[RESENHA #672] COLEÇÃO FOLHA PINTORES PARA CRIANÇAS - VOL. 27: TOULOUSE-LAUTREC


Sinopse: Com textos leves e divertidos, e ricamente ilustrados, as crianças terão contato com as produções dos grandes mestres, do renascentismo à arte moderna, como Da Vinci, Renoir, Van Gogh e Picasso. A arte brasileira também é contemplada por grandes nomes, como Tarsila do Amaral e Candido Portinari. Ao fim de cada volume, há atividades de desenho para que as crianças se expressem com linhas, formas e cores, além de uma série de jogos que desafiam o leitor. Sendo assim, esta coleção não só estimula o imaginário e a criatividade dos pequenos, mas também apresenta a vida e a obra de grandes pintores de maneira didática e lúdica.

Resenha: Dessa vez, quem queria muito viajar era a Laura que dançando um pouco fez Lucas se lembrar das bailarinas de cancã dos cabarés de Paris. Daí,  Laura já sabia que eles iriam viajar no tempo rumo ao conhecimento do mundo das artes. Naquele dia foram parar no ano de 1896, quando Toulouse-Lautrec desenhava as bailarinas de cancã para o cartaz "Troupe de Mlle Églantine", que significava "A Trupe da Menina Églantine".


Henri Marie Raymond de Toulouse-Loutrec, nasceu em 24 de novembro de 1864, em Albi, na França. Foi um dos poucos que nunca teve que se preocupar em vender suas obras para sobreviver, pois nasceu em uma família muito rica, o que de certa forma, o permitiu usufruir livrevente de sua arte ou quase, já que por outro lado, sua saúde era bastante frágil.

Aos dezesseis anos vai morar em Paris e acaba no fascinante bairro de Montmartre, onde tem aulas no estúdio de Fernand Cormon e onde também conheceu o pintor holandês Vincent Van Gogh, que apesar de estilos diferentes, tinham em comum o enorme talento e o gosto pelo usa da cor amarela em seus trabalhos.


Em 1889, o cabaré mais famoso do mundo, Moulin Rouge, abriu suas portas e escolheu Toulouse-Lautrec como criador ofícial de seus cartazes que também ficaram famosos. O sucesso e a aproximação do artista foi tão grande que Moulin Rouge se tornou sua segunda casa e as bailarinas de cancã sua família mais próxima.  

Toulouse-Lautrec perdeu suas forças para desenhar, aos trinta e seis anos se despede de sua querida cidade de Paris e, pouco tempo depois, veio a falecer em 09 de setembro de 1901, na casa da família em Bordeaux, deixando um legado de mais de setecentos quadros a ólea, duzentas aquarelas e mais de cinco mil desenhos, além de trezentas gravuras e cartazes. Toulouse-Lautrec tinha uma saúde frágil, mas isso nunca o impediu de fazer o que mais gostava na vida, a arte.


Bom, Laura e Lucas aprenderam muito sobre pintura nessa linda viagem e agora é hora de voltarem para casa. Mas pode deixar que logo, logo, eles voltam com mais curiosidades do mundo da pintura.


Sobre a edição: A Coleção Folha Pintores para Crianças é formada por 30 volumes semanais no formato 24x18,5, capa dura, com miolo em papel Couché e totalmente ilustrado e com algumas reproduções de cada artista por volume. A lombada no final da coleção forma uma ilustração de Laura e Lucas, os "hosts" de toda essa viagem artística. Também, no final de cada volume, existem atividades lúdicas para a criançada se divertir com o artista referenciado. Realmente, uma coleção que vale cada centavo.

Ficha Técnica:
Título: Coleção Folha Pintores para Crianças
Artista: Toulouse-Lautrec
Autora: Isabel Zambujal
Ilustrações: Juanbjuan Oliver
Editora: Folha de São Paulo
Páginas: 32
Ano: 2019
ISBN: 9788581934426
Onde Comprar: Coleções Folha

Postar um comentário

0 Comentários