[RESENHA #741] COLEÇÃO FOLHA A REPÚBLICA BRASILEIRA 130 ANOS - VOL. 22: JOSÉ SARNEY E TANCREDO NEVES


Sinopse: Este ano a República brasileira faz 130 anos e esta coleção da Folha busca apresentar um panorama histórico do regime que substituiu a Monarquia. Entretanto, a coleção não tem o intuito de festejar uma efeméride, mas sim de apresentar ao leitor um olhar em retrospecto a fim de reconhecer as superações, conquistas e avanços, e também detectar as crises, fragilidades e contradições da República. Com a Coleção Folha A República Brasileira, será possível percorrer as origens desse regime, que surgiu em 1889 com a queda da Monarquia, e seus desdobramentos até a chegada da redemocratização. Os 28 volumes apresentarão os contextos e o desenrolar de conspirações, revoltas e conflitos que permitiram a consolidação da República, permeando também a ditadura militar, pois é inevitável que a história da República seja também a da consolidação da democracia.

Resenha: Tancredo de Almeida Neves, nasceu 04 de março de 19108, em São João del-Rei/MG e faleceu em 21 de abril de 1985, eleito presidente não chegou a tomar posse. José Sarney de Araújo Costa, nasceu em 24 de abril de 1930, em Pinheiro/MA. Seu mandato foi de 21 de abril e 1985 a 15/03/1990, foi marcado pela redemocratização e a Constituição de 1988.


"No início dos anos 1980, o regime militar se mostrava desgastado, e havia horizonte para o retorno da democracia ao país. Mesmo derrotada a emenda das Diretas-Já, o povo sentiu um gosto de liberdade novamente, com a eleição de Tancredo, por voto indireto. Mas o mineiro nunca receberia a faixa presidencial: vivenciou agonia de quase quarenta dias, e acabou sucumbindo, simbolicamente, em 21 de abril, dia de Tiradentes."


"Coube ao vice da chapa, o conservador e pragmático Sarney, a dificílima tarefa de conduzir à plena abertura uma nação sedenta por democracia. Fora de lugar no início, Sarney aos poucos imprimiu sua face ao governo. Sobretudo na economia, em que implantou um plano heterodoxo elaborado por jovens acadêmicos, o Plano Cruzado, que o alçou ao status de herói nacional. Mas a carruagem virou abóbora em pouco tempo."


"A obra coletiva, a Coleção Folha A República Brasileira - 130 Anos não abre espaço a idiossincrasias e opiniões nem, no extremo oposto, pretende objetividade e isenção, uma vez que a rigor, tais conceitos só existem enquanto metas. Entre os dois polos, os autores apostam no equilíbrio da seleção e da apreciação dos fatos, com intento de prover subsídios para melhor compreender o presente e projetar o futuro." Oscar Pilagallo.


Sobre a edição: A Coleção Folha A República Brasileira é formada por 28 volumes semanais no formato 24x18,5, capa dura, com miolo em papel Couché e totalmente ilustrado. Os volumes serão divididos em duas seções: a primeira, de abertura, abordará o mandato do presidente em foco. A segunda traçará seu perfil biográfico, abrangendo mais do que suas realizações políticas. Além disso, os textos também apresentarão fatos que marcaram a época e curiosidades que ilustram a narrativa histórica. Ao fim de cada volume, o leitor irá encontrar uma cronologia do período em questão e indicações bibliográficas comentadas.

A coleção é amplamente ilustrada com fotografias, registros pessoais e militares, cartas, mapas, cartazes, excertos de jornais e revistas da época, material que foi minuciosamente pesquisado dentre os principais museus e arquivos brasileiros. Cada volume contém a reprodução de documentos com inestimável valor histórico, que ajuda a entender melhor os grandes acontecimentos que marcaram a narrativa do nosso país. 

Ficha Técnica:
Título: Coleção Folha A República Brasileira
Presidente: José Sarney e Tancredo Neves
Autor: Fernando Figueiredo Mello
Editora: Folha de São Paulo
Páginas: 64
Ano: 2019
ISBN: 9788581934693
Onde Comprar: Coleções Folha

Postar um comentário

0 Comentários