coleções Folha

Postar um comentário

0 Comentários