[RESENHA #810] A CABEÇA NA CAMA - FILIPE NASSAR LARÊDO

 

Sinopse: Tomás é um homem ambicioso, que começa sua carreira como bancário e depois torna-se um bem-sucedido e rico gerente em uma empresa de investimentos financeiros. Trabalhando exaustivamente e sem muitos escrúpulos ou valores morais, não mede esforços para conseguir engordar seus ganhos. E o pouco tempo que tem com a família é recheado de contatos mecânicos e distantes. Até que um dia, durante o início de uma viagem de férias, Tomás recebe o telefonema do pai, responsável pelo apartamento durante sua ausência, e escuta uma notícia inesperada: surgiu uma cabeça em sua cama. Atordoado, ele volta para casa e, dominado pelo acontecimento insólito, precisa desvendar os segredos que a cabeça esconde.

Resenha/Opinião: Se você é daqueles leitores que gosta de ter uma ressaca pós-leitura pesada, está frente a uma obra capaz de proporcionar essa experiência. A primeira obra de Filipe Larêdo veio com o “pé na porta” mostrando a que veio. O autor consegue nos envolver de uma forma incrível na narrativa, o que consequentemente faz com que a leitura seja rápida. E sendo bem sincera, preciso confessar que devorei esse livro em questão de horas, mas isso não quer dizer que fazer essa resenha dando a minha opinião tenha sido tarefa fácil, muito pelo contrário e já vou explicar o porquê.

Durante o início da leitura comecei a notar uma intertextualidade com uma obra clássica, A metamorfose, do autor Kafka. Se você ainda não leu essa obra, fica aqui mais uma indicação de leitura. A relação dos dois textos foi tão forte, a meu ver, que após ter terminado a leitura do A cabeça na cama, fui correndo na estante para buscar a obra de Kafka, uma obra pequena (em número de páginas) para reler e depois pensar no que escreveria.

Pois bem, confirmei a minha suspeita e a cada página lida a conexão das duas obras se fazia mais clara, o que no meu ponto de vista foi uma experiência incrível.


A cabeça na cama não tem uma narrativa fechada, ou seja, algumas perguntas que o leitor possa ter em mente vão permanecer em aberto, e o que nos resta é refletir sobre cada uma delas. Intercalando acontecimentos do passado e do presente, o autor nos direciona a reflexões, aparentemente simples, mas que tem uma grande profundidade.

O livro tem um final inquietante, o autor deixou o seu recado e a pergunta que ainda ecoa em minha mente é a seguinte: “Será que também sou uma cabeça na cama?”.

Sobre o autor: Em seu primeiro livro, Filipe Nassar Larêdo aproxima o realismo ao inverossímil e ao lado grotesco e cruel da condição humana. Com referências que vão desde as principais tragédias gregas, de Sófocles e Eurípedes, até Franz Kafka, Adolfo Bioy Casares e Jorge Luis Borges, A cabeça na cama é um romance com pitadas de nonsense e narrativa neofantástica.

Ficha técnica:
Título: A cabeça na cama
Autor: Filipe Nassar Larêdo
Editora: Empíreo
Páginas: 140
Ano: 2018
ISBN: 9788567191447
Onde Comprar: Amazon

Postar um comentário

0 Comentários